Melhores Óleos Vegetais para o Cabelo – Benefícios e Como Usar!

Óleo vegetal para cabelo

Os óleos vegetais para o cabelo são uma ótima opção que vem sendo cada vez mais adotada pelas pessoas que buscam evitar o uso de produtos químicos.

Os óleos vegetais para o cabelo proporcionam brilho e nutrem o couro cabeludo, ajudando a reduzir a pele seca e escamosa, a se livrar da caspa, e proporcionam um crescimento mais rápido e saudável sem que você tenha que usar produtos químicos perigosos ou caros.

Veja agora os 8 melhores óleos vegetais para cabelos, seus benefícios e dicas de como utilizá-los.

1. Óleo de coco

Trata-se de um dos óleos mais versáteis, que também é ótimo para a pele. É rico em vitaminas, carboidratos e minerais que são essenciais para uma boa saúde do cabelo, e contém grandes quantidades de ácidos graxos que permitem uma penetração profunda sem que haja evaporação.

No
mercado, ele está disponível em variedades diferentes, como não refinado,
refinado e extra-virgem e é considerado um dos melhores para o crescimento capilar.

Benefícios

O óleo de coco oferece muitos benefícios para o cabelo, incluindo a proteção contra danos causados pelo calor e a reparação de cabelos danificados e quebradiços. Usá-lo regularmente também promove o crescimento saudável e ajuda a prevenir a queda de cabelo.

Este
óleo melhora a aparência do cabelo, pois ajuda a reter a umidade e adiciona
brilho, além de muitos possuírem um delicioso aroma de coco que deixando um
cheiro muito gostoso.

Ideal para

Embora seja perfeito para todos os tipos de cabelo, ele é ideal para cabelos secos, sem brilho e danificados. Este óleo vegetal para o cabelo funciona bem para as pessoas que desejam reparar os fios quebradiços e é recomendado para aquelas com crescimento capilar lento.

Como usar

Sempre que possível, opte pelo óleo de coco orgânico. Por se tratar de um óleo sólido à temperatura ambiente, aquecê-lo irá amolecer e permitir que a aplicação seja mais fácil.

As
pessoas com couros cabeludos oleosos não devem aplicar esse produto na raiz,
apenas nos fios, e deixar agir por pelo menos 30 minutos e em seguida enxaguar
com um xampu sem álcool.

Tratar
o cabelo uma vez por semana com óleo de coco irá te ajudar a proteger seus fios
contra danos e mantê-lo brilhante e saudável.

2. Azeite de oliva

O azeite de oliva no cabelo é outro dos melhores óleos vegetais para o cabelo extremamente versátil, com propriedades hidratantes e protetoras que revestem os fios e protegem a queratina. Quando combinado com suco de limão, ele também possui propriedades esfoliantes de combate à caspa.

Quando usado regularmente, ele pode substituir a necessidade de usar condicionador e outros produtos para alisamento. O azeite orgânico extra-virgem é a melhor opção, pois é rico em antioxidantes naturais e não contém ingredientes químicos.

Benefícios

O azeite de oliva protege o cabelo contra os danos provocados pelo calor, proporciona brilho, hidrata e dá ao cabelo quebrado e danificado uma aparência saudável.

Ideal para

Cabelos danificados, sem vida, secos ou crespos, bem como para cabelos propensos à caspa.

Como usar

Pode ser usado como um tratamento semanal tanto para os cabelos secos ou não. Passe de uma a duas colheres de azeite de oliva em seu cabelo e cubra com uma touca de banho por cerca de 30 minutos. Em seguida, lave bem o cabelo e enxague com água fria. Após o tratamento com azeite de oliva, não há necessidade de usar condicionador.

Quando
usado com suco de limão, ele também irá combater a caspa. Para este tratamento,
misture algumas colheres de sopa de água, azeite e suco de limão. Esfregue no
couro cabeludo e deixa agir por 20 minutos antes de lavar.

3. Óleo de Jojoba

O óleo de jojoba é ideal para cabelos porque compartilha muitas características com o sebo, que é o óleo produzido naturalmente pelo couro cabeludo, e por isso, não irá interferir no equilíbrio natural do couro cabeludo.

Por penetrar profundamente na haste capilar e no folículo, ele trabalha de dentro para fora sendo um ótimo hidratante. Os melhores são aqueles naturais e não refinados já que não contém nenhum tipo de ingrediente químico adicionado.

Benefícios

Este cabelos hidrata, previne a caspa, couro cabeludo ressecado e torna o cabelo macio e brilhante.

