Mini Trampolim Emagrece? Exercícios, Treino e Dicas

Entenda porque o mini
trampolim emagrece e pode ser um dos melhores exercícios para você com dicas e
um treino completo.

O mini trampolim ou trampolim jump pode ser o melhor
exercício para quem quer emagrecer e até mesmo se divertir enquanto treina.

Esses aparatos são amplamente acessíveis e estão presentes em academias e lojas de artigos
esportivos para que você possa usá-lo em sua própria casa.

Foi provado que quando feito da maneira correta os exercícios no trampolim são tão eficazes quanto a
corrida
e por isso cada vez mais as pessoas estão
procurando as aulas de jump, já que elas emagrecem e oferecem
vários benefícios para a saúde

Existe uma grande variedade de exercícios aeróbicos e de fortalecimento
do núcleo que podem te ajudar a perder peso.

O exercício no mini trampolim emagrece e pode te ajudar a queimar
calorias, contrair os músculos do núcleo e reduzir a gordura da barriga.

E o melhor de tudo, é fácil, acessível e divertido.

Mas para obter todos os benefícios deste exercício, é importante fazê-los
corretamente, por isso veja agora um treino completo com exercícios e dicas
para perder peso no trampolim jump.

Treino de mini trampolim: o que você deve saber

Este exercício é de baixo impacto e por isso é recomendado também para as
pessoas que estão em recuperação de alguma lesão.

O treino no trampolim jump envolve
pular, dançar e até se mover com pesos de mão e faixas de resistência.

Embora possa parecer que eles funcionam apenas para as pernas, na verdade
é um exercício completo que treina todo o corpo.

Algumas pessoas se enganam ao pensar que o mini trampolim esteja fazendo
todo o trabalho para você.

Louis Coraggio, fundador do
trampoLEAN
, explica que se você estiver usando de maneira correta –
mantendo-se um pouco flexionado e se concentrando em pisar / pular – ele não irá
fazer todo o trabalho para você e nem irá fornecer energia para facilitar o
treino.

“Os participantes de trampolim jump
queimam de 8 a 15 calorias por minuto com base no nível de esforço”, acrescenta
o especialista.

Ele continua dizendo que “para queimar níveis calóricos mais altos, o
sujeito precisa gerar uma forte força de saída através das pernas e combinar
isso com a estabilização do núcleo para manter o corpo flexionado e aterrado.”

Os exercícios no trampolim são ótimos para treinamento intervalado de
alta intensidade além de resistência cardio, o que permite maximizar o tempo de
condicionamento físico.

Estudos sobre os benefícios do mini trampolim

Estudos sobre os benefícios do mini trampolim surgiram em 1978, quando a
NASA descobriu que pular
em um trampolim era tão eficaz quanto correr como um treino aeróbico para seus
astronautas.

Além disso, o Conselho Americano de Exercício patrocinou uma pesquisa do
Departamento de Ciência do Exercício e do Esporte da Universidade de
Wisconsin-La Crosse, Estados Unidos, para determinar a eficácia dos exercícios
de recuperação em relação às recomendações atuais de condicionamento físico.

Como resultado, eles concluíram que “o nível de gasto de energia [durante
um treino de trampolim] é aproximadamente equivalente a correr 10 quilômetros
por hora em terreno plano, andar de bicicleta a 22 quilômetros por hora ou jogar
futebol, basquete ou frisbee”.

Outro estudo publicado em 2018 no Journal
of Sports Medicine and Physical Fitness
, descobriu que para pessoas com
diabetes tipo 2, uma rotina de exercícios em um mini trampolim pode servir como
uma abordagem útil para gerenciar os riscos cardiovasculares associados.

Outro estudo publicado em 2018 na mesma revista observou uma diminuição
nos valores da pressão arterial sistólica e diastólica dos indivíduos e uma
melhora no perfil lipídico e glicêmico após um programa de treino de trampolim com
duração de 12 semanas.

O que esperar de um treino de trampolim

Embora todos as academias e instrutores criem seus próprios treinos e
exercícios de mini trampolim existem alguns elementos gerais que você pode
esperar de um treino em mini trampolim.

