Capuchinha – Benefícios, para que serve e receitas

Você sabe para que serve a capuchinha? Aqui você vai encontrar os benefícios dessa planta medicinal e como usá-la em suas receitas.

A capuchinha é uma flor comestível com propriedades terapêuticas. Aliás, outras flores comestíveis que vale a pena conhecer são a calêndula e a alcachofra.

Veja então os benefícios da capuchinha e entenda como as flores comestíveis podem diversificar a sua alimentação e beneficiar a sua saúde. 

O que é a capuchinha?

Flor de capuchinha

A capuchinha é uma planta medicinal cujas folhas e flores são comestíveis. Além de ser comestível, a planta tem propriedades medicinais para a saúde.

A saber, ela também é conhecida por outros nomes como o nome científico Tropaeolum majus e nomes populares como capuchinho, flor-de-chagas, agrião-do-méxico, chagas, mastruço, capucina e cinco chagas.

De acordo com um estudo da International Journal of Molecular Sciences de 2015, a composição da capuchinha é a seguinte:

Nutrientes%
Água89%
Carboidratos totais7%
Fibra4%
Gordura0%

Enquanto isso, em relação às calorias e aos micronutrientes, a planta tem a seguinte composição:

NutrientesQuantidade em 100 g
Calorias21 kcal
Cobre0,47 mg
Ferro0,55 mg
Potássio0,22 mg
Manganês0,39 mg
Estrôncio0,38 mg
Zinco0,66 mg

Por fim, outros nutrientes encontrados na planta incluem são os flavonoides, os ácidos graxos, os carotenoides e os glicosídeos.

Aliás, o sabor de suas folhas e flores de tons amarelos e alaranjados lembra bastante o agrião. Aproveite e confira também os benefícios do agrião.

Para que serve

A planta tem propriedades antibióticas e expectorantes. Por isso, ela ajuda a aliviar sintomas de resfriados e da bronquite crônica. Além disso, outros usos da planta incluem:

  • Tratamento de condições ou lesões na pele;
  • Alívio de problemas urinários;
  • Redução da retenção de líquidos;
  • Controle da caspa.

Benefícios da capuchinha

Conheça melhor os benefícios da capuchinha.

1. Promove a saúde da pele

O efeito bactericida e anti-inflamatório da capuchinha ajuda a cicatrizar feridas na pele. Além disso, a capuchinha protege a pele contra infecções e pode retardar o envelhecimento precoce. 

2. Ajuda no tratamento da infecção urinária

Alguns estudos sugerem que a capuchinha tem propriedades antibióticas úteis para o tratamento da infecção urinária.

Aliás, a planta também serve para evitar as infecções urinárias recorrentes – especialmente quando combinada com a raiz de rábano. 

3. Trata as caspas

A ação anti-inflamatória da planta pode ajudar a cicatrizar pequenas feridas no local, a aliviar irritações e coceiras por causa da caspa e a combater os microrganismos que causam o problema.

4. Alivia a tosse e sintomas de resfriados

A vitamina C da capuchinha fortalece o sistema imunológico e dá suporte as células de defesa do corpo durante resfriados e gripes, por exemplo.

Além disso, a planta contém propriedades anti-inflamatórias que ajudam a aliviar a tosse, eliminar o muco e auxiliar no tratamento da asma, sinusite e bronquite.

5. Melhora a saúde bucal

A ação antibacteriana e antisséptica da planta pode proteger a saúde da boca contra cáries e acúmulo de placa bacteriana, por exemplo.

Embora não existam evidências sobre esse benefício, vale a pena usar o chá de capuchinha para fazer um bochecho.

Outros benefícios

Além disso tudo, algumas pesquisas indicam que a capuchinha pode:

  • Ajudar a emagrecer por reduzir os níveis de triglicerídeos no sangue;
  • Auxiliar no tratamento do escorbuto, doença causada pela deficiência em vitamina C.

Dicas de como fazer

bowl-de-salada-de-capuchinha

Existem muitas receitas em que a capuchinha pode ser incluída. Seu leve amargor combina muito com omeletes, ovos e queijos, por exemplo. Confira então algumas receitas com a planta!

Receita de chá de capuchinha

Ingredientes:

  • 4 colheres de capuchinha picada;
  • ½ litro de água fervente.

Modo de preparo:

A fim de preservar ao máximo as propriedades da planta, é melhor usar as folhas e flores frescas.

Primeiramente, ferva a água. Em seguida, adicione a capuchinha fresca ou seca. Por fim, desligue o fogo e deixe a mistura em infusão por alguns minutos.

Além de tomar o chá, você pode usar a infusão preparada para lavar os cabelos.

Receita de salada de capuchinha

Ingredientes:

  • 2 xícaras de folhas e flores de capuchinha;
  • 1 limão espremido;
  • 1 fio de azeite de oliva extra virgem;
  • 2 tomates fatiados.

Modo de preparo:

Logo depois de higienizar bem a capuchinha e o tomate, fatie o tomate e reserve. Em seguida, pegue um bowl para salada e coloque as folhas de capuchinha.

Se as folhas forem muito grandes, corte com a mão em pedaços menores. Adicione os tomates e tempere com limão e azeite. Por fim, coloque algumas flores por cima para decorar.

Certamente você pode incrementar a receita e incluir outros vegetais e temperos em sua salada.

Receita de molho pesto de capuchinha

Ingredientes:

  • 2 xícaras de folhas de capuchinha;
  • ½ xícara de talos de capuchinha em fatias finas;
  • 4 dentes de alho;
  • 1 xícara de azeite;
  • ½ xícara de pinhões torrados;
  • ¼ xícara de queijo parmesão fresco ralado.

Modo de preparo:

Em primeiro lugar, pegue uma panela grande e coloque uma porção de água suficiente para mergulhar as folhas de capuchinha.

Em seguida, aqueça a água. Enquanto isso, prepare outro recipiente com a mesma quantidade de água gelada. Assim que a água estiver bem quente, adicione as folhas de capuchinha. Conte lentamente até 10 e escorra.

Logo após isso, transfira a capuchinha para o banho de água gelada previamente preparado para que ela esfrie. Escorra mais uma vez e reserve.

Depois disso, em um liquidificador, coloque as folhas de capuchinha, o alho, o azeite e os pinhões. Bata tudo até obter uma mistura homogênea.

Por fim, transfira a mistura obtida para um recipiente médio, adicione os talos da capuchinha e o queijo ralado e sirva.

Alerta

Algumas pessoas podem sentir uma leve irritação gástrica ou cutânea ao consumir capuchinha, mas em geral a planta não causa nenhum problema.

Até mesmo gestantes e lactantes e aqueles que sofrem de gastrite – ou outras condições como hipotireoidismo, insuficiência cardíaca ou insuficiência renal, por exemplo – podem ingerir a planta com moderação ou de acordo com a orientação médica.

Fontes e Referências Adicionais

Você já usou a capuchinha para algum desses benefícios? Então, comente abaixo!

Note: There is a rating embedded within this post, please visit this post to rate it.

O conteúdo Capuchinha – Benefícios, para que serve e receitas Aparece primeiro em Mundo Boa Forma