O Que São Lactobacilos Vivos? Para Que Serve e Dicas

Bactérias nem sempre representam doenças e malefícios à saúde, como é o caso dos lactobacilos vivos. Algumas variedades podem ser benéficas para o funcionamento do intestino.

Saber
o que são lactobacilos vivos ajuda a entender melhor sobre como esses
micro-organismo são capazes de manter as funções intestinais reguladas. Neste
compilado você poderá tirar suas dúvidas e saber mais sobre como os
lactobacilos podem te ajudar, onde encontrar e até mesmo como fazer e como
cuidar.

Embora
os lactobacillus não componham o
gênero com maior predominância no organismo, eles exercem uma função
importante. O fato de poderem ser ingeridos e chegarem vivos ao intestino,
passando por um trânsito ininterrupto no estômago, garante que eles auxiliem no
seu funcionamento adequado.

O Que São Lactobacilos Vivos?

Lactobacilos são uma espécie de bactérias que auxiliam no funcionamento do sistema digestivo. Além disso, eles também desempenham um papel importante na manutenção e proteção das vilosidades do intestino.

Todos os animais são potenciais hospedeiros
de micro-organismos. Isso não é uma coisa necessariamente ruim. No organismo
humano é possível encontrarmos trilhões de bactérias que trabalham garantindo o
funcionamento de certas funções e órgãos. A maioria dessas bactérias estão no
intestino.

Dessa maneira, a microbiota intestinal,
também conhecida como flora intestinal, representa esse conjunto de bactérias e
demais micro-organismos que garantem o seu funcionamento adequado. Isso
auxilia, inclusive, na proteção a certos tipos de doença.

Como os Lactobacilos Vivos Atuam?

O termo antibióticoderiva do grego, que significa anti-vida, uma vez que a medicação é
capaz de matar certos micro-organismos que causam doenças. Em oposição
etimológica, há o termo probiótico, que,
de acordo com a tradução literal, significa pró-vida,
e que é uma outra denominação aos lactobacilos.

É nesse sentido que os probióticos atuam no
organismo, garantindo a ingestão dos micro-organismos saudáveis e benéficos.

Além disso, os lactobacilos ajudam a
sintetizar uma parte das vitaminas do complexo B quando são ingeridas.

No entanto, para que eles continuem agindo beneficamente,
é importante que a ingestão dos probióticos seja constante, de forma que o
organismo receba uma quantidade significativa para promover melhoras
intestinais, epiteliais, digestivas etc.

Benefícios dos Lactobacilos

Os benefícios intestinais promovidos pelo
consumo de lactobacilos são inúmeros e podem refletir melhoras significativas
em certas funções do corpo humano.

Conheça alguns dos principais benefícios
que a ingestão de lactobacilos pode causar:

  • Melhora a capacidade de digestão da lactose;
  • Diminui a absorção do mau colesterol – LDL;
  • Auxilia na remoção de certas toxinas, inibindo seus efeitos;
  • Promove a saúde epitelial;
  • Promove a produção de ácido láctico, capaz de remover alguns agentes patogênicos maléficos no intestino;
  • Auxilia na prevenção a infecções genitais, urinárias e fúngicas;
  • É capaz de melhorar a absorção dos nutrientes obtidos via alimentar, como o cálcio e ferro;
  • Promove a desintoxicação intestinal, equilibrando a flora intestinal.

O consumo de probióticos é capaz de auxiliar na prevenção de certas doenças, uma vez que o processo de fermentação faz com que os micro-organismos provoquem a diminuição do pH intestinal. Consequentemente, o crescimento de bactérias maléficas e causadoras de doença será mais difícil pois o ambiente será inóspito à sua proliferação.

Aonde Encontrar Lactobacilos Vivos?

É possível encontrarmos probióticos em
alimentos industrializados, sobretudo bebidas, ou então nas versões naturais,
podendo, até mesmo, ser cultivado em casa.

No supermercado, podemos recorrer ao Yakult
e aos iogurtes. No entanto, é importante ressaltar que nem todo iogurte é
considerado probiótico, uma vez que as bactérias que fermentam as versões
tradicionais não chegam vivas ao organismo.

Entretanto, há versões probióticas. Para
identificá-las, é importante se atentar aos rótulos. Se houver lactobacilos em
sua composição, quer dizer que se trata de um alimento probiótico.

Além disso, é importante ressaltar que o
efeito dos lactobacilos irá depender, também, da matriz onde a bactérias está
inserida. Os alimentos ideais para receber tais bactérias são os lácteos. Isso
se deve aos substratos para fermentação que há no leite.

Dessa forma, os substratos presentes, o pH,
por ser um alimento bastante consumido e versátil e por ser um ótimo veículo de
probióticos, tornam os lácteos ideais para receberem os lactobacilos e
promoverem a saúde digestiva, principalmente intestinal, das pessoas.

