Ranking Mostra o Risco de Contágio Pelo Novo Coronavírus que Diferentes Atividades Podem Trazer

Mercado no coronavírus

A pandemia do novo coronavírus continua ativa e o risco de pegar a COVID-19 infelizmente ainda existe. Mas você sabia que algumas atividades podem trazer mais risco de contaminação que outras?

A Texas Medical Association (Associação Médica do Texas, tradução livre) lançou um gráfico em que ranqueia uma série de atividades, desde pegar correspondência na caixa de correios até ir a um bar, conforme o risco de contágio pelo novo coronavírus.

Os níveis de risco foram baseados na contribuição dos médicos da Força-Tarefa da COVID-19 e Comitê de Doenças Infecciosas da Associação Médica do Texas. Segundo o site da organização, os níveis foram formulados de acordo com o máximo possível de precauções de segurança tomadas pelos participantes, independente da atividade, incluindo cuidados como usar máscara, manter dois metros de distância em relação às outras pessoas e lavar muito bem as mãos.

O ranking é composto por uma escala de um a 10 – sendo 1 o risco mais baixo e 10 o risco mais alto – e dividida nos seguintes grupos: baixo risco; moderado a baixo; risco moderado; moderado a alto e alto risco. Na lista a seguir, você confere como as atividades foram classificadas no ranking da Associação Médica do Texas:

Baixo risco

  • Pegar correspondência na caixa de correio (1);
  • Receber comida para viagem (2);
  • Jogar tênis (2);
  • Acampar (2).

Moderado a baixo

  • Fazer compras no mercado (3);
  • Caminhar correr ou andar de bicicleta com outras pessoas (3);
  • Jogar golfe (3);
  • Ficar em um hotel por duas noites (4);
  • Sentar na sala de espera do médico (4);
  • Ir a uma biblioteca ou museu (4);
  • Comer do lado de fora de um restaurante (4);
  • Andar no centro da cidade movimentado (4);
  • Passar uma hora em um parquinho (4).

Risco moderado

  • Jantar na casa de outra pessoa (5);
  • Ir a um churrasco no quintal (5);
  • Ir à praia (5);
  • Fazer compras no shopping (5);
  • Mandar as crianças à escola, acampamento ou creche (6);
  • Semana de trabalho no escritório (6);
  • Nadar em uma piscina pública (6);
  • Visitar um parente ou amigo idoso na sua casa (6).

Moderado a alto

  • Ir ao salão de beleza ou barbeiro (7);
  • Comer na parte interna de um restaurante (7);
  • Ir a um casamento ou funeral (7);
  • Viajar de avião (7);
  • Jogar basquete (7);
  • Abraçar ou dar as mãos ao cumprimentar um amigo (7).

Risco alto

  • Comer em um buffet (8);
  • Treinar na academia (8);
  • Parque de diversões (8);
  • Ir ao cinema (8);
  • Ir a um grande show ou concerto musical (9);
  • Ir a um estádio de esportes (9);
  • Ir a uma reunião religiosa com mais de 500 fiéis (9);
  • Ir a um bar (9).

O gráfico da Associação Médica do Texas também está disponível (em inglês) por meio deste link.

Ao analisarmos o ranking, é importante ter em mente que mesmo as atividades de menor risco não eliminam a necessidade de tomar todas as medidas de proteção contra o novo coronavírus.

Além disso, o ranking foi elaborado por uma organização dos Estados Unidos, ou seja, não leva em consideração as peculiaridades do Brasil em relação à pandemia.

Você tem praticado alguma das atividades relacionadas acima? Quais delas mais trazem risco de contágio pelo novo coronavírus? Comente abaixo!

Note: There is a rating embedded within this post, please visit this post to rate it.

O conteúdo Ranking Mostra o Risco de Contágio Pelo Novo Coronavírus que Diferentes Atividades Podem Trazer Aparece primeiro em Mundo Boa Forma