Centella Asiática em Creme – Benefícios e Como Usar

A centella asiática em creme está
cada vez mais popular no Brasil. Conheça seus benefícios, o que a ciência fala
sobre ela e dicas de especialistas sobre como usar.

Também conhecida como gotu kola,
brahmi ou folha de pá, a centella asiática é uma planta que em vários países
asiáticos vem sido usada há séculos para o tratamento de beleza.

Muitas vezes chamada apenas de
Centella, esta planta é rica em aminoácidos, ácidos graxos, beta-caroteno e
numerosos potentes fitoquímicos.

A centelha asiática apresenta diversos benefícios para a
saúde
, estudados pela ciência, e é
utilizada desde creme destinado à beleza, cremes para varizes, produtos para emagrecer
entre vários outros.

Isso acontece porque foi encontrado
nesta planta extratos para acalmar inflamação, estimular o crescimento de novas
células, acelerar a cicatrização de feridas e criar colágeno.

Ultimamente, graças a várias
pesquisas que foram realizadas a respeito das suas propriedades de cura e
rejuvenescedoras da pele, a centella asiática em creme tem aparecido como
ingrediente em uma série de novos tratamentos.

Centella e seu longo histórico medicinal

Poucas plantas medicinais têm uma
história tão longa quanto a da centella. Há evidências de que ela foi usada
inclusive pelo homem pré-histórico.

Conhecida na medicina chinesa como
gotu kola, ela está listada entre os “elixires milagrosos da vida” e é
mencionada nas lendas como a erva que ajudou um famoso sábio a viver mais de
200 anos.

Na Índia, ela possui vários nomes,
como jalbrahmi, mandukparni ou brahmi, mas não confunda bacopa monnieri, outra
planta ayuvédica também chamada pelo nome de brahmi.

Muito importante na medicina
ayuvédica há milhares de anos, ela é usada para tratar feridas infectadas,
eczema, sífilis, lúpus, psoríase e distúrbios femininos.

Na França ela foi identificada e
aceita pela primeira vez como agente farmacêutico nos anos 1800 devido ao seu
uso no tratamento de problemas femininos, incluindo a infertilidade, além de
diarreia e disenteria, enquanto que medicina grega e inglesa foi considerada um
útil remédio contra hanseníase.

Tomada via oral era usada para tratar
distúrbios da pele como eczema, dermatite, lúpus, abcessos, hematomas, loucura,
esclerodermia, picadas de cobra, diarreia infantil, fraturas, epilepsia,
condições reumáticas, uretrite, asma, hematêse, bronquite, anemia, nefrite,
furunculose e dor de dente.

Na Tailândia, a centella é uma
bebida considerada um tônico para a saúde que faz o relógio voltar no tempo.

O que diz a ciência

Pesquisas realizadas em camundongos
descobriram que a centella asiática pode ajudar a acelerar o processo de
cicatrização de feridas, particularmente na fase em que o colágeno é necessário
para fechar a ferida.

Em um outro estudo publicado no International Journal of Molecular Sciences,
os pesquisadores descobriram que a centella asiática era eficaz na redução da
inflamação em um modelo de eczema em ratos (dermatite atópica).

Evan Rieder, professor assistente do
departamento de dermatologia Ronald O. Perelman da Universidade de Nova York
Lagone Health disse que existem alguns dados em humanos, embora sejam
limitados.

Uma publicação do Indian Journal of Medicine chama essa
planta de “erva com potencial para curar tudo”, enquanto um resumo de pesquisa
publicado na Phytomedicine diz que “a
Centella asiática foi submetida a extensas investigações experimentais e
clínicas”.

Recentemente, os pesquisadores que investigaram como a centella asiática cura
feridas identificaram produtos químicos vegetais específicos chamados saponinas
triterpenóides que demonstraram ajudar a curar feridas aumentando os
antioxidantes e o suprimento sanguíneo para a área e fortalecendo a pele.

