O Que é Bom para Unha Inflamada?

Unha inflamada

Veja o que é bom para unha inflamada, como tratar essa condição que incomoda tanto e como identificar se é um caso mais grave.

É normal que as unhas se modifiquem ao longo do tempo e tornem-se mais grossas ou quebrem com maior facilidade conforme o passar dos anos (e da idade), passem a ser mais duras, mais moles ou mais quebradiças durante uma gestação e mudem de cor, fiquem soltas ou até mesmo caiam depois de uma lesão.

Falando nisso, saiba o que é bom para unha crescer de forma saudável.

Entretanto, existem situações em que as alterações na unha não pode ser consideradas normais e indicam que ela possui algum tipo de problema. 

Um exemplo disso é a unha inflamada, que geralmente é desenvolvida quando a unha está encravada, mas também pode surgir em decorrência da queda de um objeto em cima dos dedos, da utilização de sapatos apertados, do hábito prejudicial de cortar os cantos das unhas, de infecções provocadas por fungos ou bactérias e até da mania de roer as unhas.

Uma inflamação na unha pode causar sintomas como dor, vermelhidão, inchaço e formação de pus abaixo da pele. A condição necessita ser cuidada porque, se não for tratada apropriadamente, pode infeccionar e resultar no acúmulo de pus no dedo afetado.

O que é bom para unha inflamada?

Já escutou alguém afirmar que prevenir é o melhor remédio? Pois saiba que quando queremos descobrir o que é bom para unha inflamada, isso se aplica perfeitamente na situação.

Isso porque os cuidados com a unha inflamada passam primeiramente por estratégias de prevenção para diminuir as chances de que o problema apareça.

Isso inclui: evitar o surgimento de unhas encravadas inflamadas, cortando-as sempre retas e jamais pelos cantos para manter as pontas permanentemente livres, remover somente o excesso da cutícula e evitar utilizar sapatos apertados ou calçados de bico fino.

De
acordo com informações, marcar consultas com um podólogo de seis em seis meses
é outra estratégia que pode contribuir com a prevenção do desenvolvimento de
inflamação nas unhas.

No entanto, quando a unha já se encontra inflamada, a aplicação de emolientes e anestésicos locais para diminuir o desconforto pode ser indicada.

Além disso, um remédio caseiro de compressa de água quente preparada à base de sal e vinagre de maçã, acompanhada de uma higiene apropriada, pode auxiliar a lidar com o desconforto provocado por uma unha inflamada.

Entretanto, antes de aderir a qualquer uma dessas estratégias para lidar com a unha inflamada, é fundamental procurar auxílio profissional, com um podólogo ou um médico dermatologista, para saber qual alternativa é mais indicada e segura para o seu caso em particular e aprender como o remédio indicado deve ser utilizado.

Isso é especialmente importante para os pacientes que sofrem com diabetes, danos nos nervos das pernas ou dos pés, má circulação sanguínea nas pernas ou infecção ao redor da unha, que não podem tentar tratar uma unha encravada em casa e necessitar procurar imediatamente o auxílio médico.

Tudo
isso para que a unha inflamada não piore no lugar de melhorar, o que poderia
acontecer caso fosse utilizado um tratamento inadequado ou executado de maneira
equivocada.

Tenha
em mente que este artigo serve somente para informar e jamais pode substituir
as orientações profissionais e qualificadas de um podólogo ou de um médico
dermatologista.

Até porque existem casos mais graves

Eles podem incluir intervenções mais complexas, que precisam obrigatoriamente ser realizadas por um profissional qualificado e habilitado.

Estes casos mais graves podem apresentar bolsas de pus e tecido esponjoso no local, e por isso é preferível procurar um dermatologista para que os tecidos inflamados sejam removidos adequadamente, sem maiores complicações.

Esses procedimentos podem incluir: a elevação do canto da unha com uma espátula e o afastamento da pele inflamada com o auxílio de um chumaço de algodão, a retirada da ponta da unha que está provocando a inflamação com a ajuda de uma tesoura esterilizada, a drenagem do inchaço local caso o sintoma realmente esteja presente, curativos com cremes à base de antibióticos e a administração de antibióticos orais, principalmente quando também tiverem aparecido infecções secundárias.

Também pode-se realizar uma cirurgia para destruir a matriz da unha ou extraí-la completamente, mas só em último caso, pois quando a unha voltar a crescer, pode encravar novamente.

Existe medicamento para o tratamento de uma unha encravada inflamada?

Se for apenas inflamação ou infecção, pode-se tratar com antibióticos e anti-inflamatórios e avaliar a melhora. Procure um dermatologista e evite a automedicação, pois assim você vai conseguir resolver seu problema de maneira mais eficaz e segura.

Na maioria dos casos de unha encravada, a solução pode ser cirúrgica.

Você pode tentar fazer salmoura (água morna com sal) e banhar o local por 15 minutos, uma a duas vezes ao dia.

Outra coisa que ajuda, mas mais difícil de encontrar, é o banho com permanganato. Essas duas tentativas ajudam a reduzir a inflamação.

Caso o problema persista, procure um médico dermatologista, acostumado com doenças das unhas, para a realização de procedimento cirúrgico. Há vários tipos de cirurgia possíveis. Quanto antes procurar, mais simples será o procedimento.

Fontes e Referências Adicionais:

Você já sabia o que é bom para unha inflamada? Já passou por essa situação antes? Comente abaixo!

Note: There is a rating embedded within this post, please visit this post to rate it.

O conteúdo O Que é Bom para Unha Inflamada? Aparece primeiro em Mundo Boa Forma