Remédio para Verrugas – 12 Mais Usados

A verruga pode causar desconforto
físico e estético. Mesmo não sendo algo perigoso para a saúde, há várias formas
de removê-las da pele. Saiba aqui quais são os remédios para verruga mais
usados para que você possa acabar com esse problema.

Às vezes não é tão fácil assim
identificar uma verruga. Quem nunca teve um problema desse tipo pode confundir
a verruga com um sinal ou com uma espinha. Um tipo bem comum de verruga é
aquela que atinge o pé e que é chamada de verruga plantar ou olho de peixe no pé.

Geralmente, as verrugas desaparecem
sem a necessidade de tratamento. Porém, esse processo pode durar várias
semanas, meses ou até anos dependendo do local em que a verruga se desenvolveu
e de acordo com a quantidade. Além disso, como a verruga é causada por um vírus
que não pode ser eliminado do corpo, sempre existe o risco de o problema ir e
vir.

O principal gatilho para o
desenvolvimento de verrugas na pele é o sistema imunológico baixo. Felizmente, há tratamentos estéticos e diversas
soluções caseiras que prometem a remoção das verrugas. Veremos a seguir quais
são eles.

O que são verrugas?

As verrugas surgem devido à
presença do papilomavírus humano (HPV). Tratam-se de pequenos crescimentos
acima da pele com uma textura áspera que pode parecer uma pequena bolha.

A aparência da verruga depende do
tipo de pele e também da localização, que pode ser em diversos lugares como nas
mãos, nos pés, nos joelhos, nas regiões genitais, dentre outras.

A estimativa é de que 1 a cada 3
crianças e adolescentes tenham verrugas, enquanto que nos adultos essa
estimativa é de apenas 3 a 5%, ou seja, a cada 100 adultos, cerca de 3 ou 5
apresentam verrugas. Isso pode ser explicado pelo amadurecimento do sistema
imunológico ao longo do tempo, que fica cada vez mais apto a evitar o
desenvolvimento de verrugas na pele. Conheça várias dicas de como fortalecer o sistema imunológico e prevenir o surgimento de verrugas.

O vírus HPV é o responsável por
causar um crescimento excessivo da queratina – uma proteína dura na camada
superior da pele. Existem tipos diferentes de HPV e cada um deles causa um tipo
de verruga.

Nem todos que tem o vírus
desenvolvem verrugas. Mas, o vírus HPV pode ser transmitido entre as pessoas
por meio do contato intimo ou através do contato direto com objetos de uso
pessoal. Há mais de 100 tipos diferentes do vírus HPV e aproximadamente 40
deles são transmitidos por meio de relações sexuais e existe uma relação entre
o HPV no homem e um maior risco de desenvolver alguns tipos de câncer. Entenda
melhor quais são os sintomas de HPV no homem e como é feito o tratamento para evitar complicações de saúde.

Uma pessoa que já tem uma verruga
pode espalhar o vírus para outras partes do corpo por meio de hábitos como:

  • Coçar a
    verruga;
  • Colocar as
    mãos na boca após tocar a verruga;
  • Roer as
    unhas;
  • Esfregar a
    pele.

Molhar ou ferir a pele pode
aumentar o risco de infecção pelo vírus HPV. Entrar em uma piscina estando com
a pele ferida, por exemplo, eleva o risco de você contrair o HPV se outra
pessoa com o vírus também tiver contato com a água.

Ainda que esse risco exista, não
há motivo para desespero. É muito baixo o risco de desenvolver uma verruga
mesmo tendo o vírus HPV. Isso só acontece quando o sistema imunológico está
fraco ou comprometido por causa de algum problema de saúde ou tratamento
médico.

Dá para eliminar as verrugas?

Sim. As opções são diversa e
incluem remédios caseiros, tratamentos médicos e procedimentos estéticos.

As verrugas genitais são as que
precisam de mais cuidados porque a região é mais sensível. Se você desenvolver
verrugas nesses locais ou no rosto, não é recomendado tentar remover a verruga
sozinho. Nesses casos, procure orientação médica se for necessário.

Remédios para verrugas mais usados

Em alguns casos, remédios
antivirais ou com enzimas específicas podem ser usados para suprimir o vírus
HPV. No entanto, essas não são as estratégias mais comuns. Os remédios para
verrugas mais usados são os remédios caseiros que, em sua maioria, atuam
irritando a pele infectada para estimular o crescimento de novas células
epiteliais no local.

Poucos dos remédios abaixo têm sua
eficácia comprovada por métodos científicos, mas há quem use e afirme que eles
funcionam. Conheça abaixo quais são eles.

