Capeba Emagrece? Para Que Serve, Chá e Como Tomar

Não é raro a gente ouvir falar a respeito de uma ou outra planta
que pode ajudar a perder peso. Entretanto, antes de começar a usar a erva em
questão, precisamos ter certeza de que ela realmente pode ser útil. Por isso,
no artigo de hoje, nós vamos falar sobre a Capeba. Será que capeba emagrece?

Será que a erva realmente funciona neste sentido ou seria a
planta mais uma daquelas dicas de
emagrecimento que nunca dão certo
? Continue conosco e confira!

Sobre a capeba

A capeba (Piper umbellatum), também conhecida pelos nomes de aguaxima, caapeba, caá-peuá, caena,
capeba, capeba-do-campo, capeba-do-norte, catajé, lençol-de-santa-barbara,
malvarisco, manjerioba, pariparoba, pariparoba do mato, pariparova, periparoba, pimenta de folha ou hoja santa, é
uma planta
alimentícia não convencional (PANC)
que faz parte da família das Piperáceas.

Parente da pimenta-do-reino, a capeba tem um sabor intenso e
picante. As suas folhas, que sempre devem ser cozidas antes do consumo, podem
ser refogadas ou aparecer em receitas de charutos enrolados.

As folhas da planta também são utilizadas na preparação de um
chá empregado na medicina popular. Entretanto, a planta não deve ser confundida
com a Alchornea sidifolia, que não é comestível, é tóxica e não
apresenta frutos no formato de dedos ao longo do seu caule.

E então, será que a capeba emagrece?

O estudo “Piper umbellatum L. = Pothomorphe umbellata 
(L.) Miq.
”, disponibilizado pela Revista Fitos, periódico científico da Fundação Oswaldo Cruz
(Fiocruz) informou que a medicina popular atribui propriedades diuréticas à
infusão (um tipo de chá) da raiz da capeba ingerida em jejum ou antes do almoço.

Dizer que uma planta é diurética significa afirmar que ela
estimula a eliminação de água do corpo na forma de urina. Isso pode ser útil em
relação à retenção
de líquidos
, uma condição conhecida por provocar o inchaço, um sintoma que,
por sua vez, dá a impressão de que o corpo está mais volumoso.

Logo, ao tomar uma bebida diurética e eliminar mais água através
da urina, a pessoa pode ter a sensação de estar mais magro quando, na
realidade, perdeu ou reduziu o inchaço. Entretanto, mesmo se a medicina popular
estiver certa e a infusão da chá da raiz de capeba realmente for diurética,
isso não significa necessariamente que a capeba emagrece.

Isso porque o que ocorre é a eliminação de peso na forma de água
e não de gorduras. Assim, quando a água for reposta esse “peso perdido” será
recuperado. Antes que alguém pense em tomar os diuréticos excessivamente, já
alertamos que tomar chás ou infusões diuréticas de forma exagerada não é uma
boa ideia porque existe o risco de que seja desenvolvido um quadro de
desidratação. Aproveite para conhecer os sintomas
da desidração.

Isso sem contar que dosagens excessivas da planta capeba já
foram associadas a uma série de reações adversas e prejudiciais para a saúde.

Assim, se o seu objetivo é emagrecer, o ideal mesmo é que siga
uma alimentação saudável, controlada, nutritiva e equilibrada. Caso tenha
dificuldades para manter-se nesse tipo de regime, procure o auxílio de um
nutricionista, que saberá indicar um método de dieta que funcione para você, ao
mesmo tempo em que fornece a energia e os nutrientes que o seu organismo exige
para funcionar direitinho.

Praticar exercícios físicos com frequência também é uma
estratégia que contribui com o processo de perda de peso, uma vez que as
atividades físicas maximizam a quantidade de calorias que são queimadas pelo
corpo. No entanto, o ideal é que os treinamentos sempre aconteçam sob o
acompanhamento e a orientação de um educador físico para garantir que eles
sejam não apenas eficientes como também seguros.