Também há boas evidências de que ela
pode ajudar a reparar as veias. Pesquisas recentes mostram que ela é capaz de
penetrar na pele o suficiente para ser utilizada com eficácia.

Os cientistas estão experimentando a
aplicação desta erva para tratar psoríase, queimaduras, prevenir cicatrizes e
diminuir estrias.

De fato, as habilidades da centella
de aumentar a circulação são tão poderosas que têm sido usadas como um
tratamento eficaz para diversos tratamentos ligados à pele, inclusive celulite
ao encolher os tecidos conjuntivos que ligam as células de gordura sob a pele.

Benefícios da Centella Asiática em Creme

De acordo com uma revisão realizada
de 63 estudos, os benefícios da centella asiática em creme são:

  • Melhora celulite e estrias.
  • Protege as veias após a trombose
    venosa profunda (TVP).
  • Trata queimaduras.
  • Repara a pele e os vasos sanguíneos.
  • Protege a elastina e o ácido
    hialurônico da quebra protegendo a elasticidade, a saúde e a hidratação da
    pele.
  • Faz com que pessoas diabéticas
    evitem os estágios clínicos da doença venosa.
  • Trata a inflamação do tecido
    adiposo.
  • Acelera a cicatrização de feridas.
  • Protege as paredes dos vasos
    sanguíneos e repara os capilares com vazamentos melhorando a retenção de água.
  • Combate a glicação.
  • Aumenta a produção de fibronectina,
    colágeno tipo I, colágeno tipo III e estimula a proliferação de fibroblastos,
    proporcionando uma pele e tecido conjuntivo mais firme.
  • Tem propriedades anti-inflamatórias.
  • Previne o vitiligo protegendo as
    células da melanina dos danos oxidativos.
  • Melhora a insuficiência venosa
    crônica (IVC), hipertensão venosa, linfedema, hemorroidas, varizes e flebite.
  • Reduz o ressecamento da pele.
  • Estabiliza a placa arterial e
    previne a aterisclerose.
  • Melhora a função da barreira
    protetora da pele aumentando a hidratação da pele.
  • Previne e trata a fibrose.
  • Combate as rugas e o envelhecimento
    da pele devido a essas ações combinadas em elastina, colágeno e ácido
    hialurônico.
  • Previne cicatrizes hipertróficas e
    queloides.
  • Protege contra danos causados pelo
    sol.
  • Aumenta a oxigenação do tecido da
    perna, remoção de dióxido de carbono dos tecidos e reduz o inchaço / edema do
    tornozelo, peso da perna, dor, coceira, inchaço, cãibras, inquietação e
    cansaço.
  • Estimula a lipólise melhor do que a cafeína.
  • Trata a hiperpigmentação

Como usar centella asiática em creme

A maneira ideal de como usar
centella asiática em creme irá depender do creme que escolher e para que você o
está utilizando.

Como a centella asiática é rica em
antioxidantes e possui propriedades calmantes e reparadoras, Rhonda Q. Klein,
dermatologista certificada pelo Conselho de Dermatologia de Connecticut,
geralmente recomenda a aplicação do creme pela manhã ou duas vezes ao dia após
a limpeza da pele.

A dermatologista alerta para que
você preste atenção pois alguns cremes desta erva também contêm retinol,
substância que o torna mais sensível ao sol, por isso, se você comprar um que
contenha essa substância, use-o apenas durante a noite.

David Lortscher, dermatologista
certificado e CEO da Curology alerta
para que se a sua pele tem tendências a acne, o ideal é conversar com o seu
dermatologista antes de começar a usar o creme para garantir que o que você irá
utilizar não tenha ingredientes que obstruam os poros.

Use de maneira correta a centella
asiática em creme e verá os resultados em sua pele e saúde.

Fontes e Referências Adicionais:

Você já conhecia a centella asiática em creme? Pretende usar? Comente abaixo!

Note: There is a rating embedded within this post, please visit this post to rate it.

O conteúdo MundoBoaForma.com.br https://ift.tt/3cc7fiO
apareceu primeiro em Mundo boa forma