Benefícios da trapoeraba – Para que serve e receitas

Conheça os benefícios e propriedades dessa planta medicinal, para que serve e aprenda algumas receitas para usar a trapoeraba da melhor maneira possível.

Além de ter muitas flores e decorar ambientes, a trapoeraba tem vários benefícios e propriedades terapêuticas. Por isso, a trapoeraba é um bom exemplo de plantas alimentícias não convencionais.

Aliás, a planta trapoeraba não tem um sabor marcante e lembra bastante o sabor neutro da ora-pro-nobis, que também é muito interessante para a saúde humana.

De fato, a trapoeraba não é apenas uma planta para decoração de ambientes. Confira então abaixo os motivos por trás dos benefícios da planta trapoeraba.

Trapoeraba – O que é

A trapoeraba (Commelina benghalensis ou Commelina sp) é uma erva daninha devido à sua facilidade de propagação em cultivos de outras plantas.

Mas apesar de causar dor de cabeça a alguns produtores rurais, a trapoeraba oferece muitas propriedades benéficas para a saúde.

Aliás, outros nomes populares para essa planta nativa da América do Sul são: tracoeraba, trapoerava, olho-de-santa-luzia e erva de santa luzia.

A planta pode atingir até 40 cm de altura e exibe folhas e caules roxos com flores que podem ser rosas, roxas ou de tons azulados, por exemplo.

Para que serve a trapoeraba

Certamente, suas lindas flores fazem com que a planta seja o ornamento ideal na decoração de jardins e de interiores.

A saber, do ponto de vista medicinal, a trapoeraba serve para:

  • Promover a eliminação de toxinas;
  • Evitar a retenção de fluidos;
  • Contribuir para a prevenção do envelhecimento precoce.

Propriedades

Além de ser nutritiva, a trapoeraba tem propriedades diuréticas, antirreumáticas e anti-inflamatórias.

A presença de vários nutrientes – como proteínas, fibras e sais minerais como o magnésio, o zinco e o cálcio, por exemplo – ajuda na prevenção de vários problemas de saúde.

Benefícios da trapoeraba

Commelina spp

Veja então a seguir como a trapoeraba pode beneficiar a sua saúde.

1. Ajuda a regular a pressão

A ação diurética da planta ajuda a liberar mais sais minerais. De fato, isso ajuda a regular a pressão arterial.

Substâncias presentes na trapoeraba como flavonoides, taninos, alcaloides e saponinas, por exemplo, contribuem para a propriedade diurética da planta.

Com a liberação dessa urina “extra”, pode restaurar o equilíbrio eletrolítico e assim ajudar no controle da hipertensão.

2. Atua no tratamento de infecções 

O efeito diurético que aumenta o volume de urina também ajuda a prevenir e tratar infecções no trato urinário como a cistite, por exemplo.

Aliás, a planta também tem ação antiparasitária que alivia a diarreia causada por infecções parasitárias.

3. Pode auxiliar na perda de peso 

Como resultado do efeito diurético, ocorre a redução do inchaço e da retenção de líquidos. Ambos contribuem para a perda de peso.

Além de diminuir o inchaço abdominal, a planta ajuda a eliminar toxinas – o que deixa o corpo mais saudável.

4. Evita o envelhecimento precoce

Os antioxidantes da trapoeraba previnem o envelhecimento precoce. A saber, isso acontece porque os antioxidantes tem o poder de neutralizar a ação dos radicais livres que se acumulam no nosso corpo diariamente.

De fato, tais radicais livres podem danificar as células (inclusive as da pele) e antecipar o aparecimento de manchas e marcas relacionadas à idade.

Assim, ao neutralizar o excesso de radicais livres, a trapoeraba ajuda a preservar a pele jovem e saudável por mais tempo.

Outros benefícios

De acordo com um estudo de revisão da Journal of Pharmaceutical Sciences and Research de 2019, a trapoeraba tem propriedades:

  • Analgésicas;
  • Antimicrobianas e antivirais;
  • Antitérmicas;
  • Anti-inflamatórias;
  • Antidepressivas;
  • Cicatrizantes.

Por fim, a planta também pode promover a fertilidade e atuar como um protetor hepático

Como fazer

Folhas cruas, escaldadas ou cozidas têm um gosto levemente amargo que pode não ser agradável para todos os paladares.

Por isso, a inclusão da trapoeraba em outros pratos como saladas, refogados de legumes, ensopados ou omeletes é bem vinda – já que isso disfarça o amargor das folhas.

As flores in natura bem higienizadas também são comestíveis e podem ser usadas para decorar os pratos.

Portanto, confira abaixo ideias de receitas para fazer com a trapoeraba.

Receita de suco verde de trapoeraba 

Ingredientes:

  • 3 xícaras de melão picado maduro;
  • Suco de 1 limão;
  • 2 xícaras de chá de trapoeraba picada à mão;
  • 1 pepino pequeno.

Modo de preparo:

Em primeiro lugar, coloque todos os ingredientes no liquidificador. Logo após, bata tudo até ficar homogêneo.

Se preferir, coe o suco verde antes de tomar e está pronto.

Receita de salada com trapoeraba

Ingredientes: 

  • 1 punhado de trapoeraba picada à mão;
  • 200 g de tomate cereja;
  • Suco de 1 limão;
  • Sal a gosto.

Modo de preparo:

Logo depois de lavar bem os ingredientes, coloque a trapoeraba e o tomate cereja em um recipiente para salada.

Em seguida, tempere com sal a gosto e limão e pronto. Se quiser, adicione um mix de folhas para tornar sua salada ainda mais nutritiva e apetitosa.

Chá de trapoeraba

Ingredientes:

  • 1 xícara de água;
  • 1 colher de sopa de trapoeraba fresca picada.

Modo de preparo:

Primeiramente, ferva a água. Assim que a água começar a ferver, apague o fogo e adicione a trapoeraba.

Por fim, abafe o conteúdo usando uma tampa e espere ao menos 10 minutos antes de peneirar e servir. Você pode tomar esse chás até 3 vezes ao dia.

Alerta

Em geral, não há contraindicações para o uso da trapoeraba. Mas tome cuidado e evite exageros caso você esteja grávida ou for diagnosticada com doenças crônicas que prejudicam o funcionamento dos rins.

No mais, ela é uma planta medicinal que pode ser usada de várias formas e não só como um chá de ervas.

Fontes e Referências Adicionais

Você já teve a oportunidade de conhecer a trapoeraba? Então, comente abaixo!

Note: There is a rating embedded within this post, please visit this post to rate it.

O conteúdo Benefícios da trapoeraba – Para que serve e receitas Aparece primeiro em Mundo Boa Forma