Benefícios da geleia real e como usar

Digna de um banquete real, essa geleia é extremamente nutritiva. Confira os benefícios da geleia real e como usar esse alimento tão especial produzido pelas abelhas.

A geleia real, leite de abelha, saliva de abelha ou cuspe de abelha tem um sabor levemente ácido, uma textura espessa e leitosa e uma cor branca ou amarela.

De fato, tanto o uso oral quanto o uso tópico trazem benefícios para a saúde, como por exemplo o alívio de sintomas da TPM e a cicatrização mais rápida de feridas na pele.

As propriedades anti-inflamatórias, bactericidas e antioxidantes dessa geleia são impressionantes e garantem a nutrição e vida longa da abelha rainha.

Aliás, são as abelhas operárias as responsáveis por produzir a geleia e acredita-se que é por se alimentar da geleia real que a abelha rainha vive muito mais tempo do que as operárias.

Além disso, outro alimento produzido pelas abelhas que traz diversos benefícios é o própolis. Veja também quais são os benefícios do própolis

Geleias em geral são alimentos calóricos que podem dificultar a perda de peso. Assim, se você está preocupado com o teor calórico da geleia real, não deixe de conferir se a geleia real engorda ou emagrece.

Nutrição da geleia real

A geleia real contém nutrientes indispensáveis para uma boa saúde. O alimento apresenta um alto teor de água além de proteínas, carboidratos, gorduras e sais minerais como o ferro, o magnésio, o enxofre e o zinco.

Além disso, a geleia conta com a presença de aminoácidos, enzimas e coenzimas importantes para o metabolismo e vitaminas como a vitamina A, algumas vitaminas do complexo B, a vitamina C e a vitamina E.

É claro que a composição da geleia real pode sofrer leves variações de acordo com o local e clima onde ela é produzida, mas em geral os benefícios são os mesmos.

Benefícios da geleia real

abelha-coletando-pólen-na-flor

Veja o que a ciência já sabe sobre os efeitos da geleia real na saúde humana:

1. Promove a longevidade

A geleia real é o principal alimento consumido pela abelha rainha e é a ingestão desse alimento que faz com que ela viva por muito mais tempo – até 40 vezes mais tempo do que as abelhas operárias.

De fato, na medicina tradicional, a geleia real serve para promover longevidade e proteger a pele do envelhecimento precoce. Aliás, além de viver mais, a abelha rainha tem o dobro do tamanho das abelhas operárias.

2. Pode ajudar no combate ao câncer

Alguns dos efeitos adversos relacionados ao tratamento do câncer podem ser minimizados pelo uso da geleia real.

Conforme dados publicados em um estudo, o suplemento de geleia real pode diminuir os danos cardíacos causados pela quimioterapia.

3. Facilita a cicatrização

A geleia real tem nutrientes que ajudam a acelerar a cicatrização.

De acordo com estudo da revista Nutrition Research and Practice de 2010, ela aumenta a quantidade de fibroblastos na ferida – que estão diretamente envolvidos no processo de cicatrização. 

Além disso, as vitaminas da geleia real estimulam a produção de colágeno. E isso ajuda a pele a se recuperar mais rapidamente.

4. Pode ser boa para o cérebro

A geleia real também beneficia a função cerebral, especialmente funções cognitivas como a memória e a concentração.

De acordo com uma pesquisa, a geleia real pode reduzir os níveis de estresse e fortalecer o sistema nervoso central. O principal fator envolvido na saúde do cérebro parece ser o poderoso efeito antioxidante da geleia.

5. Pode ajudar a controlar a diabetes tipo 2

Um estudo de 2014 da revista Chinese Journal of Integrative Medicine indica que a administração de 1 g de geleia real por dia durante oito semanas foi suficiente para diminuir os níveis de glicose no sangue.

De fato, esse efeito pode ajudar na regulação da glicemia em pacientes diabéticos. Apesar disso, estudos mais amplos ainda precisem ser conduzidos.

Aproveite para conhecer as melhores frutas para baixar a glicose.

6. Pode aliviar sintomas da TPM e da menopausa 

Estudos indicam que a geleia real melhora alguns dos sintomas da tensão pré-menstrual e da menopausa.

Uma publicação de 2014 do Complementary Therapies in Medicine, por exemplo, mostrou que o uso diário de 1.000 mg de geleia real resultou em sintomas de TPM mais leves durante dois meses.

Conforme dados de um estudo publicado em 2016 na revista Gynecological Endocrinology, o uso de 150 mg de geleia real durante três meses foi capaz de melhorar até os níveis de colesterol em mulheres na pós-menopausa.

De acordo com especialistas, é provável que a geleia real ajude durante a TPM. Tal benefício se deve aos nutrientes como as vitaminas do complexo B. De fato, elas são ótimas para o sistema nervoso e para promover a reparação de tecidos que se rompem durante a menstruação.

7. Aumenta a imunidade

A geleia real apresenta propriedades anti-inflamatórias, antibióticas e antioxidantes que favorecem a redução da inflamação, de infecções bacterianas e do estresse oxidativo.

