Órgãos de saúde advertem contra máscaras ineficazes para COVID-19

A esta altura da pandemia do novo coronavírus, todos já sabem da importância de usar máscaras faciais sempre que sair de casa. Afinal, a medida serve como uma ferramenta coletiva contra a propagação da COVID-19, que pode trazer uma proteção extra contra a doença.

Atualmente, existe uma variedade de máscaras que podemos comprar e que prometem ajudar a evitar a propagação do novo coronavírus. No entanto, não é todo tipo de máscara que oferece uma boa proteção contra a contaminação pelo vírus.

Aliás, órgãos de saúde e pesquisadores já advertiram contra o uso de certas máscaras, que não concedem uma boa proteção. São elas:

1. Protetores faciais (face shield)

Para muitas pessoas, eles são mais confortáveis que as máscaras que tampam o nariz e a boca por completo. Entretanto, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a proteção que a face shield fornece é mais baixa do que a que as máscaras trazem.

Isso porque ela não bloqueia as gotículas expelidas por quem a utiliza, assim como não impede que o usuário inale outras gotículas. Entenda melhor por que, embora mais confortáveis, as faces shield são menos efetivas contra a COVID-19.

Mas se você já tiver comprado um protetor facial do tipo face shield, a opção é usá-lo juntamente da máscara facial que cobre o nariz e boca.

2. Máscaras com menos de três camadas

Máscara de pano

Um estudo de pesquisadores da Virginia Tech University nos Estados Unidos testou 11 tipos diferentes de máscaras faciais. Entre elas, havia máscaras feitas com filtros de café, camiseta de algodão e outros tecidos, além de proteção facial e máscara cirúrgica.

Como resultado, ao término da pesquisa, eles concluíram que as máscaras que contavam com três camadas foram as que forneceram mais proteção.

3. Máscaras faciais com válvula

De acordo com descobertas de pesquisadores do Instituto Nacional de Padrões e Tecnologia (NIST, sigla em inglês) dos Estados Unidos, as máscaras que contam com válvulas de ventilação podem contribuir com a propagação do novo coronavírus.

Esses estudiosos observaram que enquanto as máscaras tipo N95 normais impedem a passagem de gotas, as máscaras tipo N95 que possuem válvula de ventilação não fazem quase nada para impedir a difusão dessas gotas.

4. Máscaras não lavadas

Lavar máscara

É realmente muito importante levar a sério a recomendação de lavar bem a máscara que acabou de usar na rua, assim que chegar em casa.

Além disso, logicamente, é igualmente fundamental que só repita o uso de uma máscara após lavá-la adequadamente e a mesma estiver seca e passada.

Uma pesquisa apontou que não lavar as máscaras de pano depois de utilizá-las aumenta a chance de contaminação pelo novo coronavírus. Ou seja, usar a mesma máscara suja por vários dias seguidos não adianta nada. Além de ser uma atitude bem porca, não é mesmo?

Aproveite para conhecer os maiores mitos sobre os novo vírus em que você não deve acreditar, como a nossa nutricionista explica no vídeo a seguir:

Gostou das dicas?

Qual tipo de máscara você usa para se proteger contra o novo coronavírus? Conte para nós nos comentários!

Note: There is a rating embedded within this post, please visit this post to rate it.

O conteúdo Órgãos de saúde advertem contra máscaras ineficazes para COVID-19 Aparece primeiro em Mundo Boa Forma