Como Plantar Ameixa em Casa – Passo a Passo e Cuidados

Plantar ameixa

Aprenda como plantar ameixa em casa com um passo a passo desde o plantio e cultivo à colheita, além de dicas e cuidados para obter os melhores resultados.

Você é daqueles que gosta de ameixa e não recusa quando vê a fruta pela frente? Então, temos uma boa notícia para você: consumir o alimento é uma ótima escolha para a sua saúde, já que existem inúmeros benefícios da ameixa.

A fruta fornece diversos nutrientes que o nosso organismo necessita como carboidratos, fibras, potássio, cobre, manganês, vitamina A, vitamina C e vitamina K. A ameixa também é composta por quantidades pequenas de fósforo, magnésio e vitaminas do complexo B. Está esperando o que para adicioná-la à sua próxima salada de frutas?

Por que aprender como plantar ameixa em casa?

Se eu posso comprar a fruta no supermercado mais próximo, qual a necessidade de aprender como plantar ameixa? Bem, além da vantagem de ter a fruta fresca à disposição dentro da própria residência, plantar os alimentos que consome pode ser uma valiosa ferramenta na luta contra os problemas e doenças de podem ser causadas pelos agrotóxicos.

De acordo com o portal do Ministério da Saúde, os
agrotóxicos são definidos no Brasil por Lei, como “produtos e agentes de
processos físicos, químicos ou biológicos, destinados ao uso nos setores de
produção, no armazenamento e beneficiamento de produtos agrícolas, nas
pastagens, na proteção de florestas, nativas ou implantadas, e de outros
ecossistemas e também de ambientes urbanos, hídricos e industriais, cuja
finalidade seja alterar a composição da flora ou da fauna, a fim de
preservá-las da ação danosa de seres vivos considerados nocivos; substâncias e
produtos, empregados como desfolhantes, dessecantes, estimuladores e inibidores
de crescimento”.

O portal do Ministério da Saúde também informa que
o uso contínuo, indiscriminado e inadequado dessas substâncias é considerado um
relevante problema ambiental e de saúde pública.

Segundo o portal, “os efeitos à saúde humana,
decorrentes da exposição direta ou indireta aos agrotóxicos podem variar de acordo
(com) a toxicidade, tipo de princípio ativo, dose, tempo de exposição e via de
exposição”.

Estudos realizados pelo aluno de doutorado em Saúde Pública e Meio Ambiente da Escola Nacional de Saúde Pública da Fundação Oswaldo Cruz (Ensp/Fiocruz), Cleber Cremonese, indicaram que parte dos agrotóxicos pode causar doenças, desregulando o sistema endócrino, alterando os níveis de hormônios sexuais e provocando efeitos prejudiciais, especialmente para o sistema reprodutor.

Essas reações podem incluir riscos de câncer de mama, câncer de ovário, câncer de testículo, câncer de próstata, desregulação do ciclo menstrual, infertilidade, baixa na qualidade do sêmen e malformação de órgãos reprodutivos.

Em suas pesquisas, Cremonese avaliou moradores de
Farroupilha (RS) – em um primeiro estudo, ele trabalhou com homens e mulheres
adultos, trabalhadores rurais e seus familiares, que tinham entre 18 a 69 anos;
no segundo ele analisou jovens das zonas rurais e urbanas com idade entre 18 a
23 anos.

Para chegar aos resultados apontados, o doutorando
coletou amostras de sangue e sêmen e aplicou questionários.

Ele concluiu que seus estudos sugerem que as exposições crônicas aos agrotóxicos interferem na regulação dos hormônios sexuais nos adultos e na qualidade do sêmen dos jovens nas regiões onde o estudo foi conduzido.

Cleber afirmou ainda que o uso dos agrotóxicos já foi associado a outros problemas de saúde como doenças neurodegenerativas como Parkinson, distúrbios cognitivos, transtornos psiquiátricos, alterações respiratórias e imunológicas, problemas no fígado e nos rins e complicações na gestação como aborto, malformações congênitas e baixo peso ao nascer.

Falando nisso, vale a pena conferir os alimentos com mais agrotóxicos no Brasil.

E então, como plantar ameixa em casa?

