Como Plantar Cereja em Casa – Passo a Passo e Cuidados

Cereja

Aprenda como plantar cereja em casa com o passo a passo do plantio e do cultivo e maiores cuidados para se tomar e ter os melhores resultados.

Seja para decorar bolos, tortas, cupackes, mousses, bombons e outros doces, seja para incrementar uma salada de frutas ou decorar, seja para acrescentar sabor em bebidas, é bem verdade que a cereja é uma fruta capaz de tornar uma receita mais bonita, colorida e saborosa.

Falando nisso, que tal conhecer as calorias da cereja que são acrescentadas a essas receitas e saber mais a fundo todos os benefícios da cereja para nossa saúde e boa forma?

Uma maneira de ter cerejas naturais, frescas e, principalmente, livre de agrotóxicos sempre à disposição é aprender como plantar cereja em casa. Vamos nessa?

Como plantar cereja em casa

Como plantar cereja no jardim

  1. Comprar uma muda de cerejeira já formada ou uma planta jovem que terá aproximadamente 2 m de altura;
  2. Abrir uma cova no jardim longe do caminho predominante dos ventos, se não quiser perder flores na florada de primavera. Colocar a muda ou árvore jovem no buraco cavado e preenche-lo com terra adubada misturada com composto ou estrume bem curtido. Fixar bem a planta;
  3. Se achar necessário, colocar um tutor para plantas ao lado para assegurar que ela fique reta até enraizar bem;
  4. Não regar a cerejeira em excesso. Adubá-la bem, uma vez ao ano com suplementos orgânicos que forneçam quantidades adequadas de nitrogênio, fósforo e potássio. Na hora de adubar, fazer pequenos buracos ao redor da planta, adicionar a mistura escolhida, cobrir com terra e regar abundantemente por cima. A árvore também precisa ser podada anualmente, o que deve acontecer depois da colheita dos frutos.

Como plantar cereja no vaso

Materiais necessários: vaso, sementes de cereja, cascalho (ou casca de pinus ou folhas mortas secas) e terra.

  1. Preencher o fundo do vaso com cascalho (ou casca de pinus ou folhas mortas secas) para auxiliar com a drenagem;
  2. Colocar a terra até atingir metade do vaso. Adicionar as sementes (o ideal é acrescentar quatro, no máximo para facilitar a retirada e a replantação em um recipiente maior), afundando-as em aproximadamente 1 cm e cobrir com um pouquinho mais de terra. Tomar cuidado para não colocar muita terra – isso é importante para evitar que as sementes fiquem muito ao fundo e apodreçam;
  3. Posicionar o vaso em um local com mais umidade, que tenha menor incidência do sol, porém, conte com claridade;
  4. Regar mais ou menos a cada três ou quatro dias, dependendo do lugar onde o vasinho ficar. Será necessário regar um pouco mais quando perceber que a terra em cima está seca. Não pode deixar secar porque isso pode resultar na morte das sementes. Entretanto, é importante ter cuidado para não regar em excesso e encharcar, o que pode fazer com que as sementes apodreçam.

Atenção: clima brasileiro não é apropriado para o cultivo da cereja

Não há cultivo comercial da cereja no Brasil porque ainda não foram desenvolvidas espécies adaptadas ao clima do nosso país.

As fruteiras de clima temperado como a cereja precisam acumular horas de frio para quebrar a dormência das gemas e favorecer a germinação.

Outras frutas de clima temperado são cultivadas no Brasil graças ao desenvolvimento de variedades selecionadas adaptáveis ao clima do país, processo que ocorreu por meio do melhoramento genético, o que ainda não se deu com a cerejeira.

No caso da cerejeira, são necessárias de 1.200 a 1.400 horas de frio, com temperaturas abaixo de 7 graus centígrados. No Brasil, isso é difícil de ocorrer. Mesmo em regiões onde o inverno é muito rigoroso, como São Joaquim (SC), o número de horas com essa temperatura raramente chega a mil.

