Sangramento pelo nariz – O que pode ser

Qualquer tipo de sangramento traz preocupação e o sangramento pelo nariz é um deles. Portanto, entenda o que pode ser o sangramento nasal e quando ele é perigoso.

Apesar de ser inofensivo na grande maioria dos casos, ter sangramento pelo nariz em um volume muito grande ou por período prolongado pode indicar um problema sério. Aliás, quem sofre de alergias respiratórias geralmente nota a presença de sangue nas narinas ao assoar o nariz.

Além do mais, a própria poluição do ar e doenças como gripe ou sinusite podem irritar as mucosas do nariz e causar sangramentos indesejados.

Tipos

Chamado também de epixtase ou hemorragia nasal, o sangramento pelo nariz pode ser de dois tipos que são classificados de acordo com o local de onde vem o sangue. Confira abaixo:

Sangramento nasal posterior

Esse sangramento começa em uma artéria que fica na parte de trás do nariz, ou seja, a porção mais fixa e dura do nariz. Por causa dessa rigidez, lesões nessa região são mais sérias e representam até 10% dos sangramentos na cavidade nasal.

Além de ocorrer nas partes mais profundas do nariz, esse tipo de sangramento costuma ser mais intenso. Assim sendo, ele pode ser perigoso devido ao risco de descer pela garganta e causar ainda mais problemas como inalação ou engasgos, por exemplo.

Sangramento nasal anterior

Enquanto isso, o sangramento anterior ocorre em um vaso sanguíneo da parte dianteira do nariz – mais especificamente nas paredes das narinas. Essa é a parte mais maleável e sensível do nariz e por isso o sangramento nesse local é bem mais comum do que o sangramento posterior.

Apesar de ser mais recorrente, ele é bem mais fácil de controlar do que o sangramento posterior.

Sintomas adicionais

Por ser uma região do corpo muito vascularizada, é comum que qualquer lesão ou impacto nas narinas cause muito sangramento.

Além do sangue, outros sintomas que merecem atenção são:

  • Dor de cabeça;
  • Dor no rosto;
  • Secura no nariz.

De fato, uma análise completa dos sintomas auxiliam no diagnóstico médico e permite descartar condições de saúde como por exemplo a rinite alérgica e a sinusite crônica.

Causas de sangramento pelo nariz

Como existem muitos vasos sanguíneos na região, os sangramentos nasais são bastante comuns. A principal causa de hemorragias nasais são os traumas físicos na região, mas há outros motivos como:

Ar seco

Mudanças de clima e baixa umidade no ar podem ressecar as vias aéreas e então causar rachaduras na parte de dentro do nariz.

Em locais de altitude elevada e ar rarefeito, por exemplo, o sangramento pelo nariz é bem comum devido ao clima seco local.

Lesão

Uma lesão grave decorrente de um acidente de trânsito pode resultar em sangramentos nasais. Aliás, até mesmo o hábito de coçar o nariz com a unha pode lesionar as mucosas.

Tais lesões podem danificar os vasos sanguíneos da mucosa no nariz que são extremamente sensíveis, desencadeando então o sangramento.

Alergias e infecções

Além do impacto do clima, as alergias ou as infecções como o resfriado ou a gripe pode causar sangramentos nasais. Isso se deve principalmente ao fato de assoar o nariz continuamente.

De fato, o ato de assoar o nariz por si só irrita as mucosas e pode romper alguns vasos sanguíneos locais. Além disso, a infecção deixa a região mais sensível e propensa ao sangramento.

Uso de medicamentos

O uso contínuo ou excessivo de certos medicamentos pode causar sangramento pelo nariz. É o caso de alguns sprays nasais, por exemplo, com funções de descongestionantes, antialérgicos ou corticosteroides.

Os anticoagulantes – como a aspirina usada para afinar o sangue, por exemplo – também podem aumentar o risco de sangramento.

