Mirtax Engorda? Dá Sono? Para Que Serve e Efeitos Colaterais

Mirtax

Confira se é verdade que o Mirtax engorda, se ele dá sono, veja para que serve esse medicamento e uma lista de possíveis efeitos colaterais de seu consumo.

Para quem se preocupa com o peso corporal, seja por questões de estética, seja por conta da saúde, seja pelos dois motivos, vale a pena saber se um medicamento engorda ou não.

E isso não significa que a pessoa vai deixar de usar um remédio que foi prescrito pelo médico somente porque ele pode estimular o aumento de peso. Porém, ter essa informação permite que ela tome um maior cuidado com a alimentação para evitar que a reação seja muito intensa, caso ela realmente venha a ocorrer.

Pensando nisso, veja se é verdade que o remédio Mirtax engorda e mais efeitos colaterais relacionados a seu uso. Confira também uma lista de outros remédios para dores musculares e os remédios para dor na coluna mais usados, se um desses forem seu caso.

Para que serve Mirtax?

Entretanto, antes de chegarmos à parte em que discutiremos se Mirtax engorda ou não, precisamos conhecer o que é e qual é a indicação desse remédio, não é mesmo?

Bem,
o que temos aqui é um medicamento que precisa da apresentação da prescrição
médica branca comum para ser comercializado e que pode ser encontrado em
embalagens contendo quatro, 15 ou 30 comprimidos revestidos de 5 mg e 10 mg.

Ele pode ser recomendado pelo médico para o tratamento de espasmos musculares, associados a condições musculoesqueléticas dolorosas como dores lombares, torcicolos, periartrite escapuloumeral (acomete o ombro) e cervicobraquialgias (dores na região do pescoço que irradiam para os braços), e para o tratamento da fibromialgia.

Mirtax
(Cloridrato de Ciclobenzaprina) pode ser empregado ainda como coadjuvante de
outras estratégias para o alívio de sintomas como a fisioterapia e o repouso.

E então, será que Mirtax engorda?

Para sabermos se Mirtax engorda, resolvemos checar o que a bula do medicamento nos conta a respeito disso.

Pois bem, enquanto o documento não cita nenhum possível efeito colateral associado ao aumento de peso, ele informa que uma das possíveis reações adversas do remédio é a perda do apetite. Este efeito é classificado como incomum, ou seja, que ocorre apenas entre 0,1% e 1% dos pacientes que utilizam Mirtax.

De
qualquer forma, se você perceber que engordou ou emagreceu durante o seu
tratamento com o medicamento, informe o seu médico, principalmente se isso
acontecer de maneira expressiva, para saber o que realmente pode ter causado o
problema e saber como revertê-lo.

Não custa nada lembrar que, assim como o aumento, a diminuição significativa de peso também pode ser prejudicial para a saúde.

E
nada de usar Mirtax sem precisar apenas com o intuito de emagrecer, ok? Além da
frequência da perda de apetite causada pelo remédio não ser tão alta,
automedicar-se é uma atitude bastante perigosa.

Mirtax dá sono?

Agora que já vimos que não é verdade que o Mirtax engorda, podemos analisar se o remédio dá sono.

É possível sim ter sono depois de tomar o medicamento. Isso porque, a bula de Mirtax, informa que a sonolência é uma das reações adversas muito comuns do remédio, ou seja, ocorrem em mais de 10% dos pacientes que o utilizam.

Por outro lado, quem usa Mirtax também pode experimentar a insônia, ainda que a frequência não seja tão comum assim: ela também aparece na lista de efeitos colaterais do medicamento, porém é classificada como uma reação incomum, ou seja, ocorre entre 0,1% e 1% dos pacientes.

Efeitos colaterais de Mirtax

De
acordo com informações da bula do medicamento, disponibilizada pela Anvisa, ele
pode provocar os seguintes efeitos colaterais:

Reações muito comuns – ocorrem em mais de 10% dos pacientes

  • Tontura;
  • Boca seca.

Reações comuns – ocorrem entre 1% e 10% dos pacientes

  • Fadiga;
  • Dor de cabeça;
  • Confusão;
  • Diminuição da acuidade (capacidade) mental;
  • Irritabilidade;
  • Nervosismo;
  • Desconforto abdominal;
  • Dor abdominal;
  • Refluxo;
  • Constipação (prisão de ventre);
  • Diarreia;
  • Náuseas;
  • Sabor desagradável na boca;
  • Astenia (perda ou diminuição da força física);
  • Visão embaçada;
  • Faringite e infecções das vias aéreas superiores.