Existem outras espécies da fruta que necessitam de menos horas de frio, entre 100 e 150, mas estas cerejas não têm sabor agradável. Portanto, plantar cereja em casa é uma alternativa mais viável para os brasileiros que moram no exterior, em países onde faz mais frio.

Mas qual é o problema com os agrotóxicos?

Vimos acima que um motivo para aprender como plantar cereja em casa é garantir que a fruta não contenha agrotóxicos. Mas você já parou para pensar e pesquisar o que são essas substâncias e o que elas podem ter de tão ruim?

De acordo com o portal do Ministério da Saúde, os
agrotóxicos são definidos no Brasil por Lei, como “produtos e agentes de
processos físicos, químicos ou biológicos, destinados ao uso nos setores de
produção, no armazenamento e beneficiamento de produtos agrícolas, nas pastagens,
na proteção de florestas, nativas ou implantadas, e de outros ecossistemas e
também de ambientes urbanos, hídricos e industriais, cuja finalidade seja
alterar a composição da flora ou da fauna, a fim de preservá-las da ação danosa
de seres vivos considerados nocivos; substâncias e produtos, empregados como
desfolhantes, dessecantes, estimuladores e inibidores de crescimento”.

O portal do Ministério da Saúde também informa que
o uso contínuo, indiscriminado e inadequado dessas substâncias é considerado um
relevante problema ambiental e de saúde pública.

Segundo o portal, “os efeitos à saúde humana,
decorrentes da exposição direta ou indireta aos agrotóxicos podem variar de
acordo (com) a toxicidade, tipo de princípio ativo, dose, tempo de exposição e
via de exposição”.

Estudos realizados pelo aluno de doutorado em Saúde Pública e Meio Ambiente da Escola Nacional de Saúde Pública da Fundação Oswaldo Cruz (Ensp/Fiocruz), Cleber Cremonese, indicaram que parte dos agrotóxicos pode desregular o sistema endócrino, alterando os níveis de hormônios sexuais e provocando efeitos prejudiciais, especialmente para o sistema reprodutor.

Essas reações podem incluir riscos de câncer de mama, câncer de ovário, câncer de testículo, câncer de próstata, desregulação do ciclo menstrual, infertilidade, baixa na qualidade do sêmen e malformação de órgãos reprodutivos.

Em suas pesquisas, Cremonese avaliou moradores de
Farroupilha (RS) – em um primeiro estudo, ele trabalhou com homens e mulheres
adultos, trabalhadores rurais e seus familiares, que tinham entre 18 a 69 anos;
no segundo ele analisou jovens das zonas rurais e urbanas com idade entre 18 a
23 anos.

Para chegar aos resultados apontados, o doutorando
coletou amostras de sangue e sêmen e aplicou questionários.

Ele concluiu que seus estudos sugerem que as
exposições crônicas aos agrotóxicos interferem na regulação dos hormônios
sexuais nos adultos e na qualidade do sêmen dos jovens nas regiões onde o
estudo foi conduzido.

Cleber afirmou ainda que o uso dos agrotóxicos já foi associado a doenças como doenças neurodegenerativas como Parkinson, distúrbios cognitivos, transtornos psiquiátricos, alterações respiratórias e imunológicas, problemas no fígado e nos rins e complicações na gestação como aborto, malformações congênitas e baixo peso ao nascer.

Vale a pena, por conta disso tudo, conhecer quais são os alimentos com mais agrotóxicos no Brasil e procurar consumi-los da forma orgânica.

Referências Adicionais:

Você já sabia como plantar cereja em casa? Pretende experimentar, mesmo sabendo do problema com a temperatura do nosso país? Comente abaixo!

Note: There is a rating embedded within this post, please visit this post to rate it.

O conteúdo Como Plantar Cereja em Casa – Passo a Passo e Cuidados Aparece primeiro em Mundo Boa Forma