Coraggio diz que os treinadores devem repassar a técnica adequada de
salto e respiração durante toda a aula, enquanto as rotinas combinam o treinamento
com intervalos cardio e o fortalecimento muscular (é aí que acessórios como
pesos de mão entram).

“Você pode esperar 45 minutos de cardio-intervalo e treinamento de força
com alta energia e queima de gordura”, explicou Leigh Anne Spencer, instrutora
mestre do DEFINE body & mind em Austin, Texas, sobre suas aulas.

Outros treinadores, como De La Rue, combinam o trampolim com seus
programas já existentes (no caso dela, o método Body By Simone, onde a dança é o centro das atenções).

Mas, no geral, os pilares do salto, cardio, intervalos e de
fortalecimento muscular transitam de aula para aula e de método para método.

Como um treino de trampolim pode mudar seu corpo

Os exercícios de trampolim utilizam todos os grupos musculares e embora
você provavelmente espere que suas pernas recebam a maior parte do treino, na verdade, é o
seu núcleo o foco principal.

Isso acontece por que os seus músculos abdominais trabalham o tempo todo
enquanto você equilibra, estabiliza e gira o seu corpo.

Além de queimar calorias e fortalecer o núcleo e as pernas, Coraggio
acrescenta que cada “aterrisagem” no trampolim contrai e tonifica todos os
músculos do corpo enquanto os movimentos realizados podem adicionar mobilidade
e alongar os músculos tensos dos ombros, quadris e pernas.

Essa extensa lista de benefícios pode parecer boa demais para ser
verdade, mas como muitos músculos são direcionados, você obtém uma série de
resultados.

“Pular no trampolim ajuda a drenar as glândulas linfáticas e estimula o
sistema imunológico. Protege suas articulações, principalmente joelhos, quadris
e região lombar. Você é forçado a usar seu núcleo para se estabilizar para não
cair. Também desafia sua coordenação e habilidade”, disse De La Rue.

Como a recuperação é de baixo impacto, há poucas limitações para a
realização do treino que é facilmente acessível.

Treino e exercícios em mini trampolim

Agora que você já sabe que o mini trampolim emagrece e pode trazer vários
benefícios para a saúde, veja um exemplo de treino com 11 exercícios para você
fazer no trampolim jump.

1. Salto para baixo

Fique em pé no meio do trampolim com os pés um pouco mais afastados que a
distância dos quadris.

Enquanto tenta manter a cabeça no mesmo nível (sem que ela suba enquanto
você pula, pule e dobre os joelhos em direção ao peito certificando-se de
saltar tirando todo o pé do trampolim e não apenas os dedos dos pés ou
calcanhares.

Aterrisse de volta.

Balance os braços em oposição ao contra-equilíbrio.

Continue por dois minutos.

2. Tração do joelho

Comece com os pés afastados na altura dos quadris.

Estenda os braços à sua frente na altura dos ombros.

Puxe os braços para trás enquanto levanta um joelho em direção ao peito,
mantendo uma inclinação de 90 graus na perna.

Volte a perna para a posição inicial e repita o movimento por um minuto.

Troque de lado pelo segundo minuto.

3. Polichinelo

O polichinelo já é conhecido por ser um ótimo
exercício físico
, porém no trampolim
jack
ele pode ficar ainda melhor e ser um dos responsáveis do porque o mini
trampolim emagrece.

Comece no meio do trampolim com os pés afastados na altura dos quadris.

Pule colocando as pernas mais afastadas para que os pés fiquem em uma
altura fora dos ombros e os braços estendidos para baixo.

Pule e cruze os braços na frente do peito.

Tente manter a cabeça na mesma altura o tempo todo saltando para baixo em
vez de subir.

Continue por dois minutos.

4. Para fora e para dentro

Comece agachado em um lado do mini trampolim com uma perna interna
elevada e o pé externo apoiado no chão.