Reações incomuns – faringite e infecções das vias aéreas superiores

  • Mal-estar;
  • Vômitos;
  • Reação alérgica grave;
  • Inchaço nos lábios;
  • Inchaço de língua;
  • Vasodilatação;
  • Arritmias cardíacas;
  • Alterações das funções hepáticas;
  • Hepatite;
  • Icterícia;
  • Aumento do tônus muscular;
  • Pressão baixa;
  • Formigamentos;
  • Psicose;
  • Epilepsia;
  • Síndrome serotoninérgica;
  • Manchas na pele;
  • Urticária;
  • Prurido (coceira);
  • Inchaço facial;
  • Rash (erupção cutânea);
  • Aumento da frequência cardíaca;
  • Desmaio;
  • Gastrite;
  • Flatulência;
  • Rigidez muscular;
  • Alterações na marcha;
  • Disartria (dificuldade da fala);
  • Tremores;
  • Alucinações;
  • Agitação;
  • Ansiedade;
  • Sudorese;
  • Depressão;
  • Visão dupla;
  • Ageusia (perda do sentido do paladar);
  • Tinitus (zumbido no ouvido);
  • Frequência urinária aumentada;
  • Retenção urinária.

Caso
experimente algum dos sintomas mencionados acima ou ainda qualquer outro tipo
de efeito colateral, procure rapidamente o auxílio médico, mesmo que não ache
que a reação em questão é tão grave assim.

Isso
é fundamental para verificar a real seriedade do problema, receber o tratamento
necessário e saber como deve proceder em relação à continuidade do tratamento
com Mirtax.

Contraindicações e cuidados com Mirtax

O medicamento não pode ser utilizado por quem:

  • Tem alergia à ciclobenzaprina ou a qualquer outro componente da fórmula do remédio;
  • Tem glaucoma;
  • Tem retenção urinária;
  • Está no período pós-infarto do miocárdio;
  • Está utilizando medicamentos inibidores da monoaminoxidase ou tiver interrompido o uso desses medicamentos há menos de 14 dias;
  • Tem arritmias cardíacas;
  • Tem bloqueio ou distúrbios de condução cardíaca;
  • Tem insuficiência cardíaca congestiva;
  • Tem hipertireoidismo;
  • Tem insuficiência hepática de grau moderada ao grave;
  • Está grávida.

O tratamento com Mirtax exige cautela nos pacientes:

  • Com história de retenção urinária, glaucoma de ângulo fechado, pressão intraocular elevada, aumento da frequência cardíaca e hipertrofia prostática benigna (aumento da próstata comum em homens idosos);
  • Que seguem tratamento com medicamentos anticolinérgicos;
  • Que têm insuficiência hepática de grau leve;
  • Que amamentam;
  • Idosos.

O
medicamento pode aumentar os efeitos do álcool e a sua utilização durante
períodos superiores a duas ou três semanas exige um acompanhamento médico
adequado. É necessário evitar executar tarefas que exijam atenção como dirigir
veículos ou operar máquinas enquanto estiver tomando o remédio.

Mirtax pode inibir o fluxo salivar e, consequentemente, contribuir com o desenvolvimento de cáries, doenças periodontais e candidíase oral.

Antes
de iniciar o tratamento com o remédio, o paciente precisa informar ao médico
sobre qualquer outro medicamento, suplemento ou planta que já use para que o
profissional verifique se não pode fazer mal usar as duas substâncias ao mesmo
tempo.

Posologia de Mirtax

Antes de tudo, é fundamental lembrar que você deve sempre seguir as orientações do médico em relação ao uso do remédio, o que inclui a dosagem diária, a frequência de utilização do medicamento e a duração do tratamento.

Dito
isso, podemos registrar que a bula de Mirtrax informa que a dose usual para os
adultos é de 20 a 40 mg de Cloridrato de Ciclobenzaprina (o princípio ativo do
remédio), em duas a quatro administrações ao dia (a cada 12 horas ou a cada
seis horas), por via oral. Sempre conforme as orientações do médico, não custa
repetir.

O
documento também alerta que a dosagem diária máxima do medicamento é de 60 mg
por dia.

Atenção: este artigo serve unicamente para informar e jamais pode substituir a consulta ao médico e a leitura da bula que precisam ocorrer antes do início do uso de um medicamento – o que inclui Mirtax.

Referências Adicionais:

Você já ouviu falar que o Mirtax engorda? Tem receio de tomar esse medicamento por isso? Comente abaixo!

Note: There is a rating embedded within this post, please visit this post to rate it.

O conteúdo Mirtax Engorda? Dá Sono? Para Que Serve e Efeitos Colaterais Aparece primeiro em Mundo Boa Forma