1. Ácido salicílico (Aspirina)

Além de ser o princípio ativo da
aspirina, o ácido salicílico é comumente usado em tratamentos para verrugas.

Acredita-se que o ácido salicílico remove a pele infectada e com o tempo vai eliminando também a verruga.
Muita gente afirma que esmagar comprimidos de aspirina e misturar com água até
obter uma pasta é um remédio para verruga eficaz. A pasta deve ser protegida
com um curativo durante a noite até o dia seguinte.

A ideia é amolecer a verruga e,
com a ajuda de uma lixa, ir removendo o tecido morto diariamente do local até
que toda a verruga seja removida.

2. Vinagre de maçã

O vinagre de maçã parece funcionar
da mesma forma que o ácido salicílico. Muita gente usa o vinagre de maçã no rosto para limpar a pele e deixa-la mais saudável e
bonita.

O ácido acético presente no
vinagre é o responsável pela maioria dos seus benefícios. Esse ácido tem
propriedades antimicrobianas naturais que podem auxiliar no combate ao HPV, mas
ainda não é comprovado se tais propriedades funcionam em relação as verrugas.

Se você quiser experimentar o
remédio, misture 2 partes de vinagre de maçã com 1 parte de água. Use um pedaço
de algodão para aplicar a mistura sobre a verruga. Depois é só cobrir com um
curativo e deixar agindo por pelo mens 3 horas.

Lembre-se que é indispensável
misturar o vinagre de maçã com água. O vinagre puro é muito ácido e pode
irritar a sua pele ou até causar queimaduras.

3. Casca de banana

Alguns rumores indicam que o
potássio presente na casca de banana pode ser eficaz contra o vírus HPV. Não há
nenhuma evidência que comprove esse benefício, mas não custa tentar.

Tente esfregar o interior de uma
casca de banana na verruga por vários dias e veja o que acontece. Mal não vai
te fazer, mas os cientistas não sabem se o método funciona.

4. Alho

Bastante usado para condições de
pele como calos, psoríase e queloides, o alho também é útil contra infecções
bacterianas, virais e fúngicas. De acordo com uma pesquisa de 2014 indexada no
periódico científico Dermatologic Therapy, o extrato de alho foi capaz de
eliminar verrugas em quatro semanas.

A explicação para isso é a presença
da alicina no alho, que é uma substância com efeitos microbianos importantes
que destrói enzimas presentes em patógenos.

A técnica consiste em esmagar um
dente de alho e mistura-lo com um pouco de água. Feito isso, aplique a pasta
obtida sobre a verruga e cubra o local com um curativo. Repita esse mesmo
procedimento todos os dias por 3 ou 4 semanas até que a verruga seja eliminada.
Aplicar o alho sem água na verruga também parece funcionar.

Você sabia que existem cápsulas de
alho que podem ser tomadas diariamente para combater infecções, desintoxicar o
corpo e até para ajudar a emagrecer? Confira esses e outros benefícios que a cápsula de alho pode
te oferecer.

5. Casca de laranja

A casca de laranja é muito popular
para remoção de verrugas, mas a ciência não confirma a sua eficácia.

Quem usa esse remédio caseiro
costuma esfregar a casca de laranja na verruga uma vez por dia. Segundo
relatos, ao longo do tempo a verruga vai mudando de cor até começar a escurecer
e, por fim, cair. O processo pode levar até duas semanas ou mais.

6. Dente de leão

As propriedades medicinais do
dente de leão são bastante exploradas na medicina chinesa e também no Oriente
Médio. A erva é um remédio tradicionalmente usado no tratamento de problemas na
pele como as verrugas.

Segundo uma pesquisa publicada em
2011 no periódico Toxicological Research, o dente de leão estimula a produção
de colágeno, reduz a inflamação e alivia a irritação na pele. Um outro estudo
divulgado na revista Peptides em 2012 descobriu que a erva tem propriedades
antimicrobianas que também podem ajudar na eliminação de verrugas.

Embora mais pesquisas ainda serem
necessárias, o recomendado é espremer a seiva presente dentro do dente de leão
e aplica-la na verruga uma ou duas vezes ao dia por pelo menos duas semanas.

7. Abacaxi

A bromelina é uma enzima presente
no abacaxi que digere proteínas. Os adeptos do abacaxi para tratar verrugas
afirmam que a bromelina pode degradar as proteínas do HPV e, assim, remover a
verruga.

Aplicar o suco de abacaxi na
verruga todos os dias parece ser a forma mais prática de testar o método, mas
há quem prefira esfregar um pedaço da fruta sobre a pele.

