Luxação no Dedo – O Que é, Como Tratar, Sintomas e O Que Fazer

Luxação no dedo

Saiba identificar o que é uma luxação no dedo com base nos sintomas e entenda o que fazer nessa situação e como tratar a luxação da maneira certa para garantir uma recuperação rápida e eficiente.

Uma luxação é um deslocamento ósseo que acontece quando o osso sai do lugar e fica fora da sua articulação de origem. Não é só o dedo que sofre luxação, também são bastante comuns os casos de luxação no pé e luxação no joelho.

Luxação no dedo – O que é

Cada dedo possui três articulações, com exceção do polegar, que tem apenas duas. De qualquer forma, são as articulações que permitem a mobilidade dos dedos. No entanto, quando o local sofre uma lesão ou um impacto forte, os ossos podem ser empurrados para fora da articulação e é aí que temos uma luxação no dedo. Ou seja, os ossos ficam desalinhados em relação à articulação.

A luxação no dedo quase sempre é resultado de um acidente como uma queda ou em esportes com bola como basquete, handebol e vôlei ou ainda em uma disputa em esportes de contato como lutas e futebol. Os dedos das mãos são os mais afetados por luxações, mas nada impede que o dedo do pé também sofra esse tipo de lesão.

De acordo com um estudo publicado em 2012 na revista científica American Family Physician, a articulação interfalângica proximal (do meio do dedo) é a mais propensa a sofrer luxação.

Segundo dados publicados em 2017 no periódico Current Reviews in Musculoskeletal Medicine, 17% das lesões nas extremidades superiores de atletas da National Football League (NFL – Liga Nacional de Futebol Americano) foram lesões nessa articulação. Esse tipo de lesão geralmente acontece quando um dedo bate de mal jeito na bola, o que acaba empurrando os ossos e os deslocando da articulação.

Outra forma comum de ter um dedo deslocado é por causa de uma queda. O ato de estender a mão para se proteger do acidente pode fazer com que os dedos sofram todo o impacto e se desloquem das articulações de origem. Prender o dedo acidentalmente em uma porta também é uma causa comum de luxação.

Sintomas

Os principais sintomas da luxação no dedo são a dor muito forte e o inchaço imediato no dedo. Outros sintomas podem incluir:

  • Dor intensa ao redor da articulação;
  • Inchaço local;
  • Osso que parece estar fora do lugar;
  • Dormência ou sensação de formigamento nas mãos ou nos dedos;
  • Dedo torto ou visivelmente deformado;
  • Pele roxa ou com hematomas;
  • Dificuldade ou incapacidade de movimentar o dedo.

A luxação no dedo pode ocorrer tanto nos dedos da mão quanto nos dedos dos pés. Se você sente dor e inchaço no dedo do pé mas não tem certeza se é uma luxação, confira também as possíveis causas de dor no dedo mindinho do pé.

O que fazer

Se você acha que sofreu uma luxação no dedo, é importante ir ao médico para analisar a lesão. Algumas coisas que você pode e deve fazer nos minutos imediatamente após a lesão são:

  • Manter o dedo imóvel e não ficar forçando ou tentando movimentar o dedo machucado;
  • Aplicar uma compressa gelada;
  • Dirigir-se até um centro médico,

O atendimento médico é importante porque os sintomas de uma luxação são bem parecidos com os sinais de um dedo quebrado ou torcido e apenas a equipe médica é capaz de avaliar a lesão e indicar o tratamento correto.

Exames de imagem como uma radiografia, uma ressonância magnética ou uma tomografia computadorizada podem ser solicitados para verificar se existe uma fratura mais grave ou um osso quebrado.

Como tratar luxação no dedo

– Redução

A redução consiste em técnicas para recolocar o osso no lugar. Nunca tente fazer isso se você não for um médico, pois pode piorar a lesão ou danificar permanentemente as estruturais ao redor como os ligamentos, os tendões, os nervos, as veias e a cartilagem. Veja o que são ligamentos e que tipo de lesões eles podem sofrer.

Cuidadosamente, um profissional da saúde vai manipular o seu dedo para realocar o osso em seu devido lugar. Como isso pode causar muita dor, o procedimento pode ser feito após a aplicação de uma anestesia local injetável.

– Imobilização

Depois da redução, vem a imobilização, que consiste no uso de uma tala para proteger o local e manter o dedo imobilizado. Isso impede novas lesões enquanto a região cicatriza.

– Cirurgia

Intervenções cirúrgicas são indicadas para restaurar a mobilidade do dedo quando há a presença de fraturas, rompimento de ligamentos ou ossos quebrados. O procedimento é chamado de redução aberta e consiste no reparo e realocação cirúrgica do osso.

– Remédios

A dor pode ser tratada em casa com o uso de analgésicos e anti-inflamatórios de venda livre como o acetaminofeno ou o ibuprofeno. Em casos mais sérios, o uso de anti-inflamatórios esteroides pode ser necessário para controlar a dor e a inflamação, mas o ideal é que você tome o remédio que seu médico indicar.

– Fisioterapia

A fisioterapia ou a terapia ocupacional podem ser de grande ajuda para fortalecer o dedo deslocado e recuperar a amplitude de movimento, principalmente se algum procedimento cirúrgico for necessário.

Considerações

O tempo de recuperação varia a depender da gravidade da luxação no dedo e do tratamento adotado, mas em geral a recuperação completa ocorre dentro de 4 a 6 semanas.

Alguns fatores que influenciam no tempo de recuperação são:

  • Presença de fraturas ósseas;
  • Danos nos ligamentos e tendões;
  • Gravidade e localização da luxação;
  • Necessidade de reparo cirúrgico.

Há algumas medidas que você pode tomar para acelerar a recuperação do dedo e manter o local livre de infecções que incluem:

  • Manter a tala sempre limpa e seca;
  • Evitar mover o dedo desnecessariamente para não atrapalhar a cicatrização;
  • Aplicar compressas frias para diminuir a dor e a inflamação;
  • Manter o dedo elevado acima do nível do coração para contribuir com a redução do inchaço;
  • Praticar diariamente os exercícios recomendados pelo fisioterapeuta ou terapeuta ocupacional.

Um dedo recuperado não está livre de sofrer novas luxações. Na verdade, o local pode ficar ainda mais propenso a sofrer outros tipos de lesões. Para diminuir o risco de machucar o dedo outra vez, é recomendado:

  • Usar algum tipo de proteção como uma tala ou fita adesiva durante a prática de atividades físicas com bola;
  • Evitar o uso de anéis durante a prática de esportes ou exercícios físicos;
  • Fazer exercícios de fortalecimento nas mãos e nos dedos.

Apesar de causar muita dor, uma luxação no dedo não é nada muito grave e em poucas semanas o dedo se recupera totalmente.

Fontes e Referências adicionais:

Você já sofreu uma luxação no dedo devido à prática de algum esporte ou mesmo devido a uma queda? Como foi o tempo de recuperação e o tratamento? Comente abaixo!

Note: There is a rating embedded within this post, please visit this post to rate it.

O conteúdo Luxação no Dedo – O Que é, Como Tratar, Sintomas e O Que Fazer Aparece primeiro em Mundo Boa Forma