Como tratar uma queimadura – Sintomas e tipos

Saiba diferenciar os tipos de queimaduras a partir dos sintomas e veja como tratar uma queimadura sem danificar ainda mais a sua pele.

O tratamento de uma queimadura depende diretamente do grau da lesão, que é identificado pelos sintomas apresentados. A causa também deve ser considerada, mas o que define a forma de tratar é a gravidade da lesão na pele.

Uma queimadura na pele pode ser tão superficial que causa apenas uma sensibilidade na pele temporária, mas há queimaduras mais profundas em que a pele é gravemente lesionada.

De fato, a pele é capaz de se regenerar, mas isso pode levar muito tempo ou nem acontecer dependendo do tipo de lesão.

Além disso, a pele queimada pode demorar para cicatrizar, o que deixa o local exposto a bactérias e germes em geral.

Por isso, além de tomar as medidas de primeiros socorros após uma queimadura, é importante cuidar da saúde da pele e passar a ingerir cada vez mais alimentos bons para a pele.

Entenda então abaixo quais são os principais tipos de queimadura e o que fazer em cada caso.

Tipos de queimaduras e seus sintomas

queimadura solar

As causas por trás de uma queimadura variam, mas muitas delas ocorrem em acidentes domésticos em casa com líquidos quentes, fósforos, isqueiros e velas, por exemplo.

Há ainda as queimaduras:

  • Químicas;
  • Elétricas;
  • Térmicas;
  • Solares.

No entanto, apesar de a exposição inadequada ao sol ser prejudicial, é importante tomar sol no horário certo e pelo tempo adequado para garantir a vitamina D.

Sintomas da queimadura de primeiro grau

Em primeiro lugar, temos a queimadura de primeiro grau. Ela afeta a camada mais externa da pele (epiderme) e pode causar:

  • Dor;
  • Vermelhidão;
  • Inchaço leve na pele;
  • Sinais leves de inflamação;
  • Pele seca. 

Sintomas da queimadura de segundo grau

Nesse caso, duas camadas da pele são afetadas: a epiderme e a derme. Os sintomas incluem:

  • Inchaço;
  • Pele vermelha, branca ou manchada;
  • Bolhas;
  • Espessamento da pele;
  • Dor intensa.

Sintomas da queimadura de terceiro grau

Essas lesões são muito graves, pois afetam a camada de gordura abaixo da pele e, em alguns casos, as terminações nervosas. Seus sintomas são:

  • Pele preta, marrom ou branca;
  • Pele muito espessa com aparência de couro;
  • Dormência.

Embora pareça estranho, a queimadura de terceiro grau não costuma causar dor. Isso acontece por causa dos danos nos nervos – responsáveis por enviar os sinais de dor para o cérebro.

Queimadura de quarto grau

Por fim, as queimaduras de quarto grau são lesões gravíssimas que se estendem até os tendões ou ossos. Os sintomas são os mesmos de uma queimadura de terceiro grau, mas a lesão pode deixar sequelas mais graves.

Como tratar

Confira como tratar uma queimadura de acordo com o grau da lesão na pele.

Tratamento para queimadura de primeiro grau

A recuperação se dá dentro de uma semana ou 10 dias após a lesão e não ficam cicatrizes na pele. Só é preciso ir ao médico se a lesão for próxima dos olhos.

O que fazer:

  • Lavar o local com água corrente por 5 minutos;
  • Tomar um analgésico como o paracetamol ou o ibuprofeno para aliviar a dor;
  • Usar pomadas com lidocaína ou Aloe vera para aliviar a dor e hidratar a pele
  • Colocar uma gaze em cima da pele lesionada;
  • Aplicar uma pomada cicatrizante antibiótica, se prescrita por um médico.

Tratamento para queimadura de segundo grau

Em média, essas queimaduras leva de 2 a 3 semanas para cicatrizar. As bolhas na pele podem se romper e deixar a pele úmida e extremamente sensível.

Nesse caso, pode ser que fique uma crosta no local que se transforma em uma cicatriz ou mancha na pele, por exemplo. 

O que fazer:

  • Lavar a região em água fria por 15 minutos ou mais; 
  • Tomar analgésicos para a dor;
  • Manter o local limpo e com uma gaze a fim de evitar infecções; 
  • Usar cremes antibióticos (prescritos por um médico) sobre as bolhas para tratar ou prevenir infecções.

Apenas em casos mais graves, pode ser necessário colocar um enxerto de pele.

Tratamento para queimadura de terceiro grau

Por fim, as queimaduras de terceiro grau precisam de mais cautela. Mesmo sem sentir dor, é crucial buscar atendimento médico.

O que fazer:

  • Não se automedicar;
  • Solicitar atendimento médico de emergência;
  • Elevar o local lesionado acima do nível do coração.

A depender do caso, pode ser preciso realizar intervenções cirúrgicas ou internações hospitalares para o paciente se recuperar.

Alertas

A lavagem com água serve para esfriar o local e evitar mais danos, mas ao suspeitar que sua lesão é de terceiro ou quarto grau, não faça nada e busque atendimento médico imediatamente.

Além disso, abaixo você encontra o que não fazer em nenhum tipo de queimadura:

  • Nunca use gelo sobre a pele queimada; 
  • Evite usar curativos que grudam ou algodão sobre a ferida pois as fibras podem grudar na pele e aumentar o risco de infecção local;
  • Não use remédios caseiros indicados por familiares ou conhecidos;
  • Evite ingerir alimentos que atrapalham a cicatrização para ter uma recuperação mais rápida.

Cuidados de prevenção no dia a dia

proteção contra queimadura solar

A exposição ao sol sem proteção ou por tempo demais pode causar queimaduras de primeiro e segundo grau. Assim, o uso de um protetor solar é indispensável no dia a dia.

Cuidados em casa para prevenir acidentes domésticos também são importantes. Sendo assim: 

  • Evite deixar os cabos das panelas para fora do fogão;
  • Não deixe fósforos ou isqueiros ao alcance de crianças;
  • Guarde produtos de limpeza ou qualquer material inflamável em local seguro longe de fontes de calor.

Além de tomar algumas precauções no dia a dia, conversar com as pessoas que moram com você sobre a prevenção de acidentes é uma ótima forma de garantir que todos vão saber agir diante de uma adversidade.

Fontes e Referências Adicionais

Você já sofreu uma queimadura? Por isso, ficou com alguma cicatriz? Comente abaixo!

Note: There is a rating embedded within this post, please visit this post to rate it.

       

O conteúdo Como tratar uma queimadura – Sintomas e tipos Aparece primeiro em Mundo Boa Forma