Apesar de muitos estudos atestarem
o potencial terapêutico da bromelina, não há nenhum estudo científico que comprove que a
substância é eficaz para a eliminação de verrugas.

8. Óleo de mamona

Com propriedades antimicrobianas e
anti-inflamatórias, o óleo de mamona é um remédio natural para verrugas,
micose, caspa e outras condições que afetam a saúde da pele.

O recomendado é aplicar o óleo de
mamona sobre a verruga diariamente por até duas semanas. Depois desse tempo, a
verruga deve cair sozinha.

9. Babosa

A babosa ou Aloe vera é um remédio
tradicional para doenças de pele como a psoríase e para traumas como as
queimaduras. Passar um gel de babosa na sua verruga pode promover alívio se
houver coceira ou dor local.

Um estudo de 2016 publicado na
revista científica Journal of Dentistry mostrou que um gel de Aloe vera é capaz
de combater alguns tipos de vírus. O ideal é aplicar o gel obtido de uma folha
de babosa ao invés de usar cremes que contém o composto em baixas
concentrações. Aproveite para conferir algumas receitas com babosa para a pele, os cabelos e saúde em geral.

10. Própolis de abelha

A própolis é uma resina produzida
pelas abelhas que é composta a partir de uma mistura de substâncias vegetais,
pólen, cera de abelha e enzimas.

Pesquisas como a publicada em 2015
no periódico Burns & Trauma indicam que a própolis tem propriedades
antimicrobianas que estimulam a produção de células na pele. Isso é útil no
tratamento de acne, feridas na pele e infecções causadas pelo vírus do herpes
simplex.

A própolis deve ser aplicada
diretamente sobre a verruga antes de dormir. Um curativo deve ser colocado em
cima da verruga para proteger o local. É sugerido que o procedimento seja
repetido diariamente até a verruga sumir.

11. Batata

Algumas pessoas dizem que o suco
de batata é capaz de desidratar a verruga e fazer com que ela caia, mas não
existe até o momento nenhum estudo que comprove isso.

Se você quiser testar o método,
corte uma batata ao meio e pressione a parte central sobre a verruga para que o
líquido da batata cubra todo o local. O procedimento pode ser repetido duas
vezes ao dia, mas não é garantia de resultado.

12. Óleo de árvore de chá

O óleo de árvore de chá tem
propriedades antimicrobianas que podem ser úteis para aliviar problemas de pele
como a acne e o pé-de-atleta. Além disso, o óleo tem propriedades antivirais
que podem ajudar na eliminação de verrugas.

É indicado diluir o óleo em um
óleo transportador como o óleo de amêndoas ou o óleo de mamona por exemplo.
Para isso, basta misturar 1 ou 2 goras de óleo de árvore de chá em 12 gotas do
óleo transportador de sua escolha. Esse passo é importante para evitar
irritações na pele.

Use um chumaço de algodão para
passar a mistura na pele. Deixe o óleo em contato com a verruga por 5 a 10
minutos e repita o processo duas ou três vezes por dia.

Outras soluções para as verrugas

– Esmalte

Evidências anedóticas – ou seja,
que não são comprovadas cientificamente – indicam que passar esmalte por cima
da verruga faz o vírus parar de respirar, destruindo assim a verruga. Algumas
pessoas aplicam o esmalte na verruga todos os dias enquanto outras aplicam duas
ou até três vezes em um mesmo dia, mas não há nenhuma comprovação de que isso
realmente funcione.

– Vitaminas

Várias vitaminas podem ajudar o
seu corpo a se livrar das verrugas.

A vitamina E, por exemplo, é vital
para a saúde do sistema imunológico e para que seu corpo lute contra o HPV.
Aplicar a vitamina E diretamente sobre a pele todas as noites antes de dormir
durante duas semanas parece ser eficaz para eliminar a verruga.

A vitamina C também fortalece o
sistema imunológico além de estimular a cicatrização de feridas na pele.
Existem relatos de que esmagar um comprimido de vitamina C, mistura-lo com água
ou com suco de limão até virar uma pasta e aplica-la sobre a verruga durante a
noite pode ajudar na remoção da mesma.

– Fita adesiva

Um dos métodos mais populares de
remover as verrugas é usando uma fita adesiva. Os estudos sobre o assunto são
controversos. Uma pesquisa publicada em 2002 no JAMA Pediatrics afirma que a
fita adesiva é mais eficaz do que outras técnicas como a crioterapia, mas outro
estudo de 2007 publicado no JAMA Dermatology declarou que a fita adesiva não é
o melhor método para remoção de verrugas e que mais estudos na área são
necessários.

