Remédio para Labirintite – 9 Mais Usados

Labirintite

Os sintomas da labirintite podem ser desagradáveis e debilitantes. Veja quais são os tipos de remédio para labirintite mais usados e saiba o que fazer se tiver uma crise.

Porém antes de ir diretamente aos remédios, vale esclarecer o que é o labirinto (nome dado ao nosso ouvido interno). Ele é responsável pela audição e pelo equilíbrio. Quando o labirinto fica infeccionado, temos a labirintite.

Como consequência, a sua infecção ou inflamação pode afetar as estruturas do ouvido interno e interromper informações sensoriais do ouvido para o cérebro.

Sendo assim o tratamento depende da causa e existem vários remédios que podem aliviar os sintomas da labirintite.

É claro que os sintomas variam muito caso a caso e o remédio para labirintite escolhido está diretamente associado ao tipo de sintoma apresentado. Dentre estes sintomas, temos os seguintes:

  • Tontura;
  • Náusea;
  • Vômito;
  • Vertigem;
  • Zumbido no ouvido;
  • Perda de audição temporária;
  • Dificuldade para focar os olhos ou outros problemas de visão;
  • Mudança no senso de direção e de equilíbrio.

Em geral, são as infecções virais a causa mais comum de infecção no labirinto, mas as infecções bacterianas também podem resultar em labirintite. De qualquer forma, existe tratamento para ambos os casos.

Remédios para labirintite mais usados

O alívio dos sintomas costuma ocorrer dentro de uma a três semanas, mas a recuperação total da labirintite pode levar de um a dois meses, dependendo da gravidade da infecção.

Entenda quais são as suas opções de remédio para labirintite:

1. Prometazina

Anti-histamínicos como a prometazina podem ser receitados para aliviar sintomas de labirintite viral como a náusea e a tontura. Trata-se de um antialérgico forte que só pode ser comprado se você tiver uma receita médica.

O médico pode recomendar o uso oral de 25 a 100 miligramas de prometazina por dia de acordo com o quadro clínico observado. Se for necessário, o remédio pode ser aplicado por via intravenosa em um hospital.

2. Meclizina

Outro anti-histamínico que pode ser prescrito por um médico é a meclizina. Esse remédio para labirintite é extremamente eficaz para diminuir sintomas como tontura e náusea.

A dose pode variar de 25 a 100 miligramas por dia, dependendo da intensidade dos sintomas. O efeito colateral mais comum que a meclizina pode causar é a sonolência.

3. Prednisona

A prednisona é um anti-inflamatório esteroide que também funciona para aliviar sintomas da labirintite em alguns casos, mas geralmente medicamentos mais fortes como a prometazina e a meclizina são mais eficazes.

4. Cinarizina

A cinarizina também pertence à família de remédios dos bloqueadores dos canais de cálcio. O remédio funciona tanto para tratar alguns casos de enxaqueca como também para tratar sintomas da labirintite como a náusea, o vômito, a tontura e o zumbido no ouvido.

É recomendado tomar doses diárias de 75 miligramas ou seguir a prescrição médica. Para evitar acidentes, é bom estar ciente de que a cinarizina pode causar um pouco de sonolência.

5. Flunarizina

A flunarizina é um remédio da classe dos bloqueadores dos canais de cálcio que pode ser utilizado para controlar alguns sintomas da labirintite como a tontura e a vertigem.

Assim como a cinarizina, a flunarizina causa sonolência como seu principal efeito adverso e outros efeitos como dor de cabeça, irritabilidade, pouca concentração e insônia também podem ocorrer.

6. Dimenidrinato (Dramin)

Popularmente conhecido como Dramin, o dimenidrinato é um antiemético ou antivertiginoso bastante eficaz que atua reduzindo sintomas como a náusea e o mal-estar associados à labirintite.

Seu efeito é bastante rápido e eficaz já que o início da ação do medicamento ocorre após 15 minutos da ingestão. O Dramin dá sono pouco tempo depois da sua administração e por isso é importante planejar suas atividades antes de tomar o remédio.

7. Betaistina

Assim como o Dramin, a betaistina é um antiemético que ajuda a aliviar a vertigem durante as crises no labirinto. Este remédio para labirintite atua reduzindo náusea, vômito e eventuais zumbidos no ouvido.

A dose usual para adultos é de 24 a 48 miligramas por dia que pode ser dividida em até três vezes. A betaistina pode causar alguns efeitos adversos como dor de cabeça, náusea leve e inchaço abdominal.

8. Lorazepam ou Diazepam (Valium)

Em alguns casos, benzodiazepínicos como o lorapezam ou o Diazepam podem ser prescritos.

Esses são remédios que só devem ser usados a curto prazo, pois o uso prolongado está associado com sintomas de abstinência e dependência química.

9. Amoxicilina

Antibióticos só são indicados como remédios para labirintite quando ela é causada por bactérias. O antibiótico mais comumente receitado é geralmente a amoxicilina.

A labirintite bacteriana é pouco comum, mas pode ocorrer em casos de infecções no ouvido médio que migram para o ouvido interno. A meningite bacteriana também pode causar labirintite, mas é ainda menos provável de ser observada.

Tratamentos alternativos e dicas

Anti-histamínicos vendidos sem a necessidade de prescrição médica como a loratadina, a difenidramina e a fexofenadina são opções fáceis de encontrar que podem ser usados para o alívio da labirintite.

Além dos medicamentos, uma dieta adequada, a prática de exercícios físicos e o uso de algumas ervas medicinais também podem ajudar no tratamento. Dentre essas ervas, a ginkgo biloba, erva doce, alecrim e cravo da índia são as alternativas naturais mais comuns de tratamento.

Além disso, algumas dicas práticas podem ser úteis em momentos de crises de labirintite para reduzir o desconforto:

  • Evite mudar de posição muito rápido ou fazer movimentos bruscos;
  • Fique totalmente imóvel durante a crise;
  • Se levante lentamente quando estiver sentado ou deitado e fique com a cabeça parada;
  • Evite usar telas ou olhar para luzes brilhantes durante a vertigem;
  • Prefira ficar em um local com pouca iluminação, mas não na escuridão total ou em lugares muito claros.

Em geral, os sintomas da labirintite desaparecem entre uma e três semanas, mas a recuperação total pode demorar até alguns meses.

Alguns desses sintomas podem interferir na qualidade e duração do sono, portanto caso você tenha notado mudanças no seu padrão de sono ou crises de enxaqueca, vale a pena entender se a labirintite dá sono e dor de cabeça.

Mesmo sabendo quais são os remédios e dicas que aliviam a labirintite, não deixe de consultar um médico pois apenas médicos especialistas como o otorrinolaringologista ou o neurologista estão aptos para receitar remédios para labirintite.

O ideal é obter um diagnóstico completo incluindo um exame físico no ouvido e uma avaliação neurológica.

Fontes e Referências Adicionais:

Você já precisou utilizar algum remédio para labirintite? Costuma sofrer com crises e sintomas dessa condição com frequência? Comente abaixo!

Note: There is a rating embedded within this post, please visit this post to rate it.

O conteúdo Remédio para Labirintite – 9 Mais Usados Aparece primeiro em Mundo Boa Forma