Alguns dos componentes da geleia real são responsáveis pela sua atividade bacteriana, de acordo com estudo. Por isso, a geleia ajuda a diminuir o risco de infecções e dar suporte à função imunológica.

Esses fatos combinados ao alto teor de nutrientes encontrado na geleia fazem com que ela seja um alimento excelente para promover o sistema imunológico.

8. Deixa a pele mais saudável

Além de promover uma cicatrização mais rápida, a geleia real contém nutrientes que estimulam a produção de colágeno e que deixam a pele bem hidratada e bonita.

Certamente, o seu efeito antioxidante também é importante para proteger a pele dos danos causados pela exposição à radiação ultravioleta do sol.

9. Promove a saúde cardiovascular

Por fim, o risco de doenças cardíacas pode ser reduzido com o consumo de geleia real. Isso porque estudos sugerem que o alimento pode ajudar na redução da pressão arterial e no controle dos níveis de colesterol.

De acordo com estudos iniciais, há proteínas específicas na geleia real que atuam diminuindo o colesterol total e o colesterol LDL (colesterol ruim).

Outros benefícios

Algumas pessoas acreditam que a geleia real pode melhorar a circulação sanguínea, afetando positivamente a fertilidade masculina e exercendo um efeito afrodisíaco.

Outro possível benefício tem a ver com a saúde dos olhos. De acordo com dados de uma pesquisa publicada em 2017 na PLoS One, o suplemento oral de geleia real pode aumentar a secreção de lágrimas e ajudar no tratamento dos olhos secos.

Embora não tenham sido comprovados cientificamente, as propriedades da geleia real podem ajudar a:

  • Combater à fadiga; 
  • Melhorar o humor;
  • Promover a saúde dos ossos;
  • Gerar um efeito detox;
  • Auxiliar na perda de peso;
  • Melhorar a digestão e a saúde intestinal. 

Como usar!

A geleia real pode ser encontrada em várias formas. As ampolas ou cápsulas de gel, por exemplo, podem ser adquiridas em lojas de suplementos.

A geleia real in natura, por sua vez, também pode ser encontrada com facilidade, mas ela é muito mais sensível e merece atenção na hora do armazenamento.

Em sua forma natural, a geleia é certamente muito mais rica em nutrientes. Mas, para que eles não se deteriorem, é necessário guardar a geleia real no congelador.

A saber, a geleia real pode ser hidrolisada (natural), líquida (com conservantes) e liofilizada (desidratada).

De fato, a versão liofilizada é uma das melhores no ponto de vista da conservação, pois isso significa que a geleia foi desidratada e congelada – o que prolonga a vida útil do alimento.

Uso oral

Tomar uma colher de chá de geleia real duas a três vezes ao dia é suficiente para trazer todos os benefícios. Se você optar por cápsulas de geleia real, tome uma cápsula por dia ao acordar ou verifique a posologia no rótulo do produto.

Aliás, em estudos clínicos geralmente são usados de 6 a 10 gramas de geleia real, mas não há uma dosagem oficial recomendada.

Uso tópico

Também é possível aplicar a geleia real diretamente sobre a pele. Se esse for o caso, aplique uma pequena quantidade da geleia na pele inflamada ou ferida de duas a três vezes ao dia.

Use uma quantidade muito pequena na primeira vez que for usar e observe a pele durante as horas seguintes já que algumas pessoas podem sofrer uma reação alérgica.

Dicas

A seguir, algumas dica para o uso mais apropriado da geleia real a fim de obter melhores resultados.

Nunca aqueça a geleia real

Evite aquecer a geleia real, pois em altas temperaturas o alimento perde muitas de suas propriedades. 

Tome cuidado com reações alérgicas

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a geleia real pode causar reações alérgicas. Aliás, quem já tem alergia ao mel ou sofre de alergias respiratórias como a asma precisa ficar ainda mais atento.

Sinais de que você está tendo uma reação à geleia real podem incluir:

  • Náusea;
  • Vômito;
  • Coceira excessiva;
  • Urticária;
  • Sibilos ou dificuldades respiratórias;
  • Dor abdominal;
  • Diarreia;
  • Tontura;
  • Confusão mental.

Atente para interações perigosas

A geleia real pode interagir com remédios usados para o tratamento da pressão alta. Assim, é importante consultar um médico antes de usar a geleia se você for hipertenso.

Modere a quantidade

De fato, os estudos sobre o consumo de geleia real e seus potenciais benefícios e riscos ainda são escassos e a maioria deles foram conduzidos em animais.

Sendo assim, é mais seguro usar quantidades moderadas de geleia real e estar sempre atento a qualquer tipo de reação que seu corpo apresentar durante o uso do alimento.

Se você não tem alergia ao mel ou derivados, provavelmente a geleia real não vai te fazer mal e você poderá aproveitar todos os seus benefícios.

Fontes e Referências Adicionais

Você já tinha ouvido falar na geleia real? Se sim, prefere a geleia real em cápsulas ou in natura? Comente abaixo!

Note: There is a rating embedded within this post, please visit this post to rate it.

O conteúdo Benefícios da geleia real e como usar Aparece primeiro em Mundo Boa Forma