Qual é a Melhor Dieta para Emagrecer pelo seu Estilo de Vida

Muita gente não gosta nem de pensar em dieta, mas além de te ajudar a perder peso e ganhar massa muscular, as dietas em geral podem melhorar a sua saúde e a sua qualidade de vida.

Em meio a tantas opções, pode ser bem difícil escolher a dieta certa já que cada pessoa tem um objetivo e um estilo de vida diferente.

Algumas podem procurar uma dieta para emagrecer, outras podem ter em mente uma dieta para ganhar massa muscular e há até aquelas que têm dificuldade para ganhar peso e procuram uma dieta para engordar.

Não importa o motivo de você estar procurando uma dieta específica, a verdade é que tem opção para todo mundo. E ao escolher uma dieta que se adequa aos seus objetivos e ao seu estilo de vida, é muito mais fácil aderir aos novos hábitos alimentares e maior é a chance de ter bons resultados.

Entenda um pouco mais sobre os diversos tipos de dieta e como elas podem melhorar a sua saúde e te ajudar a conquistar as suas metas.

Dietas que focam em alimentos específicos

Existem muitas dietas que focam na ingestão de grandes quantidades de um alimento específico. É o caso da dieta do ovo, por exemplo, em que o ovo cozido é a base da alimentação.

Outras dietas que também focam na ingestão dos mesmos alimentos incluem a dieta da sopa, a dieta do leite e a dieta do limão.

Comer sopa para emagrecer ou basear a alimentação em uma dieta líquida parece ajudar a reduzir a ingestão calórica e contribuir para a perda de peso.

Dietas que focam na baixa ingestão de carboidratos

Uma das dietas mais famosas de todos os tempos é a dieta low carb. Nela, o foco está em eliminar a maior parte dos carboidratos da alimentação diária para que o organismo queime a gordura estocada nas células adiposas ao invés de obter energia de carboidratos que são muito fáceis de digerir e que aumentam rapidamente os níveis de glicose no sangue.

A dieta cetogênica é outro exemplo de dieta com pouco carboidrato. Segundo estudo publicado no Journal of Child Neurology em 2013, em uma dieta pobre em carboidratos o corpo começa a usar a gordura como fonte de energia e durante essa conversão, os carboidratos são convertidos em cetonas em um processo conhecido como cetose.

Dados publicados em 2015 no periódico The Lancet: Diabetes & Endocrinology indicam que dietas com pouco carboidrato causam uma perda de peso mais significativa do que dietas com baixo teor de gordura.

Outra dieta que foca em grupos alimentares é a dieta da proteína. A dieta dukan é uma variação da dieta da proteína que deve ser seguida em várias etapas e a dieta da USP é uma dieta de curto prazo baseada em uma alimentação hipocalórica com baixíssimo teor de carboidratos e alto teor de proteínas e gorduras.

Dietas focadas em determinados períodos de tempo

Todo mundo sabe como é difícil se manter na linha em uma dieta por muito tempo, não é mesmo?

Algumas dietas para emagrecer rápido foram desenvolvidas para que você possa perder peso rapidamente sem ter que seguir uma alimentação regrada por muito tempo.

É o caso de quem opta pela dieta de 21 dias ou pela dieta intermitente. No jejum intermitente, é preciso que você alterne períodos de jejum e de alimentação. Há muitas formas de fazer um jejum intermitente, mas a teoria por trás da dieta é que ao deixar o corpo em jejum, o organismo vai buscar por outras fontes de energia estocadas e que isso vai ajudar a queimar mais calorias.

Segundo um estudo de revisão publicado em 2014 no Translational Research: The Journal of Laboratory and Clinical Medicine, o jejum intermitente resulta em uma perda de peso maior do que de outros métodos de emagrecimento que pode chegar de 3 a 8% do peso ao longo de 3 a 24 semanas. Os dados também indicam que a circunferência da cintura pode diminuir de 4 a 7%.

De acordo com estudos – como os publicados em 2016 no Journal of Translational Medicine e em 2018 no periódico Obesity, fazer o jeju intermitente pode aumentar a queima de gordura, preservar a massa muscular e melhorar o metabolismo.

Por se tratar de uma dieta que envolve a privação de alimentos por muitas horas seguidas, é importante consultar um médico antes de começar a dieta, especialmente se você for diabético ou se você for mulher e estiver grávida ou amamentando.

Dietas focadas na qualidade de vida

Dietas à base de plantas como o veganismo não só ajudam a perder peso como também melhoram a saúde, protegem os animais e contribuem para a preservação do meio ambiente.

A dieta vegana – além de compor um estilo de vida em que nada de origem animal é consumida – é também um ótimo exemplo de dieta saudável que melhora a qualidade de vida e reduz o risco de doenças.