Ideal para

Cabelos danificados, sem brilho ou secos e para as pessoas com problemas de caspa e couro cabeludo ressecado.

Como usar

O óleo de Jojoba pode ser utilizado de diferentes maneiras. Ele é viscoso à temperatura ambiente e fluido. Você pode aplicá-lo em seu couro cabeludo antes de lavar o cabelo e deixá-lo agir por 30 minutos ou mais, ou pode deixá-lo durante toda a noite.

Também poderá adicionar algumas gotas em seu condicionador ou aplicá-lo diretamente nas pontas do cabelo logo após a lavagem.

4. Óleo de semente de uva

O óleo de semente de uva é um extrato de sementes de uva prensadas a frio e contém antioxidantes, emolientes e nutrientes essenciais para o crescimento saudável do cabelo e das células da pele.

Embora possua as mesmas qualidades hidratantes que muitos outros óleos naturais, ele é superior em sua capacidade de tratar cabelos frágeis, fracos e a queda de cabelo, além de ser eficaz contra a caspa e dermatite e poder ajudar no crescimento capilar.

Benefícios

Este óleo hidrata e condiciona o cabelo, além de deixá-lo forte e saudável. É eficaz no tratamento de pontas duplas e frizz, muito útil no combate à caspa e reduz a inflamação do couro cabeludo em pessoas que sofrem com dermatite.

Além
disso, este óleo vegetal para cabelos bloqueia a produção de DHT, um hormônio
que causa perda de cabelo, e o seu alto teor de vitamina E incentiva a produção
de ácido linoleico, o que ajuda a restaurar a força e o brilho dos cabelos
quebradiços e fracos.

Ideal para

Cabelos secos, sem brilho, quebradiços, pessoas propensas a terem cabelos oleosos e com tendência a caspa além de ser eficaz no combate à perda de cabelo.

Como usar

Quando comparado a outros óleos vegetais para o cabelo, trata-se de um óleo mais leve, o que o torna ideal para o uso frequente, além de não possuir nenhum odor.

Para
usar como tratamento de condicionamento profundo, cubra o cabelo com algumas
colheres de óleo de semente de uva e deixe agir por 10 minutos. Em seguida,
lave com água fria para ter cabelos lindos e brilhantes.

Para
o tratamento da caspa, esfregue o óleo diretamente no couro cabeludo e deixe-o
absorver. Como um tratamento noturno, espalhe-o pelo cabelo, cubra com uma toca
de banho ou toalha e lave pela manhã.

O
óleo de semente de uva também produz um excelente óleo que ajuda no alívio do
estresse e no relaxamento dos folículos pilosos.

5. Óleo de capim-limão

Este óleo essencial contém muitos minerais e vitaminas que são ótimos para o cabelo. Ele possui qualidades curativas e funciona muito bem para uma grande variedade de problemas capilares e no couro cabeludo, além de ser comprovado que fortalece os folículos pilosos e reduz e previne a queda capilar.

Benefícios

O óleo de capim-limão possui propriedades antifúngicas e antivirais, sendo eficaz no alívio do couro cabeludo ressecado e da caspa. Está provado que ele inibe a caspa que ocorre devido a problemas causados pelo fungo Malassezia globosa, que está geneticamente relacionado à levedura.

Este óleo vegetal para cabelo também previne a perda capilar e dá aos fios um brilho muito saudável, tem um cheiro fresco e é conhecido como calmante.

Ideal para

O óleo do capim-limão é ideal para todos os tipos de cabelo, e especialmente benéfico para as pessoas que têm o couro cabeludo ressecado e caspa, além de fortalecer os folículos pilosos em pessoas com perda de cabelo.

Como usar

Adicione cerca de 10 gostas deste óleo em seu frasco de xampu ou condicionador. Você também pode usar para massagear o couro cabeludo, adicionando de duas a três gotas ao seu cabelo junto com o seu condicionador. Lembre-se, nunca aplique óleos essenciais diretamente no couro cabeludo ou pele sem que ele tenha sido misturado com um óleo base, como por exemplo o azeite de oliva ou óleo de coco.

6. Óleo de Argan

O óleo de argan ou óleo de argão, também conhecido como óleo marroquino, é um derivado dos grãos encontrados dentro da noz de argão, que são frutos das árvores de argão, proveniente da Floresta de Argan no Marrocos, e é rico em ácidos graxos, vitamina E e antioxidantes, e não só deixa os cabelos maravilhosos como também possui muitos benefícios e qualidades de proteção para seus fios.