Benefícios do Kefir

O kefir é uma das opções naturais de lactobacilos que pode, inclusive, ser cultivado em casa. Seu tamanho se expande em poucos dias. Além de ser um alimento probiótico, o kefir fornece uma ótima tabela nutricional, entregando proteínas, cálcio, fósforo, vitamina B12, riboflavina, magnésio e até mesmo vitamina D às pessoas que o consomem.

Devido à sua rica composição, o kefir atua
no organismo humano evitando a prisão de ventre, uma vez que as bactérias que o
compõem são capazes de melhorar o trânsito intestinal; auxiliando no combate à
osteoporose graças à quantidade cálcio que há em sua composição; auxilia na
perda de peso por promover a saúde intestinal e conter um baixo teor calórico,
além de combater inflamações intestinais e fortalecer o sistema imunológico.

Aonde
Encontrar Kefir?

As sementes de kefir podem ser facilmente
encontradas em lojas de produtos naturais ou até mesmo pela internet. Já o
leite de kefir pode ser encontrado em supermercados.

No entanto, quando uma pessoa cultiva
kefir, ele se multiplica muito rapidamente. Isso faz com que seja comum
encontrarmos pessoas vendendo ou até mesmo doando-o.

Cogumelos tibetanos e cogumelos de iogurte
são algumas denominações dadas ao alimento.

Se você deseja cultivar o seu próprio
probiótico e desfrutar das vantagens que ele oferece à sua saúde, e quer saber
como cuidar, ou até mesmo como fazer, confira as dicas a seguir:

Como Fazer?

Para a fabricação caseira, é necessária
colocar de 3 a 4 colheres de grãos de kefir em 1 litro de leite. Os grãos devem
ser colocados em um recipiente de vidro que possa comportar todo o líquido.
Insira o leite, podendo ser pasteurizado ou não, bem como integral, desnatado
ou semidesnatado. Ao seu critério.

Em seguida, você pode tampar com um pano de
prato, guardanapo, gaze ou tecido tipo voil,
prendendo com um elástico.

Deixe fermentar por um período de 24 a 48
horas em temperatura ambiente. É importante que esse processo seja feito longe
de luz, como dentro de um armário, por exemplo.

Após sua fermentação, você deve coar,
armazenar o líquido em um recipiente devidamente tampado e utilizar os grãos
para reiniciar o processo.

Lactobacilos e o Sistema Imunológico

Os lactobacilos possuem uma grande importância no sistema imunológico. É esse sistema que garante a prevenção de certas doenças e o mantém saudável contra gripes, resfriados, constipações, viroses, herpes e mais uma série de doenças.

Dessa forma, consumir regularmente
alimentos probióticos é uma forma de promover sua imunidade e evitar que
doenças se instaurem no seu organismo.

Os alimentos ricos em lactobacilos vivos,
ao serem consumidos, atuam fazendo com que haja um aumento na quantidade de
micro-organismos benéficos, e diminuição dos maléficos. Dessa maneira, muitas
doenças podem ser evitadas e a imunidade do sistema digestivo é
consideravelmente melhorada.

O Lactobacillus
Acidophilus
é uma variedade que é particularmente importante no desempenho
do sistema imunológico, capa de prevenir e auxiliar no tratamento de certas
doenças virais.

Alguns estudos vêm associando essa
variedade no combate de gripes comuns e resfriados. Em uma pesquisa feita com
326 crianças que consumiram diariamente, por seis meses, alimentos probióticos
com L. Acidophilus, a incidência de
febre foi reduzida em 53%, 68% o uso de antibióticos e 32% as faltas escolares
em decorrência de gripes e resfriados.

Esse mesmo estudo mostrou que, ao ser
associado a outros tipos de lactobacilos, o acidophilus
apresenta um desempenho ainda melhor no sistema imunológico.

Essa é uma variedade encontrada nos
iogurtes fermentados, no Kefir e no leite fermentado.

Seja qual for a opção adotada, os
lactobacilos vivos são capazes de promover significantes melhoras no organismo.
Uma das facilidades em relação a esses micro-organismos, é que eles são fáceis
de encontrar, podendo ser comprados prontos ou até mesmo cultivados. Além
disso, seu uso pode beneficiar os organismos infantis, de adultos e idosos.

Fontes e Referências Adicionais:

Você já sabia o que são lactobacilos vivos? Conhece alguém que faz uso? Comente abaixo!

Note: There is a rating embedded within this post, please visit this post to rate it.

O conteúdo O Que São Lactobacilos Vivos? Para Que Serve e Dicas Aparece primeiro em Mundo Boa Forma