Cirurgia de Vesícula Emagrece ou Engorda?

Cirurgia de vesícula

Passar por uma cirurgia de vesícula emagrece ou engorda? Veja na nossa análise e saiba se esse procedimento pode causar alguma mudança de peso ou se não há relação alguma.

A vesícula biliar, ou apenas vesícula, é uma pequena bolsa que fica localizada logo abaixo do fígado, responsável por armazenar a bile que é produzida pelo órgão.

A bile tem em sua composição substâncias, chamadas de ácidos biliares, que auxiliam na digestão de gorduras através de sua emulsificação.

A grosso modo é como se fosse um “detergente” que atua sobre a gordura, facilitando a sua absorção no intestino. A vesícula biliar pode armazenar 20ml a 50ml de bile, e ela cheia tem o tamanho aproximado de uma pêra.

A vesícula biliar em si não é um órgão essencial e vital. Por isso, ao remover a vesícula de uma pessoa saudável, isso não irá causar problemas para a saúde ou digestão. Porém, pode haver um pequeno risco de diarreia e má absorção de gordura.

Problemas que atingem a vesícula biliar

Algumas
condições da vesícula biliar são:

  • Colecistite: é uma infecção da vesícula que muitas vezes ocorre devido a um cálculo biliar. Essa condição causa uma dor intensa e febre, e pode ser necessário uma cirurgia quando acontece a infecção ou ela é recorrente.
  • Cálculos biliares (colelitíase): as substâncias presentes na bílis podem cristalizar na vesícula biliar, formando cálculos biliares. Isso é algo comum e geralmente inofensivo, mas eles podem, às vezes, causar náusea, dor ou inflamação.
  • Pancreatite biliar: um cálculo biliar pode bloquear os dutos responsáveis por drenar o pâncreas. Como resultado, pode ocorrer uma inflamação do pâncreas, que é uma condição séria de saúde.
  • Câncer de vesícula biliar: embora seja uma condição rara, o câncer pode afetar a vesícula biliar. É difícil diagnosticar e geralmente é encontrado nos estágios finais, que é quando os sintomas aparecem. Os sintomas podem ser parecidos aos dos cálculos biliares.

A cirurgia de remoção da vesícula biliar, que também é chamada de colecistectomia, é um procedimento muito comum, e remover a vesícula biliar não impede que o fígado produza a bílis necessária para digerir as gorduras.

Por isso, muitas pessoas ficam na dúvida se a cirurgia de vesícula emagrece ou engorda. De fato, essa cirurgia pode afetar o seu peso a curto prazo, porém, certas mudanças no estilo de vida também podem te ajudar a perder ou manter o peso a longo prazo.

Por que a cirugia de vesícula emagrece?

Depois que uma pessoa passa pela cirurgia de remoção da vesícula biliar, é bem possível que ela perca peso. Isso normalmente ocorre pelos motivos abaixo:

  • Manutenção de uma dieta leve: Durante a recuperação, alimentos que causam gases e que são condimentados podem causar problemas gastrointestinais.
  • Eliminação de alimentos gordurosos: Após a cirurgia, você pode sentir dificuldade em digerir alimentos gordurosos até que seu corpo se adapte novamente. Por esse motivo, pode ser que o médico recomende que evite alimentos com um alto teor de gordura e frituras.
  • Medicamentos para dor: Após a cirurgia, podem ser administrados medicamentos para dor que têm como efeito colateral a constipação intestinal. Dor e constipação também podem reduzir o apetite, causando a perda de peso.
  • Porções menores: Durante algumas semanas após a cirurgia, pode ser que você não consiga ingerir grandes quantidades de alimento de uma só vez. Por isso, provavelmente terá que comer mais vezes ao dia, porém porções menores.
  • Diarreia: Um potencial efeito colateral que faz com que as pessoas acreditem que a cirurgia da vesícula emagrece é a diarreia. Entretanto, esse sintoma deve melhorar após algumas semanas.
  • Recuperação: Se você passou por uma cirurgia tradicional em vez de uma cirurgia laparoscópica, pode ser que sinta um maior desconforto, dor e precise de um tempo maior de recuperação pós-cirurgia. Isso pode afetar o apetite.

