Como Fazer Farinha de Mandioca – 3 Formas e Dicas Especiais

Farinha de mandioca

Aprenda como fazer farinha de mandioca de 3 formas diferentes e veja mais algumas dicas especiais para ter os melhores resultados com a receita.

A mandioca, também conhecida no Brasil pelos nomes de aipim ou macaxeira, pode ser consumida de diversas maneiras na cozinha: cozida, assada ou frita ou em receitas de purê de mandioca, chips, lasanhas e tortas, por exemplo.

Mas você sabia que o tubérculo também pode dar origem a uma farinha? Isso mesmo! Vamos conhecer abaixo alguns métodos de como fazer farinha de mandioca! Aproveite para conhecer também todos os benefícios da farinha de mandioca que poderão ser aproveitados.

Sobre a farinha de mandioca

Uma das principais vantagens da farinha de mandioca consiste no fato dela ser um produto naturalmente livre das proteínas do glúten, o que é uma boa notícia para as pessoas que sofrem com a doença celíaca ou outras condições de saúde que impedem a ingestão da substância.

Além disso, ao ser comparada com a farinha branca tradicional, a farinha de mandioca é nutricionalmente superior.

No entanto, quando comparada com outras farinhas sem glúten, a farinha de mandioca sai perdendo. As farinhas de arroz integral e de grão-de-bico, por exemplo, são fontes mais ricas de proteínas.

A farinha de mandioca tem mais fibras que a farinha de arroz, mas menos que as farinhas integral e de grão-de-bico. A farinha de mandioca é mais pobre em vitaminas e minerais que a farinha branca enriquecida, a farinha de trigo integral, a farinha de grão-de-bico e a farinha de arroz integral.

Além disso, a farinha de mandioca é calórica e
rica em carboidratos, o que não a torna a melhor escolha de farinha em termos
nutricionais e faz com que seja aconselhável usá-la apenas moderadamente dentro
de preparações saudáveis ou receitas light com os bolos light com farinha de mandioca.

3 maneiras de como fazer farinha de mandioca em casa

Método 1

Ingredientes:

  • 1 kg de mandioca;
  • ½ litro de água.

Modo de preparo:

Descascar a mandioca, lavar muito bem e cortar no formato de cubos. Preaquecer o forno em fogo baixo, a 100º C; Juntar toda a mandioca descascada e cortada com o ½ litro de água no liquidificador. Bater bem até adquirir uma substância homogênea; Transferir o conteúdo para um pano líquido e seco. Fechar o pano e espremer bem até sair todo o líquido.

A parte que permaneceu no pano deverá ser disposta em uma assadeira. Espalhar bem o conteúdo na forma e levar ao forno para assar durante aproximadamente cinco horas, mexendo de tempos em tempos para que não queime.

Depois que essa etapa for concluída, desligar o forno, esperar esfriar completamente em temperatura ambiente e armazenar a farinha de mandioca em um recipiente de vidro esterilizado e tampado para que seja melhor conservada.

Método 2

Ingredientes:

  • Mandiocas;
  • Água.

Modo de preparo:

Descascar a mandioca e lavar bem o tubérculo, de modo que ele fique bem branquinho. Na sequência, cortar em pedaços; Juntar os pedaços de mandioca com a água no liquidificador – a dica é seguir a proporção da receita acima, de ½ litro de água para cada 1 kg de mandioca. Bater bem até formar uma substância homogênea.

Coar o conteúdo com o auxílio de um pano tipo voal bem limpo, espremendo bastante para remover o máximo de líquido que conseguir.

Em seguida, cobrir uma travessa ou assadeira com um tecido de voal e distribuir a mandioca que restou por cima, espalhando com o auxílio das mãos e soltando com o auxílio dos dedos.

Deixar a travessa ou assadeira com a mandioca um dia inteirinho no sol – a dica é escolher um dia bem quente para fazer isso. Mexer de tempos em tempos ao longo do dia para favorecer que a mandioca seque por completo.

Caso chegue no final do dia e a mandioca ainda se encontro um pouco úmida, a orientação é armazenar a travessa ou assadeira em um tecido de voal e colocar novamente ao sol no dia seguinte. Quando a mandioca estiver sequinha, ela poderá ser armazenada em um recipiente de vidro esterilizado e tampado para que seja melhor conservada.

Método 3

Ingredientes:

  • Mandiocas;
  • Água.

Modo de preparo:

Descascar a mandioca e lavar bem o tubérculo, de modo que ele fique bem branquinho. Na sequência, cortar em pedaços; Juntar os pedaços de mandioca com a água no liquidificador – a dica é seguir a proporção da receita acima, de ½ litro de água para cada 1 kg de mandioca. Bater bem até formar uma substância homogênea.

Coar o conteúdo com o auxílio de um pano tipo voal bem limpo, espremendo bastante para remover o máximo de líquido que conseguir.

Em seguida, cobrir uma travessa ou assadeira com um tecido de voal e distribuir a mandioca que restou por cima, espalhando com o auxílio das mãos e soltando com o auxílio dos dedos; Colocar a travessa ou assadeira com a mandioca para secar ao sol por algumas horas.

Quando a mandioca estiver mais para seca do que para úmida, levar ao forno em fogo baixo até torrar. Ficar de olho para não permitir que queime; Depois que a farinha de mandioca torrar, retirar do forno, esperar esfriar completamente em temperatura ambiente e armazená-la em um recipiente de vidro esterilizado e tampado para que seja melhor conservada.

Tome cuidado com a mandioca escolhida como matéria-prima para a sua farinha

Quando falamos a respeito de como fazer farinha de mandioca em casa, não podemos deixar de salientar que é necessário escolher uma mandioca própria para o consumo humano, ou seja, a chamada mandioca de mesa, que também pode ser conhecida pelo nome de mandioca-mansa.

Isso porque as mandiocas do
tipo brava não são adequadas para o consumo caseiro porque possuem uma toxina
ou veneno e o preparo caseiro não dispõe das ferramentas necessárias para
neutralizar o efeito da substância perigosa.

A ingestão da versão tóxica
ou venenosa da mandioca provoca cansaço, falta de ar, fraqueza, taquicardia,
agitação, confusão mental, coma e até a morte. Se não souber diferenciar uma
variedade da outra, peça a orientação de um profissional capacitado.

Fontes e Referências
Adicionais:

Você já sabia como fazer farinha de mandioca? Pretende experimentar em casa? Comente abaixo!

Note: There is a rating embedded within this post, please visit this post to rate it.

O conteúdo Como Fazer Farinha de Mandioca – 3 Formas e Dicas Especiais Aparece primeiro em Mundo Boa Forma