Exposição a agentes irritantes

A exposição a substâncias químicas irritantes pode contribuir para a secura e a inflamação do nariz e causar sangramentos. Alguns deles são produtos de limpeza, poluição do ar, poeira, fumaça e pólen, por exemplo. Por isso, é importante notar se você está exposto a eles no dia a dia.

Desvio de septo

O septo nasal é a parte do nariz que separa ambas narinas. Se há algum desvio de septo, então o risco de sangramento nasal é maior.

Outras causas de sangue nas narinas

Causas menos comuns, mas que podem estar por trás de um sangramento nasal sem diagnóstico são:

  • pólipos nasais;
  • problemas hepáticos;
  • distúrbios de coagulação sanguínea;
  • idade;
  • sarcoidoses;
  • leucemia;
  • corpo estranho;
  • deficiência de cálcio;
  • hemofilia;
  • cirurgia anterior;
  • malformações vasculares.

Sinais de alerta

O sangramento nasal em si não é motivo de alarde, principalmente se você já estiver sentindo o nariz seco ou irritado. No entanto, há alguns sintomas adicionais que podem indicar que você precisa de ajuda médica. São eles:

  • Hemorragia que dura mais de 30 minutos;
  • Dificuldades respiratórias;
  • Batimento cardíaco irregular;
  • Palidez;
  • Dor de cabeça forte;
  • Vômito;
  • Sangramento que ocorre após lesão ou acidente;
  • Quantidade muito grande de sangue;
  • Sangramento no nariz de crianças menores de 2 anos.

Além disso, pessoas que sofrem de hipertensão ou de distúrbios que afetam a coagulação normal do sangue podem ter sangramentos prolongados.

Mesmo que seja um pouco mais difícil de controlar o sangramento nesses casos, é possível tratar a condição.

Estancando sangramentos nasais

Apesar de o tratamento variar de acordo com o diagnóstico, há medidas que ajudam a parar o sangramento em casos de sangramento nasal anterior:

  • Sentar e ficar ereto ou levemente inclinado para a frente: isso evita que o sangue desça pela garganta e cause náuseas, engasgos ou vômitos.
  • Apertar o nariz: pressionar com firmeza as partes moles do nariz e respirar pela boca ajuda a parar o sangramento.
  • Ficar parado e manter a cabeça acima do nível do coração: adotar essa postura pode ajudar a reduzir a pressão arterial e diminuir o sangramento.

Ao fazer esses três procedimentos ao mesmo tempo durante 5 ou 10 minutos, é muito provável que o sangue coagule e que o sangramento pelo nariz seja interrompido.

Mas, se ao soltar o nariz, você perceber que o sangue não parou de escorrer, continue a pressionar as narinas por mais 5 ou 10 minutos e aplique uma compressa fria sobre o nariz.

Caso se passem 20 minutos e o sangramento persistir, é importante buscar atendimento médico, pois pode ser que se trate de um sangramento nasal posterior que precisa ser avaliado por um profissional da saúde.

Prevenção

Para quem sofre com sangramentos nasais anteriores devido à secura no nariz, é importante manter as narinas bem hidratadas. A fim de evitar a secura e ferimentos no nariz, a pessoa deve:

  • Evitar cutucar o nariz ou assoar o nariz com muita força;
  • Aplicar pomadas lubrificantes contendo vaselina nas narinas;
  • Lavar as narinas com uma solução de soro fisiológico ou aplicar um spray nasal com solução salina;
  • Usar um umidificador de ambiente;
  • Evitar usar medicamentos para o nariz sem prescrição médica.

Em resumo, essas dicas servem para manter suas mucosas nasais bem úmidas e mais protegidas de sangramentos. Além disso, não se esqueça de beber bastante água em dias secos, pois isso vai ajudar muito a prevenir sangramento pelo nariz.

Fontes e Referências Adicionais

Seu nariz já sangrou sem motivo? Você soube identificar e tratar a causa? Comente abaixo!

Note: There is a rating embedded within this post, please visit this post to rate it.

O conteúdo Sangramento pelo nariz – O que pode ser Aparece primeiro em Mundo Boa Forma