A
melhor opção é o óleo natural, pois este é minimamente processado e não contém
nenhum aditivo ou produto químico.

Benefícios

Este óleo vegetal protege os fios contra os danos causados pelo calor e raios UV, hidrata e alisa deixando-os macio e muito brilhante.

Ideal para

Cabelos frágeis, secos, crespos, ásperos ou quebradiços que são frequentemente estilizados e expostos ao calor e produtos químicos. Este produto também é ideal para pessoas com cabelos que tendem a ficar oleosos.

Como usar

O óleo de argan é viscoso e pode ser usado em temperatura ambiente. Por não ser tão gorduroso como outros óleos vegetais para o cabelo, como por exemplo o de coco, você pode usá-lo com uma frequência maior do que apenas uma vez por semana, e até mesmo diariamente, se quiser.

O uso recomendado é colocar algumas gotas em suas mãos, esfregá-las e depois aplicar ao longo dos seus fios de cabelo evitando as raízes. Este óleo pode ser aplicado em cabelos secos ou úmidos e funciona muito bem como um rápido tratamento anti-frizz.

7. Óleo de amêndoa doce

O óleo de amêndoa doce é proveniente das amêndoas comestíveis que foram cultivadas especificamente para terem um sabor doce, e não é ótimo apenas para cozinhar, como também é maravilhoso para o cabelo.

Benefícios

Este óleo contém vitamina E, ácidos graxos, antioxidantes e proteínas, bem como magnésio que reduz a quebra do cabelo e o ajuda a crescer. Tanto para cozinhar como para cuidados com a beleza, a melhor opção é sempre o natural pois não possui produtos químicos.

Como usar

O óleo de amêndoa doce é viscoso à temperatura ambiente. Aqueça uma colher de sopa deste óleo, esfregue no couro cabeludo e deixe agir durante a noite lavando pela manhã.

Você também pode usar este produto após o xampu para restaurar a umidade do cabelo e evitar as pontas duplas e quebradiças; para isso, esfregue algumas gotas nas palmas das mãos e passe-as em seu cabelo úmido. Penteie o cabelo e deixe secar naturalmente para ter um cabelo brilhante e sem nós.

8. Óleo de lavanda

Derivado das flores de lavanda, estudos mostram que o uso tópico deste óleo promove o crescimento capilar e aumenta o número de folículos pilosos na cabeça, resultando em cabelos mais grossos e volumosos. Ele também possui qualidades antimicronianas e anti-sépticas, o que o torna ideal para pessoas com caspas.

Quando
usado para massagear o couro cabeludo misturado com um óleo base, ele melhora a
circulação, estimula o crescimento do cabelo e pode até prevenir a queda.

Os folículos pilosos que crescem quando o couro cabeludo tratado com óleo de lavanda ficam mais profundamente enraizados, causando menos perda de cabelo.

Benefícios

O óleo de lavanda promove o crescimento do cabelo sem que ocorra os efeitos colaterais que são normalmente causados por outros produtos tópicos para crescimento capilar. Ele também hidrata o couro cabeludo, previne a perda de cabelo e equilibra a produção de sebo. Seu uso regular resulta em cabelos mais grossos e volumosos.

Além de todos os seus benefícios, é comprovado que alivia o estresse, o que também é uma causa de perda de cabelo e possui um aroma muito agradável.

Como usar

Por se tratar de um óleo essencial, misture-o com um óleo base ou óleo transportador, como azeite quente ou óleo de coco. Se estiver usando para fazer massagem no couro cabeludo, misture de 8 a 10 gotas de óleo de lavanda com duas colheres de sopa de óleo base e faça a massagem. Deixe-o agir durante a noite cobrindo o cabelo com uma touca de banho ou toalha e lave com xampu pela manhã.

Adicionar algumas gotas deste óleo ao seu xampu ou condicionador irá manter os seus fios cheirosos e hidratados.

Na hora de escolher um dos óleos vegetais para o cabelo, lembre-se de escolher aquele que melhor se encaixe em suas necessidades, tipo de cabelo, e opte sempre pelos orgânicos para obter os melhores resultados.

Você já utilizou óleos vegetais para o cabelo? Pretende incorporar algum destes na sua rotina? Comente abaixo!

Note: There is a rating embedded within this post, please visit this post to rate it.

O conteúdo Melhores Óleos Vegetais para o Cabelo – Benefícios e Como Usar! Aparece primeiro em Mundo Boa Forma