Quais são as melhores roupas para praticar exercícios?

Quais são as melhores roupas para praticar exercícios?

No geral, a regra máxima é escolher peças que deixem o corpo respirar e não atrapalhem o movimento. Uma camiseta soltinha e uma legging confortável, por exemplo, são adequadas para quase todas as práticas.

Um ponto importante, independente do tipo de peça que você prefere, é  a escolha do tecido, um diferencial e tanto para o conforto. A seguir, fizemos uma lista explicando as principais características de cada material para que você nunca mais compre uma roupa para exercício sem olhar o que diz a etiqueta nesse quesito.

Algodão

Quem se acostuma a usar roupas de algodão, dificilmente vai querer outros tecidos, pois elas são confortáveis para a maioria das ocasiões, inclusive para a hora de se mexer e suar. Como é um tecido natural, o algodão deixa o corpo respirar, o que acaba favorecendo a eliminação de suor e de umidade. 

Isso sem falar que as peças nesse tecido costumam ser macias e muito duradouras, especialmente se forem 100% puras. No entanto, a combinação do algodão com outros tecidos sintéticos, como o elastano, também pode ser uma boa opção para a prática de exercícios.

Elastano

O elastano é uma fibra sintética (também chamado de Spandex) derivado do petróleo. Essa fibra faz parte da composição de alguns tecidos, pois dá a eles mais elasticidade e durabilidade. A presença do elastano também garante, por exemplo, que a umidade (do suor ou água) não vai estragar facilmente aquela roupa.

Em geral, é possível conferir na etiqueta qual a quantidade de elastano presente, o que diz algumas coisas sobre aquela peça. Se for pouco, como 3%, a peça não vai ser tão elástica, apenas mais resistente. Se for acima dos 20%, a peça provavelmente será bem elástica, dispensando até o fecho, em muitos casos.

Poliamida

Apesar de ser uma fibra sintética, a poliamida tem características que lembram os tecidos naturais, como o toque macio e sedoso. Também possui certa elasticidade e costuma ser leve e até mesmo refrescante — sabe aquele tecido “geladinho”? Provavelmente contém poliamida.

Outra vantagem dessa fibra é que ela absorve rapidamente o suor, o que ajuda o tecido a ficar sequinho, ou seja, camisetas, calças e shorts confeccionados em poliamida são ótimos para a prática de exercícios. As peças dry fit ou com toque seco geralmente são confeccionadas com poliamida.

Tactel

As peças em tactel costumam ser finas, ou seja, fáceis de lavar e secar, o que é ótimo para a prática de exercícios físicos. No entanto, é preciso estar atento à composição na hora de escolher as suas. 

Prefira peças confeccionadas com mais (ou 100%) poliamida, que é mais confortável que o poliéster. As peças fabricadas apenas com o poliéster são populares, mas podem ser muito quentes e pouco elásticas. 

Viscolycra

A viscolycra também é um tipo de fibra sintética muito utilizada para fabricar roupas esportivas porque é confortável e muito elástica (é comum até mesmo em peças de tamanho único, pois estica bastante e se adapta a diferentes numerações).

Além da elasticidade, as roupas nesse tecido costumam ser frescas e ainda são bastante resistentes ao sol e a água, inclusive a salgada, sendo perfeitas para esportes aquáticos, pois provavelmente terá uma boa durabilidade, sem desbotar ou estragar. 

Poliviscose (malha fria)

As peças de poliviscose são uma mistura de poliéster e viscose. O objetivo é aproveitar a resistência do poliéster, mas deixá-lo mais fresco, leve e flexível, por isso a viscose. Uma vantagem é que esse tipo de tecido não amarrota, sendo perfeito para carregar na mochila da academia.

Gostou do artigo? Compartilhe em suas redes sociais e continue navegando pelo site do Magazine Notícias para mais informações como esta.

Magazine Notícias

Autor do blog Magazine notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.