Máscara pode reduzir gravidade da COVID-19, aponta estudo

Utilizar a máscara é uma das melhores maneiras de se proteger contra a COVID-19. Esta, como não podia deixar de ser, é a principal recomendação dos especialistas para sair de casa com segurança.

Agora, um novo estudo também apontou que a máscara pode ajudar a reduzir os sintomas de COVID-19. Isto porque, de acordo com a pesquisa, a máscara pode impedir uma grande quantidade do vírus de entrar no nosso sistema.

Entenda o que diz o estudo e descubra como as máscaras podem ser a melhor solução para evitar a doença. Da mesma forma, saiba como cuidar bem da sua máscara para ter essa proteção sempre ao seu alcance.

Proteja-se e aproveite para começar 2021 da melhor maneira possível!

Estudo constatou que máscaras podem reduzir os sintomas e a gravidade da COVID-19

Sem dúvidas um dos acessórios mais importantes nos últimos meses, a máscara facial é responsável por salvar milhares de vidas todos os dias. Desta forma, os cientistas recomendaram a utilização plena deste acessório logo no início da pandemia.

No último mês, cientistas divulgaram um estudo que apontou que ela também pode ser responsável por atenuar os sintomas do novo coronavírus.

Pesquisadores da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, analisaram uma série de estudos anteriores sobre os efeitos da máscara.

De acordo com os cientistas, a máscara pode reduzir a quantidade de vírus que chega ao usuário. Sendo assim, menos transmissão de vírus pode acarretar doenças menos graves se você ficar doente.

A pesquisa utilizou hamsters para simular o uso da máscara. Como resultado, os pesquisadores averiguaram que aqueles com máscaras tinham menos probabilidade de pegar a COVID-19. Eles também contraiam a doença de forma mais branda.

Evidências mostram alta taxa de infecções assintomáticas devido ao uso da máscara

Da mesma forma, evidências em locais como navios de cruzeiro e fábricas mostram taxas mais altas de infecção assintomática após o uso geral das máscaras.

Além disso, o estudo também apontou que o uso em locais como hospitais levou a infecções assintomáticas.

De acordo com a pesquisa, muitos profissionais de saúde tiveram testes de anticorpos positivos para a COVID-19. Embora, conforme os dados obtidos, os trabalhadores não soubessem que haviam sido infectados.

Países com maior índice de uso de máscara obtiveram melhores resultados

Os cientistas também acreditam que a máscara pode fazer com que a COVID-19 se espalhe pela população criando uma imunidade de rebanho. Isso, de acordo com a pesquisa, sem afetar as pessoas tanto quanto poderia caso elas não utilizassem a máscara.

Para os pesquisadores, o uso de máscara pode ser um dos motivos pelos quais vimos tantos casos de doenças leves e assintomáticas.

Por fim, muitos países com a população usando máscaras se saíram melhor em manter baixas as taxas de doenças graves e mortalidade.

Como resultado, segundo Monica Gandh, médica e chefe de pesquisa responsável pelo estudo, isso também pode comprovar a eficácia do uso das máscaras.

Entenda por que a máscara é tão fundamental

Provavelmente você já sabe que usar máscara é uma das melhores formas de proteção contra o novo coronavírus. No entanto, é importante também compreender como isso ocorre.

Antes de mais nada, os especialistas sabem que o novo coronavírus seja transmitido por gotículas que contêm vírus liberadas quando as pessoas falam, tossem ou respiram.

mascara

Portanto, se essas forem inaladas no ar, elas podem infectar a pessoa e deixá-la doente. A máscara fornece uma barreira física para capturar essas gotas.

Em suma, as máscaras de tecido bloqueoam cerca de 40% a 60% das gotas.

Máscara requer cuidados especiais

Por toda essa proteção, é importante que você cuide bem de sua máscara. Este acessório requer cuidados especiais.

Primeiramente, ela deve ser higienizada sempre. Segundo as autoridades sanitárias, a máscara de tecido deve ser limpa com sabão ou água sanitária e ser deixada 20 minutos de molho.

Guarde sua máscara em um plástico quando não estiver usando a proteção. Os especialistas ainda recomendam colocar a máscara em uma sacolinha quando estiver suja.

No caso das máscaras descartáveis, não as reutilize. Descarte-as imediatamente em uma lixeira fechada.

Além disso, é importante saber utilizar a máscara de forma correta. Lembre-se, ela não deve ficar frouxa. Da mesma forma, ela deve cobrir a área da boca e do nariz.

Portanto, utilize sempre a máscara de forma correta. Proteja-se e proteja quem você ama do novo coronavírus!

E você? É adepto das máscaras de pano ou utiliza as descartáveis? Conte para a gente nos comentários!

Note: There is a rating embedded within this post, please visit this post to rate it.

O conteúdo Máscara pode reduzir gravidade da COVID-19, aponta estudo Aparece primeiro em Mundo Boa Forma