Ostamuscle Funciona? Para Que Serve, Relatos, Efeitos Colaterais e Como Tomar

Ostamuscle

Confira se o suplemento Ostamuscle funciona, veja para que serve, relatos de usuários e possíveis efeitos colaterais de seu consumo.

Quem procura complementar os seus esforços com dieta e exercícios voltados para o ganho de massa muscular certamente quer investir o seu dinheiro em produtos eficientes e seguros, que tragam o retorno prometido. Por isso, antes de adquirir um suplemento, é fundamental conhecê-lo bem.

Por exemplo, será que o Ostamuscle funciona bem? O produto pode ser considerado um dos melhores suplementos para ganho de massa muscular ou não é uma boa ideia incluí-lo na rotina?

O que é, para que serve e como funciona Ostamuscle

Ostamuscle (MK-2866/Ostarine/Enobosarm) é um produto da Enhanced Athelete que promete proporcionar benefícios como maiores ganhos de massa magra, melhor força, mais resistência, coesão de cura conjunta e efeito anabolizante, mesmo em doses baixas de 3 mg.

O princípio ativo de Ostamuscle é a substância Ostarine, também conhecida pelos nomes MK-2866 ou Enobosarm. Trata-se de um módulo seletivo de receptor de androgênio (SARM, sigla em inglês), que é voltado para a prevenção e o tratamento da perda de músculo.

Veja em detalhes o que são SARMs, tipos, para que serve e efeitos colaterais.

A promessa do produto é que Ostamuscle funciona retendo ou aumentando a massa magra conforme a quantidade de calorias consumidas diariamente pelo usuário: se ele ingere um teor menor que o necessário para a sua manutenção diária, a promessa é que a substância fará com que ele mantenha músculo, queimando gordura no lugar; se ele consome mais calorias que o necessário, a promessa é que a substância usará as calorias para construir músculos no lugar de gorduras em maior grau.

Atenção: há um problema em relação à Ostamuscle

O produto é uma substância química muito potente, cujo uso destina-se somente a pesquisas em laboratório. A advertência informa ainda que ele não é destinado para uso humano e que pode ser prejudicial caso seja ingerido.

O produto deve ser tratado somente por profissionais licenciados e qualificados e ele não é categorizado como um remédio, comida, cosmético ou suplemento dietético.

Além disso, os SARMs como Ostarine podem produzir efeitos semelhantes aos esteroides anabolizantes e, por conta disso, foram banidos pela Agência Mundial Antidoping em janeiro de 2008.

Tanto que em junho de 2013, o ciclista profissional Nikita Novikov foi suspenso após um de seus exames mostrar um resultado positivo para Ostarine e o lutador de UFC Tim Means foi retirado de uma luta depois de também ter apresentado um resultado positivo para a substância em um teste.

Os perigosos efeitos colaterais de Ostamuscle

A vantagem dos SARMs como Ostarine é que eles se conectam somente aos receptores de músculos esquelético, o que teoricamente deveria permitir o estímulo da síntese de proteínas sem causar os mesmos efeitos colaterais dos anabolizantes.

No entanto, no ano de 2017, a Food and Drug Administration (Administração de Alimentos e Medicamentos, tradução livre, FDA, sigla em inglês) publicou um relatório que advertia que os SARMs estudados até então podiam resultar em problemas hepáticos e problemas cardiovasculares, aumentando o risco de ataques cardíacos.

Além disso, conforme informações do site WeMD, Ostarine também pode provocar efeitos colaterais como dor de estômago, prisão de ventre, diarreia, dor de cabeça, náusea, febre e acidente vascular cerebral (AVC).

Relatos e reviews na forma de vídeos no YouTube a respeito das maravilhas proporcionadas por ciclos com SARMs como Ostamuscle são o que não faltam na internet. Por exemplo, na sessão de comentários sobre o produto em uma página de vendas de Ostamuscle, uma internauta identificada como Carolina Oliveira afirmou que ele proporcionou a definição esperada, embora tenha provocado um aumento do apetite.

Na mesma página, o usuário apresentado como Felipe Carneiro escreveu que usou 10 mg de Ostamuscle pode 60 dias e que teve resultados acima do esperado, incluindo ganhos em termos de massa magra.

Entretanto, relatos como esses não podem basear a sua decisão de
começar a usar ou não Ostamuscle. Você também precisa levar em consideração os
potenciais perigos que o produto pode trazer para a sua saúde.

Se o fato de Ostamuscle não ser próprio para uso humano e os efeitos colaterais não forem o suficiente para te alertar em relação aos seus perigos, saiba que a ausência de controle dos SARMs por qualquer agência governamental torna a sua procedência duvidosa.

Uma pesquisa de 2017 conduzida por pesquisadores da Universidade Harvard testou 43 produtos comercializados pela internet e concluiu que somente 23 continham realmente um SARM em sua composição, enquanto quatro não possuíam nenhuma substância ativa e os outros 17 eram compostos por substâncias ilegais.

Uma dessas substâncias ilegais era um composto tóxico que foi abandonado pela indústria farmacêutica há mais de 10 anos devido ao fato de provocar câncer em animais.

Ainda não se sabe se os SARMs são seguros e as pessoas que fazem uso dessas substâncias expõem-se a riscos muito grandes.

Como usar Ostamuscle

A dosagem sugerida do produto é a partir de 10 mg, entretanto, como vimos acima, Ostamuscle não é para uso humano e a sua ingestão pode ser bastante perigosa para a saúde.

Fontes e Referências Adicionais:

Você já tinha ouvido falar que o Ostamuscle funciona? Conhece alguém que já fez uso dessa substância? Comente abaixo!

Note: There is a rating embedded within this post, please visit this post to rate it.

O conteúdo Ostamuscle Funciona? Para Que Serve, Relatos, Efeitos Colaterais e Como Tomar Aparece primeiro em Mundo Boa Forma