Foi convencido de que vale a pena saber como plantar ameixa em casa? Confira então no passo a passo a seguir que ensina uma maneira de fazer isso:

  1. É importante saber que a ameixa se dá bem em solos profundos, permeáveis e bem drenados, com um pH de valor 6. O clima indicado é o temperado e subtropical e considera-se o início da primavera o período ideal para plantar as ameixas;
  2. Com isso em mente, é hora de separar os materiais necessários para o plantio caseiro da ameixa: pá, contentores de plástico, terra de envasamento, cascalho, estacas de 15 cm, ameixeira da variedade raiz despida e vaso – que deve ter o dobro da largura da parte mais grossa da ameixeira, ser muito resistente e durável, além de apresentar vários furos no fundo para a drenagem;
  3. Uma vez que tiver com todos os materiais em mãos, a primeira coisa que se recomenda fazer é cobrir os bulbos da raiz com um pano úmido e deixa desse modo durante alguns dias até começar a plantação;
  4. Chegou a hora de preparar o vaso: deve ser colocada uma camada fina de cascalho em sua base. Então, com o auxílio de uma pá, encher ¾ do vaso com a terra de envasamento, que não pode ter muito fertilizante e nem ter sido adubada recentemente;
  5. Remover o pano úmido que foi colocado nos bulbos da raiz da ameixeira e colocar a planta na terra envasada dentro do vaso. Cuidadosamente, desembaraçar as raízes mais jovens da ameixeira e empurrá-las profundamente para o interior do solo. Cobrir as raízes com mais um pouco de terra de envasamento e acrescentar um pouco de água;
  6. Amarrar estacas de 15 cm no tronco principal da planta usando uma corda ou plástico – as estacas servem para formar um tronco ereto para auxiliar o crescimento da planta a ser saudável;
  7. A rega deve ser feita com abundância para que a ameixeira cresça forte e saudável. Entretanto, se ela estiver sendo cultivada em uma localidade em que chove moderadamente, não haverá a necessidade de se fazer regas adicionais. Já se não for esse o caso, será necessário regar a planta no mínimo uma vez por semana. Quando o clima estiver mais quente, será preciso chegar que as raízes da ameixeira estejam mantendo-se úmidas. Por outro lado, é importante ressaltar que o excesso de água também pode atrapalhar o desenvolvimento das ameixas. Portanto, também é importante conferir se o excedente de água está sendo devidamente drenado no vaso onde o cultivo é feito.

Outras dicas

  1. Nos casos em que as ameixeiras utilizadas no plantio forem mais novas, recomenda-se que elas sejam colocadas em áreas próximas a paredes porque elas são muito sensíveis à ação dos ventos mais fortes;
  2. As ameixeiras ficam melhor em regiões com sombras e não devem ficar em áreas que tenham forte iluminação e alta exposição ao sol;
  3. É necessário ficar atento ao bom estado de conservação da ameixeira: folhas velhas e ameixas podres são indício de que podem aparecer uma série de pragas e doenças;
  4. A poda regular é necessária para evitar que isso aconteça e para que a planta cresça com saúde. Recomenda-se podar os ramos mais velhos da ameixeira para que os mais novos cresçam, em ângulos de 45º. Entretanto, essa poda não pode acontecer no período do inverno porque a planta não dá conta de recuperar-se durante essa estação;
  5. Outro conselho para estimular o desenvolvimento adequado da ameixeira é utilizas uma espécie de spray inseticida natural, preparado à base de ervas e sabonetes líquidos, para repelir as pragas mais comuns como os pulgões;
  6. Outro conselho relevante é replantar a ameixeira a cada dois anos para que ela continue a dar frutos e para manter a beleza das suas folhas. Para ter os melhores resultados nessa replantação é necessário usar uma terra de envasamento fresca.

Vídeo:

Gostou das dicas?

Referências Adicionais:

O que você achou dessas dicas de como plantar ameixa em casa? Pretende começar agora? Comente abaixo!

Note: There is a rating embedded within this post, please visit this post to rate it.

O conteúdo Como Plantar Ameixa em Casa – Passo a Passo e Cuidados Aparece primeiro em Mundo Boa Forma