Molécula Presente na Casca da Laranja Pode Reduzir Drasticamente Obesidade e Aterosclerose, Diz Estudo

Um composto encontrado em laranjas, assim como nas tangerinas, de acordo com um novo estudo, pode combater a obesidade e reduzir os riscos de desenvolver doenças associadas a ela, incluindo a aterosclerose.

Os pesquisadores observam que beber suco de laranja todos os dias pode ter um impacto drástico na obesidade, mesmo nos casos em que uma dieta rica em gordura e colesterol continua sendo consumida. O composto benéfico também foi capaz de reduzir a quantidade de placa nas artérias.

O composto benéfico encontrado nas laranjas é chamado nobiletina, um flavonoide encontrado nas cascas de frutas cítricas – em algumas delas, ele permanece nas frutas mesmo após serem descascadas.

De acordo com o novo estudo da Universidade de Western Ontario, essa molécula oferece vários benefícios à saúde, que podem combater obesidade, diabetes e doenças cardíacas.

Apenas dois copos e meio de suco de laranja por dia já fornecem o suficiente dessa molécula para “reverter” a obesidade, de acordo com os pesquisadores, que observam que ela também foi capaz de começar a reverter o acúmulo de placas nas artérias de ratos.

No entanto, vale a pena lembrar que essa quantidade de suco pode ser exagerada, e qualquer suco de fruta em exagero engorda. Aproveite e entenda por que você deve comer a fruta inteira em vez de fazer o suco.

Portanto, pode ser uma boa ideia aprender como fazer essas receitas com casca de laranja light!

Voltando ao estudo, verificou-se que os ratos alimentados com uma dieta rica em gordura e colesterol apresentam menor resistência à insulina e corpos mais magros em comparação aos que receberam a mesma dieta, mas sem a nobiletina.

Embora não esteja totalmente claro como essa molécula produz esses efeitos, os pesquisadores explicam que a nobiletina pode funcionar aumentando a quantidade de energia criada pela queima de gordura e que pode bloquear a “fabricação de gorduras”. 

No entanto, testes em ratos que foram geneticamente modificados indicam que alguma outra atividade pode ser responsável.

Obviamente, uma grande questão permanece no momento: a nobiletina tem o mesmo efeito nos seres humanos do que nos ratos? Se pesquisas futuras demonstrarem que sim, as frutas cítricas como a laranja e a tangerina podem ser um tratamento promissor para ajudar a reduzir a obesidade.

Fontes e Referências Adicionais:

Você tem o costume de consumir suco de laranja ou outras frutas cítricas no seu dia a dia? Pretende aumentar agora por conta dos resultados do estudo? Comente abaixo!

Note: There is a rating embedded within this post, please visit this post to rate it.

O conteúdo MundoBoaForma.com.br https://ift.tt/32OBcku
apareceu primeiro em Mundo boa forma