Apesar da controvérsia, há relatos
de que é possível remover verrugas com a fita. A técnica consiste em colar um
pequeno pedaço de fita na verruga e remover a fita depois de 3 ou 6 dias. Em
seguida, é recomendado mergulhar a verruga em água e então usar uma pedra-pomes
ou lixa para remover a parte superior da pele. Depois de deixar a pele respirar
por 10 ou 12 horas, é indicado repetir todo o processo até que toda a verruga
seja eliminada.

Apesar de muita gente garantir que
isso funciona, pessoas que tem a pele sensível devem evitar usar a fita
adesiva, pois o método pode resultar em irritação, vermelhidão e sangramento.

– Crioterapia

A crioterapia é um procedimento
estético em que o nitrogênio líquido (ou outro líquido com propriedades
congelantes) é pulverizado sobre a verruga, fazendo com que as células sejam
destruídas. O resultado demora cerca de uma semana para ser observado, mas as
pessoas afirmam que uma bolha se desenvolve em volta da verruga e acaba se
soltando da pele alguns dias depois, levando consigo a verruga.

Essa técnica deve ser aplicada por
um profissional e se a verruga for muito grande pode ser preciso se submeter a
mais do que uma sessão.

Em algumas farmácias é possível
encontrar sprays de dimetil-éter ou de propano que garantem um efeito similar
ao da crioterapia, mas eles são menos eficazes e não devem ser usados no rosto.

– Tratamento a laser

Outro procedimento estético que
pode te ajudar a se livrar de uma verruga é o laser. O tratamento a laser atua
cauterizando o local da verruga, fazendo com que a verruga caia. Porém, o
método pode causar um pouco de dor e desconforto além de poder deixar
cicatrizes no local.

– Medicamentos

Em alguns casos, o médico pode
injetar um remédio chamado de bleomicina que mata o vírus e elimina a verruga.
Outra opção envolve a injeção de um antígeno de Candida que serve para
estimular o sistema imunológico para combater a verruga.

Um remédio de uso tópico conhecido
como imiquimod pode ser útil na remoção de verrugas, especialmente na região
genital.

Apesar dessas opções, é importante
que um médico prescreva tais medicamentos, pois eles podem causar efeitos
adversos e devem ser usados com cautela apenas em casos mais graves.

– Cirurgia

Se a verruga incomodar muito, a
remoção cirúrgica pode ser uma ultima opção. Mas há o risco de uma cicatriz
surgir no local.

Caso seja necessário remover sua
verruga cirurgicamente, não se preocupe. Existem várias formas de tirar cicatriz e muitas opções de pomadas cicatrizantes famosas para te ajudar no pós-operatório.

Dicas finais sobre as verrugas

As verrugas desaparecem por conta
própria na maioria das vezes, mas os remédios indicados aqui podem acelerar o
processo.

Ainda assim, é preciso ter cuidado
porque não há comprovação científica de muitos desses remédios e nem toda
solução caseira funciona para todo mundo. Também é bom lembrar que qualquer
remédio deve ser prescrito por um médico antes de ser testado.

Mesmo depois de eliminar a
verruga, o vírus HPV permanece no corpo e novas verrugas podem surgir no
futuro.

Apesar de a verruga não ser um
problema de saúde, é prudente procurar um médico em casos em que a verruga:

  • Causa dor;
  • Muda de
    aparência ao longo do tempo;
  • Sangra com
    facilidade;
  • Retorna
    logo depois da eliminação;
  • Se espalha
    para outros locais;
  • Surge em
    locais que atrapalham o dia a dia e dificultam atividades como barbear e
    praticar exercícios físicos.

Para evitar espalhar as verrugas
no seu próprio corpo ou para outras pessoas, as seguintes dicas são muito
válidas:

  • Não
    compartilhar toalhas, sapatos, meias ou outros itens de uso pessoal;
  • Evitar
    tocar a sua verruga sem lavar as mãos logo em seguida;
  • Não tocar
    a verruga na pele de outra pessoa;
  • Não coçar
    ou esfregar as verrugas;
  • Evitar
    andar descalço em vestiários ou ao redor de piscinas;
  • Manter as
    mãos limpas e secas.

É preciso ter paciência para lidar
com as verrugas já que pode levar um tempo até que elas desapareçam e sempre há
o risco de elas voltarem. Infelizmente, não existe um método melhor do que o
outro e você precisa ir testando os remédios para verruga para ver qual
funciona melhor para você.

Referências
adicionais:

Você já conhecia remédio para verrugas? Pretende experimentar algum? Comente abaixo!

Note: There is a rating embedded within this post, please visit this post to rate it.

O conteúdo Remédio para Verrugas – 12 Mais Usados Aparece primeiro em Mundo Boa Forma