O Que Grávida Pode Fazer no Cabelo para Alisar?

A mulher grávida que gosta de manter seus cabelos lisos, precisa descobrir o que grávida pode fazer no cabelo para alisar. Embora a descoberta de uma gravidez não signifique que a mulher tenha que deixar de lado os seus cuidados com a beleza e aparência, pode ser necessário fazer algumas adaptações nesses hábitos, uma vez que alguns produtos e procedimentos podem ser perigosos.

Para a futura mamãe que se preocupa com a saúde dos fios
capilares, também vai valer a pena conhecer os alimentos
bons para o cabelo
.

E então, o que grávida pode fazer no cabelo para alisar?

Vamos por eliminação: para conhecermos o que grávida pode fazer no
cabelo para alisar, vamos conhecer algumas das coisas que uma gestante não pode
fazer para deixar os seus cabelos lisos.

“O uso de produtos químicos para
fazer alisamento no cabelo é contraindicado na gravidez.
Isso porque muitos dos produtos usados são à base de formol e contêm
substâncias e metais pesados que podem prejudicar o/a bebê”, advertiu a médica
de família e comunidade Nicole Geovana.

A ginecologista e obstetra Fabiana Sabbag Corrêa alertou que as
grávidas não podem fazer escovas progressivas justamente porque essas possuem
formol e outras substâncias tóxicas que são muito perigosas. Os procedimentos
do tipo devem ser evitados não somente ao longo dos nove meses de gestação como
também ao longo do aleitamento, ressaltou.

Segundo a médica Ângela Cassol, em outro artigo publicado, os
procedimentos de alisamento capilar não são indicados para as mulheres que
estão grávidas ou amamentando porque as substâncias químicas presentes nesses
tratamentos podem penetrar no organismo e provocar danos ao neném, seja através
da placenta, seja por intermédio do leite materno.

“Se o alisamento for realizado nos primeiros meses de gravidez, o
risco de consequências para o bebê é maior”, avisou a médica.

Para a médica mastologista e ginecologista Sheila Sedicias, o
alisamento artificial não deve ser feito durante toda a gravidez e amamentação
porque não está comprovado que as substâncias alisantes são seguras e não
provocam prejuízos para o neném.

Ao longo da gestação, a mulher deve passar longe dos tratamentos
com a queratina
para alisar os cabelos porque eles possuem o formaldeído (formol)
que é uma substância perigosa.

Perigosa como?

É o que você pode perguntar. Bem, conforme a Associação de Escolas
e Programas de Saúde Pública (ASPPH, sigla em inglês) dos Estados Unidos, o
formaldeído já foi associado ao aborto espontâneo, às malformações congênitas e
ao parto prematuro, ao passo que a gestação é um período particularmente
vulnerável aos poluentes como a substância.

Segundo a doula Latham Thomas, em artigo publicado, os produtos
relaxantes de cabelo têm uma série de substâncias químicas agressivas que podem
ser absorvidas através da pele do couro cabeludo. Para ela, o melhor é que a
futura mamãe seja cautelosa e mantenha o cabelo natural durante a gestação.

“Existem diferentes tipos de relaxantes, mas todos contêm
substâncias tóxicas fortes. O cabelo absorve as substâncias químicas, mas o couro
cabeludo as passa para a corrente sanguínea. O que passa para a corrente
sanguínea potencialmente pode passar pela barreira sangue-placentária ao seu
bebê. Não existe qualquer pesquisa conclusiva sobre os efeitos da exposição
químicas repetida dessa natureza à mãe e ao feto, mas presuma que você está
melhor sem o permanente”, completou Thomas.

A doula também ressaltou que como resultado do aumento do fluxo
sanguíneo que surge durante a gravidez, a mulher pode ficar muito sensível às
substâncias químicas. Com isso, algumas gestantes podem ficar com náusea e dor
de cabeça logo depois de fazerem tratamentos no cabelo.

Isso sem contar que, conforme apontou Thomas, os produtos
relaxantes podem não ser tão efetivos como antes nos cabelos de uma mulher
grávida. “Quando uma mulher fica grávida, muitas vezes a textura do cabelo
muda, fazendo com que ele reaja diferente às substâncias químicas. Então, ele
pode não ficar liso depois de tudo”, explicou.

No mesmo sentido, a obstetra Elisabete Dobao aconselhou que é melhor
que a gestante evite os tratamentos para alisar os cabelos, pois há uma
quantidade muito grande de produtos para essa finalidade com componentes
desconhecidos em sua formulação.

Assim como Thomas, a obstetra destacou que como a estrutura dos
cabelos sofre muitas alterações na gravidez e no pós-parto, os resultados com
esses procedimentos podem ser indesejados ou desfavoráveis.

Chapinha e secador

Para a gestante que deseja alisar o cabelo, e não vai se arriscar
com produtos químicos perigosos, fazer chapinha e/ou usar o secador
regularmente se apresenta como uma alternativa viável, de acordo com o que
apontou a médica de família e comunidade Nicole Geovana.

Segundo a especialista, a utilização do aparelho está permitida
durante toda a gravidez, uma vez que a chapinha alisa os cabelos somente devido
à ação do calor, que altera o formato da proteína que forma os fios.

“Não há produtos químicos, por isso ela pode ser usada para alisar
o cabelo durante a gestação. Em geral, os aparelhos usados para
alisar os cabelos são permitidos para grávidas. Portanto, chapinha e secador
para fazer escova podem ser usados na gravidez sem problemas”, acrescentou a médica de família e
comunidade.

Da mesma forma, a obstetra Elisabete Dobao, recomendou que as hidratações
comuns nos cabelos
(leia-se sem produtos químicos perigosos e/ou desconhecidos) e o
uso de escova ou secador são opções mais preferíveis e seguras para cuidar dos
cabelos ao longo de uma gravidez.

Entretanto, caso esteja muito cansada e incomodada com os sintomas
da gestação
e com o tamanho da barriga, o ideal é que a gestante peça que
alguém faça a hidratação, chapinha ou escova em seus cabelos em vez de fazer
por conta própria.

A mulher também precisa tomar cuidado para não se queimar com os
aparelhos e caso esteja fazendo muito calor, vale a pena colocar um ventilador
do lado e consumir bastante água enquanto tem os seus cabelos arrumados, uma
vez que a chapinha e o secador farão com que esquente ainda mais.

Além de saber o que grávida pode fazer no cabelo para alisar

É fundamental que a futura mamãe conte com o acompanhamento médico
individualizado a partir do momento em que descobrir que está esperando um
neném para saber tudo mais o que pode e não pode fazer ao longo da gestação.

Isso inclui, por exemplo, conhecer os alimentos
bons para as grávidas
e os
alimentos abortivos que exigem cuidado
e saber se a grávida
pode malhar
.

Fontes e Referências Adicionais:

Você já se perguntou o que grávida pode fazer no cabelo para alisar? Conhece alguém que já passou por isso? Comente abaixo!

Note: There is a rating embedded within this post, please visit this post to rate it.

O conteúdo MundoBoaForma.com.br https://ift.tt/2UCSHlO
apareceu primeiro em Mundo boa forma