Para que serve a capeba

– Nutrição

De acordo com informações da Sustentarea, núcleo de extensão da
USP sobre alimentação saudável, a capeba é uma PANC composta por nutrientes
importantes para o funcionamento apropriado do organismo humano como cálcio e
vitamina C.

– Usos medicinais

O estudo “Piper umbellatum L. =
Pothomorphe umbellata  (L.) Miq.
”,
disponibilizado pela Revista Fitos, periódico científico da Fiocruz, se propôs a
compilar informações relevantes sobre o uso da capeba e apontou que a planta é
usada pela medicina popular para lidar com problemas no fígado e problemas na
vesícula, como estimulante das funções estomacais, pancreáticas e do baço, na
forma de xarope para tosse e bronquite e externamente para tratar dores de
cabeça, reumatismo, furúnculos e queimaduras leves, por exemplo.

O problema é que a pesquisa também indicou que não foram
encontrados estudos clínicos para sustentar os usos medicinais da planta.
Portanto, utilizar a capeba para lidar com algum problema de saúde carrega os
seus riscos.

Com isso, o melhor mesmo antes de usar a planta para qualquer
finalidade medicinal é consultar o médico para saber se realmente deve fazer
isso. Como vamos aprender mais embaixo neste artigo, dosagens elevadas da
planta já foram associadas a uma série de problemas para a saúde.

Cuidados com a capeba

Mais importante do que saber se a capeba emagrece é conhecer os
riscos que estão associados ao seu uso.

Pois bem, o uso de dosagens acima das indicadas da planta podem
provocar reações adversas como náuseas, vômito, cólicas, diarreia, pequena elevação
da temperatura, cefaleia (dor de cabeça), aumento da diurese (produção e
secreção de urina), erupções na pele e tremores nos membros que podem evoluir
para uma paralisia.

Já o uso de quantidades muito acima do normal da capeba pode
resultar em problemas como inflamação colecistica (na vesícula biliar),
inflamação pielorenal (na região dos rins), dores nas regiões hepato-vesicular
(do fígado e da vesícula), lombar e vesical (da bexiga), hematúria (sangue na
urina), presença de cristais de oxalato, uratos 
(sal do ácido úrico) de bile e de alguns resíduos celulares, sedimentos
e resina na urina.

Por isso, enfatizamos que é realmente importante consultar o
médico antes de utilizar a planta para qualquer finalidade para saber se ela
pode ajudar mesmo, se não pode fazer mal para a saúde e aprender como tomar o
chá da planta ou fazer o seu uso por meio de outra receita com segurança, ou
seja, conferir em qual dosagem, frequência de uso e duração máxima de tempo a
capeba pode ser utilizada.

Essa recomendação deve ser seguida por todas as pessoas, porém é
especialmente relevante para as crianças, os adolescentes, os idosos, as
mulheres grávidas, as mulheres que amamentam e as pessoas que sofrem com algum
tipo de doença ou condição específica de saúde.

Precisamos lembrar que mesmo os produtos naturais como as plantas
pode ter contraindicações, provocar reações adversas e interagir com
medicamentos, suplementos e outras plantas.

Portanto, se você toma algum remédio ou suplemento ou faz uso de
outra planta, aproveite a consulta ao médico para saber se não pode fazer mal
utilizar a capeba ao mesmo tempo em que a substância em questão.

Caso experimente qualquer um dos efeitos colaterais mencionados
acima ou ainda algum outro tipo de reação adversa ao usar a planta, procure
rapidamente o auxílio médico mesmo que não imagine se tratar de um problema tão
grave assim.

Isso é necessário para verificar a real seriedade do sintoma em
questão, receber o tratamento apropriado e saber se pode continuar ou não a
usar a capeba.

Fontes e Referências Adicionais:

Você já sabia se capeba emagrece? Conhece alguém que possa confirmar? Comente abaixo!

Note: There is a rating embedded within this post, please visit this post to rate it.

O conteúdo MundoBoaForma.com.br https://ift.tt/2uAZ8v9
apareceu primeiro em Mundo boa forma