Botox na Boca – Para Que Serve, Riscos, Cuidados e Dicas

Como o botox pode ser aplicado em praticamente todas as partes do rosto, o botox na boca tem se tornado cada vez mais comum. Entenda aqui para que serve o Botox na boca, quais são os benefícios e riscos da técnica e não deixe de conferir o antes e depois de pessoas que aplicaram o Botox e não se arrependeram do que conquistaram.

Você provavelmente já conhece outros tipos de Botox. Caso
você não saiba exatamente como ele funciona, confira o que é o Botox e para
que ele serve. Os vários tipos de Botox no rosto podem reduzir linhas de
expressão, deixar a pele mais firme e trazer tantos outros benefícios. Na boca,
o Botox pode deixar os lábios mais carnudos e muitas outras mudanças.

Se você está grávida ou pretende engravidar, e está com receio de aplicar Botox, saiba se grávida pode fazer Botox sem prejudicar o bebê.

Quer saber o que mais pode mudar
no seu visual usando Botox na boca? Veja a seguir como funciona e quais são os
benefícios que você pode obter aplicando Botox nos lábios.

O que é Botox?

De acordo com uma publicação de
2010 do Indian Journal of Dermatology, o Botox é a forma cosmética da toxina
botulínica, que é um composto químico com propriedades que fazem com que os
músculos enfraqueçam ou fiquem paralisados temporariamente. Por meio de uma
injeção de Botox, os músculos ficam relaxados no local da aplicação por um
determinado período de tempo, a depender da quantidade e intervalo entre as
injeções.

De uma forma mais científica, o
Botox é uma proteína obtida a partir da toxina botulínica, que é produzida pela
bactéria Clostridium botulinum – presente em ambientes naturais como no
solo, nos lagos, nas florestas e até no trato intestinal de mamíferos e de
peixes.

Quantidades muito grandes dessa
toxina podem causar o botulismo, uma intoxicação muito grave que pode levar à
morte.

Mesmo sendo uma toxina, em doses
baixas e quando usada da maneira correta, o Botox pode ser aproveitado para
usos médicos e cosméticos. Segundo o American Osteopathic College of
Dermatology, o Botox é considerado seguro e tem poucos efeitos adversos quando
utilizado dentro de um contexto terapêutico.

O Botox, mesmo em doses muito
baixas, causa a paralisação temporária dos músculos, o que pode ser bem
aproveitado pelo mercado estético para eliminar linhas de expressão, por
exemplo. Existem várias versões comerciais da toxina botulínica, mas a mais
famosa é a Botox.

Compreenda melhor como é a aplicação do Botox no rosto antes de saber como a substância atua na boca.

Botox na boca

Quando injetado na região da boca,
o Botox pode remodelar os lábios. Mas é preciso que a aplicação seja feita com
cuidado e por um profissional.

Existem cerca de 43 músculos no
rosto e é preciso que quem está aplicando as injeções conheça bem tais músculos
e saiba exatamente onde o Botox deve ser inserido para produzir o resultado
almejado.

A quantidade de injeções varia e
depende de quais características ao redor da boca você pretende mudar.

Para que serve

O Botox na boca serve para
diversos fins estéticos, como:

  • Minimizar
    vincos no lábio superior e inferior;
  • Suavizar
    ou remover linhas de expressão nos cantos da boca;
  • Corrigir o
    sorriso que mostra muito as gengivas;
  • Elevar os
    cantos da boca;
  • Melhorar a
    aparência do lábio superior.

O procedimento de aplicação do
Botox é muito simples e não requer anestesia e nenhum tipo de preparo.

Como funciona o Botox?

A toxina
botulínica afeta o sistema nervoso, interrompendo parte do processo de sinalização
nervosa que estimula a contração dos músculos. Com esse mecanismo interrompido,
ocorre uma paralisia muscular temporária.

A interrupção
desse processo ocorre porque o Botox impede a liberação de acetilcolina, uma
espécie de mensageiro químico que permite a contração das células musculares.
Desta forma, os músculos que recebem as injeções de Botox se contraem menos e
se tornam menos rígidos.

Um estudo de 2010 do Indian Journal of Dermatology, indica que a ação do Botox demora de 24 a 72 horas para entrar em vigor. A duração do efeito da toxina botulínica é temporário e pode durar de 3 a 12 meses, dependendo do local e da quantidade de injeções aplicadas. Depois desse período, é preciso reaplicar o Botox para preservar os resultados.

Como fica a boca depois de um Botox?

Os resultados do Botox na boca vão
depender do local em que as injeções são aplicadas.

– Botox na boca para aumento dos lábios

Um exemplo prático desse tipo de aplicação de Botox é aquele que faz os lábios parecerem maiores do que realmente são. Nesse caso, as injeções são aplicadas na parte superior média do lábio superior. O Botox faz os músculos da região relaxarem e, quando eles relaxam, o lábio acaba se curvando para cima, alongando o lábio superior sem precisar adicionar volume por meio de outros métodos estéticos como o preenchimento labial, por exemplo.

