Soro Fisiológico é Bom para o Cabelo?

Cabelo molhado

Veja se o uso de soro fisiológico é bom para o cabelo ou se não vale a pena utilizar o produto para quaisquer finalidades nos fios.

O cloreto de sódio a 0,9%
ou simplesmente soro fisiológico é apresentado como uma solução salina
esterilizada, que pode ser encontrada em farmácias e é utilizada em diversos
tratamentos médicos.

Por exemplo, o produto pode
ser usado para tratar a falta de líquidos e sal no organismo, que podem surgir
em decorrência de problemas de saúde como diarreia, vômitos, aspiração
gástrica, fístula digestiva, suor excessivo, queimaduras extensas ou
hemorragias.

No caso da presença dos sintomas da desidratação, a administração do soro fisiológico ocorre diretamente na veia e deve ser realizada por um profissional de saúde qualificado.

A tal solução salina esterilizada ainda pode ser empregada para limpar os olhos, na lavagem de feridas ou queimaduras, para lavar e desentupir o nariz e nas inalações por nebulização para tratar gripes, resfriados e a sinusite.

Além disso, há quem use o soro fisiológico para limpar lentes de contato ou hidratar a pele.

Mas você já ouviu falar que o soro fisiológico é bom para o cabelo?

Quando falamos sobre métodos caseiros para cuidar dos cabelos, é bem comum encontrar receitas que usam produtos originalmente voltados para outras finalidades para tratar os fios.

Mas será que o cloreto de
sódio a 0,9% é um deles? Se sim, será que o soro fisiológico é bom para o
cabelo de verdade?

Esse é um questionamento que pode ter passado pela cabeça de muitas mulheres depois que a atriz Juliana Paes revelou um truque de beleza que aprendeu com a também atriz Cléo Pires: aplicar soro fisiológico uma vez por semana nos cabelos, no último enxague depois da lavagem dos fios.

A solução salina esterilizada de fato contribui com o equilíbrio do pH dos cabelos, melhorando a hidratação do couro cabeludo e auxiliando a diminuir o frizz.

Os cabelos apresentam um pH ácido que fica na casa dos 4.2 a 5.8, enquanto o pH do soro fisiológico é 6, um índice levemente ácido. Como para abrir as cutículas dos fios capilares é necessário usar produtos alcalinos (o oposto de ácido), a solução salina atua na selagem dessas cutículas.

Ou seja, o segredo do soro fisiológico está associado ao seu pH, que é muito parecido com o do organismo humano.

Ao ser absorvido pelos fios capilares, o produto auxilia a fechar as cutículas dos cabelos. Enquanto, em algumas situações, o pH dos fios fica muito diferente do habitual, trazendo uma aparência desagradável aos cabelos, ao contribuir com a regulação do pH, o soro fisiológico é bom para o cabelo ficar mais macio.

Não existem contraindicações e a solução salina pode ser utilizada em todos os tipos de cabelos. Ele pode ser aplicado em todo o comprimento dos cabelos com o auxílio de um borrifador.

Receitas com soro fisiológico para os cabelos

Agora que já vimos que o soro fisiológico é bom para o cabelo, precisamos aprender como ele pode ser utilizado nos fios, não é mesmo? Por isso, separamos algumas sugestões de receitas que encontramos.

Receita 1

A blogueira Julia Doorman
ensinou uma receita com o cloreto de sódio a 0,9% que promete hidratar os
cabelos: basta misturar duas colheres de máscara hidratante de pH baixo, uma ou
duas colheres de sopa de soro fisiológico com uma tampinha de Bepantol líquido.

Depois é só aplicar a
misturinha ao longo de todo o cabelo lavado, mecha por mecha, de cima para
baixo, prender o cabelo, colocar uma touca plástica e deixar agir ao longo de
10 minutos até 15 minutos. Após, enxaguar o cabelo somente com água, finalizar
da maneira desejada e esperar os fios secarem naturalmente.

O passo a passo ensinado
por Doorman também pode ser visualizado no vídeo a seguir:

Receita 2

Utilize o soro fisiológico diretamente como um último enxague nos fios, caso os cabelos tenham sido lavados somente com shampoo e condicionador.

Por outro lado, se algum tipo de máscara mais potente tiver sido aplicada nos cabelos, a orientação é fazer o enxague com água e, apenas depois, enxaguar novamente com uma quantidade generosa de soro fisiológico.

Receita 3

Esta terceira receita é descrita como um tratamento mais poderoso, cuja indicação é que seja feito semanalmente. Ela leva os seguintes ingredientes:

  • 2 colheres de sopa de máscara de hidratação;
  • 1 colher de sopa de soro fisiológico;
  • 1 colher de sopa de glicerina;
  • 1 colher de sopa de mel;
  • 1 colher de chá de óleo de semente de uva;
  • 1 ampola de vitamina A.

Como
fazer:

  1. Juntar todos os ingredientes dentro de um potinho e misturar bem até adquirir uma substância de consistência homogênea;
  2. Separar o cabelo em diversas mechas e aplicar a misturinha em todo o cabelo. Prender os fios, colocar uma touca e deixar o produto agir entre 20 minutos a 30 minutos;
  3. Passado esse tempo, enxaguar o cabelo e condicionar os fios conforme o costume.

Alerta: A glicerina – um dos ingredientes da receita acima – deve ser aplicada nos cabelos somente nos dias em que a umidade do ar estiver acima dos 60%. O produto atua atraindo a umidade do ar para os fios capilares, portanto, ao usá-lo em dias secos pode ocorrer o efeito contrário: a extração de umidade dos cabelos, deixando os fios ressecados. Jamais deve-se usar secador ou prancha alisadora depois de fazer uma hidratação capilar com glicerina.

Atenção

Não estamos dizendo que o soro fisiológico seja uma solução milagrosa para os problemas capilares. Além de testar as receitas com o produto, ainda é necessário manter os cuidados habituais com os fios e consultar um dermatologista para mais informações.

Tenha em mente que este artigo serve unicamente para informar e jamais pode substituir as opiniões e recomendações qualificadas de um profissional.

Você já se perguntou se soro fisiológico é bom para o cabelo? Conhece alguém que possa confirmar? Comente abaixo!

Note: There is a rating embedded within this post, please visit this post to rate it.

O conteúdo Soro Fisiológico é Bom para o Cabelo? Aparece primeiro em Mundo Boa Forma