Para que serve o óleo de lavanda?

O óleo de lavanda é um dos óleos essenciais mais famosos na aromaterapia, mas você sabe para que exatamente ele é usado? Fique sabendo para que serve o óleo de lavanda e quais são suas propriedades para a saúde.

A lavanda é bastante popular pelos seus benefícios para a pele. Mas seu uso vai além disso, já que o óleo também pode ser ingerido ou inalado para outros fins.

Por exemplo, o óleo de lavanda é um ótimo remédio natural para a ansiedade e para o bem-estar geral do corpo e da mente.

Além disso, a partir da lavanda (ou alfazema), é possível preparar vários remédios caseiros como por exemplo o chá de alfazema, que ajuda a relaxar e a melhorar a digestão.

Então, entenda um pouco mais sobre essa planta e sobre os usos do óleo essencial de lavanda.

Propriedades

A lavanda (Lavandula angustifolia) é extremamente relaxante. De fato, o óleo de lavanda ajuda no tratamento da insônia.

O uso de óleo de lavanda também é útil para condições de pele como o eczema, as infecções fúngicas e as alergias, por exemplo.

Mas seus benefícios não param por aí. Certamente, a lavanda é um óleo multiuso que não pode faltar na sua casa.

De acordo com um estudo, o óleo de lavanda tem propriedades anti-inflamatórias, fungicidas, bactericidas, antimicrobianas, antissépticas e analgésicas.

Além disso, o óleo também pode exercer efeito antidepressivo, sedativo, antiespasmódico, desintoxicante e hipotensor. Confira essas e outras propriedades deste óleo logo abaixo.

Para que serve

velas-com-aroma-de-lavanda

O óleo de lavanda é útil para tratar muitos problemas de saúde. Graças às suas propriedades e ao seu aroma delicioso, a lavanda é um ótimo remédio natural.

De fato, ele ajuda em problemas simples desde picadas de inseto até quadros mais sérios como a cicatrização de feridas e a insônia.

Lavanda para ansiedade e depressão

O aroma da lavanda gera um efeito calmante capaz de amenizar certos sintomas depressivos.

Estudos provaram que o aroma da erva ajuda a aliviar a ansiedade leve devido ao efeito ansiolítico da lavanda.

Óleo de lavanda para insônia

O mesmo efeito calmante que alivia a ansiedade ajuda a dormir melhor. De fato, a lavanda relaxa os músculos e pode ajudar a ter um sono mais tranquilo e reparador.

Apesar do efeito positivo do óleo de lavanda contra a insônia, o estudo afirma que ainda são necessárias mais pesquisas.  

Lavanda para dores

O óleo de lavanda ajuda a aliviar dores em geral como a dor de cabeça e alguns sintomas da tensão pré-menstrual (TPM), por exemplo. Um estudo já sugeriu que o óleo de lavanda pode aliviar as cólicas menstruais.

Lavanda para a pele

Não é por acaso que o óleo de lavanda está na composição de vários produtos de higiene pessoal e de cosméticos como sabonetes, fragrâncias e perfumes, por exemplo.

O óleo de lavanda tem propriedades antissépticas e cicatrizantes. Elas são ótimas para tratar pequenas feridas na pele.

A lavanda é boa para queimaduras leves, picadas de inseto e acne. O óleo também ajuda a reduzir a inflamação e a desobstruir os poros.

Além disso, um estudo mostrou que a lavanda ajuda no combate aos fungos que causam doenças de pele.

Por fim, uma pesquisa do periódico científico Evidence-Based Complementary and Alternative Medicine indica que o óleo de lavanda é muito eficaz na cicatrizacão de feridas.

Além disso, ele atua muito mais rápido do que outros agentes cicatrizantes como o iodo e o soro fisiológico, por exemplo.

Lavanda para o cabelo

Alguns dermatologistas já indicam a lavanda para tratar a Alopecia areata e a queda de cabelo.

De fato, um estudo de 2016 da revista Toxicological Research atestou que a aplicação tópica de óleo de lavanda em ratos foi eficiente para fazer crescer os fios sem danificar o couro cabeludo.

Outros usos

A lavanda também pode ajudar na digestão, mas não há comprovações suficientes sobre esse efeito.

Há relatos do National Cancer Institute (Instituto Nacional de Câncer dos Estados Unidos) de que o óleo pode reduzir a náusea associada ao tratamento de câncer.

Além de ajudar na irritação e em lesões na pele, o óleo de lavanda ajuda a clarear a pele e a reduzir as rugas. Isso tem a ver com as propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes da planta.

A lavanda também é usada como um repelente de insetos. Além disso, ele também ajuda a aliviar a coceira, vermelhidão e dor na pele.

Dicas de uso

É muito simples usar o óleo de lavanda em aromaterapia. Veja algumas dicas:

Aromaterapia

Adicione de 4 a 10 gotas de óleo de lavanda no difusor ou inalador e deixe o aroma invadir o seu ambiente.

Uso na pele e no cabelo

O óleo essencial de lavanda e um óleo transportador – como o óleo de amêndoas ou óleo de coco, por exemplo – são perfeitos para relaxar e aliviar irritações na pele.

Isso também vale para o uso do óleo no couro cabeludo. Se estiver usando a lavanda no banho, massageie bem o local e aproveite para inalar o aroma da planta.

Lavanda para espinhas

A lavanda pode ser usada no controle da acne. Para isso, molhe um cotonete ou um pedaço de algodão com uma gota de óleo de lavanda e uma gota de óleo de amêndoas ou jojoba.

Em seguida, coloque sobre a espinha e deixe agir por alguns minutos.

Compressa

Use algumas gotas do óleo em uma compressa. Isso vai ajudar a curar mais rápido a pele lesionada ou dolorida.

Repelente de lavanda

Por fim, uma última dica é preparar um repelente de insetos natural em spray.

Para isso, misture 4 gotas de óleo de lavanda para cada 240 mL de água em um borrifador. Agite bem e está pronto. Você pode aplicar esse repelente no corpo, no ambiente e também em suas roupas.

Fontes e Referências Adicionais

Você já conhecia os usos do óleo de lavanda? De qual deles você mais gostou? Comente abaixo!

Note: There is a rating embedded within this post, please visit this post to rate it.

O conteúdo Para que serve o óleo de lavanda? Aparece primeiro em Mundo Boa Forma