Como durante a recuperação você deverá consumir menos calorias comparado com o que consumia antes, provavelmente irá perder peso, ao menos temporariamente. Por isso, não faz sentido pensar que a cirurgia de vesícula engorda.

Controle de peso após a cirurgia

Se você perder peso com a cirurgia da vesícula e quiser mantê-lo, deve entender que as dietas da moda e “soluções rápidas” não apenas são ineficazes, como também podem ser perigosas. As formas mais seguras de perder peso são:

  1. Ser uma pessoa mais ativa.
  2. Manter uma dieta bem equilibrada, rica em vegetais, frutas, laticínios com baixo teor de
  3. Eliminar as calorias vazias de gorduras e açúcares, como por exemplo os doces e bebidas açucaradas.

Manter um estilo de vida ativo é essencial para a perda de peso após a remoção da vesícula biliar. Por isso, é muito importante falar com o médico sobre quando é o momento apropriado para retornar aos exercícios físicos.

Uma pessoa com uma perda muito grande de peso deve conversar com um médico para receber o aconselhamento e apoio adequado. Neste caso, o médico provavelmente irá recomendar um tempo de descanso após a cirurgia antes de começar ou voltar a se exercitar.

Dieta após a cirurgia de vesícula

Uma dieta rica em gordura pode causar cálculos biliares. Por isso, os pacientes são frequentemente aconselhados a seguir uma dieta com baixo teor de gordura algumas semanas antes da cirurgia. Após a cirurgia, a maioria das pessoas pode retornar lentamente a uma dieta regular.

Embora um médico não possa prescrever uma dieta especial, manter uma dieta leve pode minimizar o desconforto abdominal ou digestivo após a cirurgia. Esses são os principais pontos a se observar nessa dieta:

  • Evitar alimentos que causam gases;
  • Aumentar lentamente a ingestão de fibras;
  • Evitar alimentos gordurosos e fritos;
  • Comer refeições menores;
  • Reduzir a ingestão de cafeína;
  • Não comer alimentos picantes ou muito condimentados.

Para minimizar o risco de efeitos colaterais após a cirurgia da vesícula biliar, pode ser necessário consumir pequenas refeições inicialmente.

Efeitos colaterais comuns

Os efeitos colaterais da cirurgia devem durar apenas algumas semanas após o procedimento. Se durarem mais do que isso, informe o seu médico. Os mais comuns incluem:

Se você tiver um ou mais destes sintomas, deve consultar o seu médico e perguntar sobre medicamentos ou mudanças em seu estilo de vida que possam ajudar. Controlar o que agrava ou desencadeia os efeitos colaterais e evitá-los também pode ser útil.

Qualquer um dos sintomas abaixo que são considerados anormais deve ser relatado ao seu médico. São eles:

  • Febres;
  • Vômitos e náuseas que não desaparecem;
  • Feridas na pele que permanecem vermelhas, quentes, doloridas ou escorrendo;
  • Agravamento da dor de estômago;
  • Icterícia – amarelecimento dos olhos e da pele.

A cirurgia de vesícula emagrece principalmente devido aos cuidados que devem ser tomados na recuperação. No entanto, se você quiser manter esse peso, lembre-se de adotar uma dieta saudável e praticar exercícios físicos.

Fontes e Referências Adicionais:

Você já tinha ouvido falar que cirurgia de vesícula biliar emagrece ou engorda? Conhece alguém que tenha passado por isso? Comente abaixo!

Note: There is a rating embedded within this post, please visit this post to rate it.

O conteúdo Cirurgia de Vesícula Emagrece ou Engorda? Aparece primeiro em Mundo Boa Forma