– Botox para corrigir o sorriso

Outra técnica é aquela usada para esconder parte da gengiva quando ela é muito perceptível no sorriso. Embora seja normal, algumas pessoas se incomodam com isso e podem corrigir o pequeno problema com a ajuda do Botox. A injeção nessa situação é aplicada na região do arco do cupido, que é a parte central do seu lábio superior que geralmente tem um formato em “V”. Nesta parte da boca, está o músculo orbicular da boca, que é o músculo que atua toda vez que você enruga os lábios. Aplicar o Botox nesse local causa o relaxamento do músculo e dessa forma os lábios se curvam. Assim, quando você sorrir, o relaxamento muscular vai ajudar a cobrir as gengivas e permitir que os lábios apareçam mais e fiquem um pouco maiores.

Logo depois do procedimento, que
dura cerca de 10 a 15 minutos, você já pode retomar suas atividades normalmente
já que o Botox não é considerado um procedimento cirúrgico e não exige tempo de
recuperação.

Se você busca um procedimento
cirúrgico mais completo capaz de remover várias linhas de expressão de uma só
vez, talvez você se interesse pelo lifting facial ou pela técnica do fio russo.

– Botox para suavizar rugas labiais

Muita gente procura o Botox na boca
para reduzir ou eliminar as linhas de expressão e rugas na região dos lábios. O
resultado é temporário, mas torna imperceptíveis as marcas de expressão
formadas na boca ao longo dos anos.

Antes e depois

Para visualizar o que descrevemos
acima, selecionamos algumas imagens de pessoas que se submeteram a um Botox na
boca para que você veja o que esperar desse procedimento estético.

Leva mais ou menos uma semana para
que o Botox exerça seu papel no relaxamento dos músculos. Os resultados
persistem por vários meses, mas a boca volta ao que era antes quando o efeito
do Botox começa a desaparecer.

Riscos

Tanto o Botox como outros produtos
aplicados na boca para fins estéticos têm benefícios e riscos envolvidos.

Alguns efeitos adversos,
geralmente leves, que podem ocorrer e durar alguns dias podem incluir:

  • Dormência
    no local da injeção;
  • Dor de
    cabeça;
  • Hematomas
    no local da injeção;
  • Inchaço
    temporário;
  • Náusea;
  • Sensibilidade.

Também há o risco de efeitos colaterais mais sérios, mas felizmente eles são raros. São eles:

  • Fraqueza
    muscular geral;
  • Dificuldade
    para falar;
  • Distúrbios
    visuais;
  • Dificuldade
    para respirar;
  • Dificuldade
    para engolir.

Há ainda alguns riscos específicos
que podem afetar quem aplica Botox na boca que têm a ver com o efeito de
relaxamento causado nos músculos. Esse relaxamento enfraquece os músculos dos
lábios e traz muitos efeitos estéticos benéficos, mas também pode afetar a sua
capacidade de franzir, assobiar, beijar e até de usar canudos. O
enfraquecimento muscular pode afetar até a fala e a dicção além de fazer a
pessoa morder os lábios com frequência. Tais efeitos podem acontecer,
principalmente quando uma quantidade muito alta de Botox é aplicada em uma
região só.

De acordo com a American Society
of Plastic Surgeons, o Botox é seguro e mais de 6,7 milhões de procedimento com
a toxina foram realizados somente no ano de 2015.

Além disso, como o efeito do Botox
é temporário, os efeitos colaterais – quando observados – também é passageiro.

Uma publicação de 2008 do European Journal of Neurology, mostra que em casos raros, o tratamento estético com Botox pode falhar por causa da ação de anticorpos que combatem a toxina.

Cuidados e dicas

Quem está grávida, ou planeja engravidar nos próximos meses, não deve se submeter a injeções de Botox.

A American Society of Plastic
Surgeons também aconselha que as pessoas não esfreguem e nem massageiem a
região onde foi aplicada a injeção de Botox porque isso pode espalhar a
substância ao redor da pele, causando o relaxamento de outros músculos. Caso
você faça isso acidentalmente, pode ser que você sinta uma fraqueza facial
temporária ou uma leve queda em alguns músculos do rosto.

Vale a pena apostar no Botox na boca?

As injeções de Botox não geram
resultados permanentes, então é importante considerar os custos de manutenção
envolvidos no tratamento. O relaxamento dos músculos labiais é temporário e os
resultados podem durar algumas semanas ou vários meses, dependendo do tipo da
aplicação e da quantidade.

Assim, antes de decidir aplicar
Botox, se informe sobre os custos e sobre os intervalos entre as aplicações
para que os resultados sejam mantidos por mais tempo.

Procurar um bom profissional para
fazer as aplicações é importante não só para evitar efeitos colaterais, como
também para ter um efeito mais natural e evitar danos à sua saúde causados pela
má aplicação ou pelo uso de doses inadequadas de Botox.

Referências
adicionais:

Você já pensou em fazer botox na boca? Conhece alguém que já fez e possa recomendar? Comente abaixo!

Note: There is a rating embedded within this post, please visit this post to rate it.

O conteúdo Botox na Boca – Para Que Serve, Riscos, Cuidados e Dicas Aparece primeiro em Mundo Boa Forma