Edamame – O que é, benefícios e como consumir!

A soja verde, ou seja, que ainda não amadureceu por completo: esse é o edamame. Entenda o que é, para que serve, como consumir e quais são os benefícios do edamame para a saúde.

Um dos alimentos mais populares e versáteis é a soja. Dela, é possível obter muitos derivados como por exemplo a proteína de soja e o missô.

O edamame é a soja colhida ainda verde. Às vezes, os alimentos à base de soja não são considerados seguros por serem alimentos ruins para a tireoide. Veja aqui como consumir o edamame sem fazer mal para a sua saúde.

Edamame – O que é

O edamame lembra um grão de feijão. Quando ainda dentro de sua vagem, ele parece muito com a ervilha torta. 

Apesar de ser nutritivo, algumas pessoas têm receio de consumir qualquer produto derivado da soja porque estudos sugerem que a soja pode interferir na função da tireoide. No entanto, tanto a soja quanto o edamame são bons para a saúde.  

Além de ser uma ótima fonte de aminoácidos, o edamame é pouco calórico, livre de colesterol e rico em ferro e cálcio.

Ele também apresenta fitonutrientes como a saponina, a luteína, o betacaroteno, as isoflavonas de soja e o ácido fítico, por exemplo.

Benefícios do edamame

Compreenda para que serve e veja todos os benefícios do edamame para a saúde.

1. Alto teor de proteínas

O edamame é uma ótima fonte de proteínas. Além disso, uma pesquisa mostrou que a proteína da soja é uma fonte de proteína completa pois fornece todos os aminoácidos essenciais que o corpo necessita. 

Aliás, quem busca por boas fontes de proteínas em uma dieta vegana ou vegetariana provavelmente irá se interessar por outras fontes vegetarianas de proteínas completas

2. Contribui para a redução do colesterol

Os antioxidantes, a vitamina K e as fibras do edadame podem ajudar a controlar os níveis de colesterol e, assim, diminuir o risco de obesidade e de doenças cardíacas.

De fato, uma pesquisa mostrou que a proteína de soja reduz o colesterol total e o colesterol LDL (ruim).

3. Pode reduzir a perda óssea normal da idade

Os ossos se tornam mais frágeis propensos a fraturas conforme o tempo passa. 

Alguns estudos sugerem que alimentos ricos em isoflavonas de soja podem reduzir o risco de osteoporose em mulheres na pós-menopausa. Além disso, o alimento pode aumentar a densidade óssea.

4. Aumenta a imunidade

Altos níveis de ferro podem melhorar a energia do corpo e evitar doenças como a anemia, por exemplo.

Além disso, nutrientes e antioxidantes do edamame fortalecem todo o sistema imunológico e ajudam a prevenir doenças.

5. É bom para os diabéticos

O baixo teor calórico e de carboidratos no edamame são ótimas notícias para os diabéticos.

Por isso e devido ao baixo índice glicêmico, o edamame não eleva os níveis de açúcar no sangue. Isto é, ele é lentamente processado e isso ajuda a promover a saciedade e regular a glicemia.

6. É rico em micronutrientes

Conforme dados do USDA, uma porção de 100 gramas de edamame há:

Nutrientes% VD (*)
Folato78%
Vitamina K133%
Vitamina B113%
Vitamina B29%
Ferro13%
Cobre17%
Manganês51%

*Valor diário recomendado

Além disso, a leguminosa também contém nutrientes como a vitamina C, a vitamina E, o ômega 3, a niacina (vitamina B3) e a piridoxina (vitamina B6) e o cálcio, por exemplo.

Outros benefícios 

Por fim, alguns dos possíveis benefícios do edamame podem incluir:

  • Alívio de sintomas da menopausa como a sudorese excessiva;
  • Redução do declínio cognitivo;
  • Controle da inflamação;
  • Bom para a saúde dos olhos;
  • Redução do apetite;
  • Melhor digestão;
  • Menor risco de câncer de mama e próstata.

Como consumir o edamame

prato com edamame

A saber, as vagens (ou cascas) do edamame não devem ser consumidas. Por outro lado, os grãos podem ser cozidos numa panela com água ou fritos.

Eles podem ser temperados com sal e ser incluídos em receitas como sopas e saladas. Também pode ser consumido como aperitivos.

Aliás, cozinhar os grãos de edamame não leva muito tempo (em média 5 minutos). Algumas sugestões de receitas com edamame incluem:

  • Purê;
  • Arroz;
  • Hamburguer vegano;
  • Molho.

Certamente, o edamame é muito saboroso e nutritivo. Além disso, não há nada que comprove que o edamame faz mal para a tireoide. Dessa forma, você pode consumir à vontade desde que você não seja alérgico à soja.

Fontes e Referências Adicionais

Você já provou o edamame? Sabia todas essas formas de consumi-lo? Comente abaixo!

Note: There is a rating embedded within this post, please visit this post to rate it.

O conteúdo Edamame – O que é, benefícios e como consumir! Aparece primeiro em Mundo Boa Forma