Emoções positivas ajudam a preservar a memória, afirmam cientistas

A memória está intimamente ligada a nossos processos emocionais. Sendo assim, as emoções positivas podem ter um grande impacto na manutenção de uma boa memória.

Esta foi a conclusão de um estudo americano divulgado recentemente. De acordo com a pesquisa, sentimentos positivos podem ajudar a preservar a memória ao longo do envelhecimento.

Saiba então como as emoções podem ajudar a conservar sua memória e descubra o que fazer para preservá-la.

Estudo aponta emoções positivas como chave para manter a memória

As emoções fazem parte de nossa memória. E, de acordo com um novo estudo divulgado no periódico Psychological Science, elas também influenciam no modo como a memorização ocorre.

A pesquisa, que tinha como objetivo analisar o impacto das emoções, principalmente as positivas, na retenção de memória, foi feita pela Universidade de Northwestern University, nos Estados Unidos.

De acordo com a pesquisa, a memória diminui com a idade. Entretanto, o estudo avaliou que os indivíduos com níveis mais altos de “afeto positivo” tiveram um declínio de memória menos acentuado ao longo de quase uma década.

Segundo Claúdia Hasse, chefe da pesquisa, o estudo analisou dados de cerca de 991 adultos de meia idade e idosos. Os dados foram obtidos através de pesquisas realizadas em três períodos: de 1995 a 1996, de 2004 a 2006 e de 2013 a 2014.

Pesquisa avaliou as emoções positivas dos pacientes

Para analisar o impacto das emoções na memória, os participantes deveriam relatar quais emoções positivas sentiram nos últimos 30 dias. Contudo, nas duas últimas avaliações, eles também tinham que fazer testes de memória.

Desta forma, os pesquisadores solicitavam aos participantes que repetissem  as palavras logo após serem ditas e, novamente, 15 minutos depois.

Neste estudo, os cientistas levaram em conta a a idade, sexo, educação, depressão, sentimentos negativos e extroversão.

Com os dados coletados, os cientistas conseguiram avaliar que a perda de memória conforme as décadas eram menos acentuadas nos participantes que eram rodeados por estímulos positivos.

Descubra como as emoções impactam a memória

Primeiramente, para entender como as emoções impactam nossa memória, é preciso compreender como elas se formam.

Esta ligação ocorre devido ao hipocampo. Essa é a região do cérebro que tem a função de formação de novas lembranças.

O hipocampo seleciona aquilo que tem valor para ser guardado ou não. Sendo assim, como ele está ligado à emoção, os cientistas acreditam que ele é responsável pelo cérebro delimitar aquilo que lembramos.

Desta forma, nosso sistema de retenção de informações pode ser a chave da ligação entre memória e informação. Não é surpresa, portanto, que as emoções tenham um impacto naquilo que lembramos e na forma como memorizamos.

Dicas para preservar sua memória

Além das emoções, existem atitudes que podem ajudar você a preservar a sua memória. Dessa forma, é importante conhecê-las se você quer estar com tudo o que você precisa na ponta da língua.

Dormir bem, fazer exercícios e manter uma alimentação saudável são algumas das atitudes que podem ajudar você a ter uma boa memória a longo prazo.

Leitura

Do mesmo modo, para exercitar o seu cérebro, a leitura é fundamental. Igualmente útil é a prática de se divertir fazendo palavras cruzadas. Estes exercícios ajudam você a reter mais informações.

Além disso, o yoga e exercícios aeróbicos são os mais indicados para quem quer manter seu cérebro jovem e a memória funcionando.

Como as emoções têm um grande impacto na memorização, o acompanhamento psicológico e terapias comportamentais também podem ser uma ótima ideia.

Você costuma praticar exercícios para memória? Quais? Conte para a gente nos comentários!

Note: There is a rating embedded within this post, please visit this post to rate it.

O conteúdo Emoções positivas ajudam a preservar a memória, afirmam cientistas Aparece primeiro em Mundo Boa Forma