Em uma dieta à base de plantas, muitos alimentos de origem animal e derivados que estão associados a altos níveis de inflamação e desenvolvimento de doenças como o colesterol alto são removidos da dieta.

Além disso, no veganismo muitos alimentos de origem vegetal que são ricos em nutrientes passam a ser mais consumidos, o que também contribui para ter uma melhor saúde.

Além das razões éticas e ambientais envolvidas em uma dieta vegana, estudos indicam que as dietas à base de plantas auxiliam no emagrecimento.

Uma análise de diversos estudos publicada em 2016 no Journal of General Internal Medicine indica que quem segue uma alimentação à base de vegetais e frutos – como no vegetarianismo – perde remédio cerca de 2 kg a mais do que aqueles que consomem produtos de origem animal.

Quando falamos de uma dieta vegana, a perda de peso pode chegar até 2,5 kg a mais do que uma dieta carnívora. De acordo com uma pesquisa publicada na revista científica Nutrients em 2009, isso pode ter a ver com a alta ingestão de fibras nesse tipo de dieta que aumenta a saciedade.

A dieta detox também é focada na saúde já que o objetivo da dieta é desintoxicar o organismo. Nessa dieta, alimentos com propriedades desintoxicantes e antioxidantes são priorizados para remover toxinas presentes no sangue.

Como grande parte da população hoje em dia está em risco de diabetes ou já é diabética, veja quais são as melhores dicas de dieta para diabéticos que garantem que os níveis de glicose no sangue não sofram grandes oscilações ao longo do dia e reduzem os sintomas da diabetes.

Dietas com foco em emagrecimento rápido

Embora uma alimentação saudável e equilibrada seja a chave para a manutenção do peso e da saúde em geral, muitas pessoas – principalmente as mais obesas – buscam por maneiras mais rápidas e eficazes de perder peso. O problema é que nessa busca de como emagrecer rápido, muita gente acaba perdendo não só o peso, mas também a saúde.

Em uma dieta para perder barriga é muito importante tomar cuidado para não ficar desnutrido. Alguns métodos que ensinam como perder barriga rápido e que indicam o uso de chá para emagrecer ou a adoção da dieta líquida devem ser avaliados com cautela para não prejudicar a sua saúde.

Entenda bem como funcionam as dietas para emagrecer rápido e a dieta para secar barriga para que essas dietas não coloquem a sua saúde em risco.

Dietas com foco na flexibilidade

O mais difícil em uma dieta é manter a consistência. Pode ser que por mais que você se esforce, você não consiga seguir um plano alimentar restrito por muito tempo e acabe chutando o balde.

A dieta flexível e a dieta dos pontos são ótimas alternativas para quem tem dificuldade de limitar os carboidratos, por exemplo, já que essas dietas permitem uma maior flexibilidade.

Dietas focadas em hábitos alimentares de certos grupos

Há ainda a dieta paleo que é baseada na teoria de que as doenças atuais têm relação com a dieta ocidental.

Os adeptos dessa dieta acreditam que o organismo humano não evoluiu para processar certos alimentos como legumes, grãos e laticínios e que o certo é seguir uma dieta parecida com a dos nossos ancestrais – ingerindo alimentos integrais, frutas, nozes, sementes e carnes magras e restringindo o consumo de alimentos processados, laticínios, açúcar e grãos.

Um estudo publicado em 2008 no European Journal of Clinical Nutrition mostrou que adultos saudáveis que aderiram a uma dieta paleo perderam em média 2,3 kg e diminuíram a circunferência da cintura em cerca de 1,5 cm.

A dieta mediterrânea segue mais ou menos a mesma linha da paleo e se baseia na ingestão de alimentos consumidos por nativos de países como a Itália e a Grécia.

Foco na saúde sempre

Certas condições de saúde exigem uma alimentação especial. Quem tem diabetes ou colesterol alto, por exemplo, precisa dar atenção especial à alimentação para aliviar os sintomas e ter uma melhor qualidade de vida.

Em qualquer dieta, o foco principal deve ser no processo de reeducação alimentar. Ao seguir uma alimentação equilibrada e rica em nutrientes, é mais fácil manter os resultados obtidos a longo prazo além de melhorar a sua saúde geral.

A Organização Mundial da Saúde recomenda que seguir uma dieta saudável é indispensável para manter a saúde e a nutrição e para proteger o corpo contra diversas doenças.

Uma alimentação rica em frutas e vegetais e com ingestão limitada de açúcar, sal, gordura e alimentos processados é a base para ter uma vida mais saudável e equilibrada.

Fontes e Referências adicionais:

O conteúdo Qual é a Melhor Dieta para Emagrecer pelo seu Estilo de Vida Aparece primeiro em Mundo Boa Forma