Suba no trampolim e aterrisse com os dois pés e complete dois saltos
antes de ir para o outro lado aterrissar agachado com o pé externo no chão e o
pé oposto elevado no trampolim.

Continue por dois minutos.

5. Tesouras

Comece com os pés sob os quadris no meio do aparelho.

Ao mesmo tempo pule com um pé para trás e o outro pé para a frente, para
pousar com uma ligeira flexão nos joelhos e os quadris retos.

Inverta rapidamente a posição das pernas e gire os braços para frente e
para trás para obter um movimento extra.

Continue por dois minutos.

6. Chute lateral

O mini trampolim emagrece e pode ajudar a tonificar o seu corpo com o
exercício de chute lateral.

Para isso comece com os pés um pouco mais afastados que a altura dos
quadris.

Dobre os braços e coloque os punhos na frente do peito.

Use um pequeno salto para chutar uma perna para o lado e estenda o braço
do mesmo lado.

Continue por um minuto e depois troque de lado e faça mais um minuto.

7. Esqui

Comece com os pés um pouco mais afastados que a altura dos ombros.

Enquanto mantém o tronco voltado para a frente, pule com os pés juntos em
um lado do trampolim enquanto você gira a parte inferior do corpo até os
quadris, joelhos e pés ficarem voltados para o canto frontal oposto.

Inverta rapidamente o movimento em direção ao outro lado.

Balance os braços à sua frente com os cotovelos dobrados para obter uma
força maior.

Continue por dois minutos.

8. Frente Trás

Comece no meio do mini trampolim com os pés sob os quadris e as mãos nas
laterais.

Dobre os joelhos e pule para frente e para trás mantendo os quadris e os
ombros no mesmo lugar.

Balance os braços na direção oposta das pernas para contrabalançar e
tente manter a cabeça na mesma altura, saltando para baixo em vez de para cima.

Continue por dois minutos.

9. Surf Twist

Comece com os pés afastados na altura dos ombros e mantenha-os afastados
ao longo do exercício.

Salte enquanto gira o corpo até um quarto do trampolim, salte para voltar
a posição inicial e depois repita.

Troque de lado depois de duas voltas e gire os braços em oposição ao
corpo como contrapeso.

Continue por dois minutos.

10. Pontapé Cruzado

Comece com os pés um pouco mais afastados que a altura dos quadris.

Mantenha os ombros para a frente enquanto gira os quadris para o lado
esquerdo e chuta a perna direita também para o lado esquerdo.

Mantenha uma micro flexão o tempo todo na perna que está em pé e leve os
braços para baixo em direção ao lado esquerdo para contrabalançar.

Continue por um minuto e depois troque de lado fazendo este exercício por
mais um minuto.

11. Corrida

Este último exercício do treino nada mais é do que correr sem sair do
lugar no trampolim adicionando saltos.

Comece com os pés na altura dos quadris e, em seguida, levante um joelho
em direção ao peito de cada vez, alternando os braços.

Continue por dois minutos.

Cuidado para não se machucar

Como você pode ver o mini trampolim emagrece, mas assim como os
participantes do estudo do Conselho Americano de Exercício descobriram que o
salto no trampolim é uma maneira divertida de se exercitar e manter a forma a
Academia Americana de Pediatria alerta para as armadilhas associadas ao salto
no trampolim.

Em um estudo realizado em 2016 eles descobriram que o salto em trampolim
pode trazer riscos significativos, especialmente para crianças que podem sofrer
lesões como entorses ou fraturas.

No entanto, com as devidas precauções e estratégias de prevenção, o risco
de lesões será menor.

Por isso é muito importante se concentrar e prestar atenção na hora que
for se exercitar no trampolim jump
para evitar lesões e poder continuar treinando, se divertindo e entrando em
forma.

Fontes e Referências adicionais:

Você já sabia se o mini trampolim emagrece? Conhece alguém que possa confirmar? Comente abaixo!

Note: There is a rating embedded within this post, please visit this post to rate it.

O conteúdo Mini Trampolim Emagrece? Exercícios, Treino e Dicas Aparece primeiro em Mundo Boa Forma