Benefícios da erva de passarinho – Chá e dicas!

Aqui, você vai conhecer para que serve e quais são os benefícios da erva de passarinho, além de aprender a preparar um delicioso chá medicinal.

Apesar de ser bastante interessante do ponto de vista terapêutico, a erva de passarinho é uma erva daninha. Isto é, a planta se espalha com facilidade pelas plantações.

De fato, ela é uma praga porque ela geralmente se aloja no caule de árvores de outras espécies e acaba usando os nutrientes da planta hospedeira para se desenvolver. Quando se desenvolve no solo, a erva de passarinho também é bem difícil de remover.

Embora ela prejudique alguns cultivos, a erva de passarinho tem diversas propriedades medicinais.

O chá de erva de passarinho, por exemplo, é ótimo para quem sofre de problemas respiratórios. Além disso, não deixe de conferir outro chá que ajuda bastante nesse tipo de condição que é o chá de pulmonária.

Erva de passarinho

O nome científico da planta é Struthanthus flexicaulis. Trata-se de uma erva nativa do Brasil que também pode ser conhecida como visgo, passarinheiro, cipó-guira e enxerto de passarinho.

Os longos ramos que se assemelham a cipós também são acompanhados de folhas, flores e frutos bem pequenos de até 7 mm de diâmetro que são ingeridos por pequenos pássaros.

Na composição da erva, estão presentes diversos compostos ativos, como por exemplo:

  • Lipídeo;
  • Esteroides;
  • Taninos;
  • Alcaloides;
  • Flavonoides. 

Para que serve

A erva de passarinho é benéfica para:

  • Tratar problemas respiratórios:
  • Ajudar no combate a infecções de bactérias e fungos;
  • Aumentar os níveis de energia.

Além disso, a planta da família Loranthaceae também pode ajudar a:

  • Aliviar a diarreia;
  • Melhorar quadros hemorrágicos;
  • Tratar problemas uterinos no corpo feminino.

Benefícios da erva de passarinho

Confira então que benefícios são esses e como usar a erva de passarinho a seu favor!

1. Promove alívio de cólicas menstruais

mulher com cólica menstrual

Algumas mulheres sofrem muito com as temidas cólicas menstruais. A erva de passarinho pode aliviar esse tipo de dor e auxiliar no tratamento de outros problemas que afetam o útero feminino. 

A planta pode, por exemplo, ajudar no tratamento de:

  • Hemorragias menstruais;
  • Fluxo menstrual intenso;
  • Tratamento de infecções fúngicas e de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs).

2. Melhora problemas respiratórios

mulher tossindo

Condições como a bronquite, a asma, o enfisema pulmonar, a pneumonia e a infecção na pleura (película que reveste o pulmão), por exemplo, podem ser melhoradas com o uso da erva de passarinho.

Essa erva apresenta propriedades expectorantes e analgésicas que ajudam a aliviar sintomas respiratórios como a tosse e a dor no peito causada por infecções pulmonares, por exemplo.

Além disso, a erva também pode ajudar no tratamento da tuberculose, já que é útil para melhorar a hemoptise – condição em que há tosse com sangramento.

3. Tem atividade antibacteriana

De acordo com estudos que avaliaram a ação da erva de passarinho em relação a alguns tipos de bactérias como a Staphylococcus aureus, a Escherichia coli e a Salmonella typhimurium, a planta exerceu atividade bactericida. 

Sendo assim, a erva pode ser útil no tratamento de alguns tipos de infecções causadas por bactérias.

4. Alivia a diarreia

Muitas vezes, a diarreia é causada pela ingestão de alimentos ou água contaminada com bactérias, parasitas ou outros microrganismos.

Em casos como esses, em que a diarreia é decorrente de uma intoxicação alimentar, o chá de erva de passarinho pode ajudar a reduzir a diarreia.

Aliás, confira também como fazer uma desintoxicação alimentar rápida e segura.

Outros potenciais benefícios

Apesar da falta de evidências científicas, o conhecimento popular de populações nativas indica que as folhas da erva de passarinho podem ser úteis no tratamento de vários tipos de inflamação como, por exemplo:

  • Gastrite;
  • Úlceras gástricas;
  • Garganta inflamada;
  • Problemas de pele.

Dicas de uso

Os frutos da erva de passarinho devem ser evitados porque seu consumo pode causar reações adversas como náuseas ou diarreia.

Certamente, o mais seguro é consumir as folhas e raízes da erva na forma de um delicioso chá.

Chá de erva de passarinho

Veja quais são os ingredientes necessários e como preparar um chá de erva de passarinho.

Ingredientes:

  • 2 colheres de sopa de folhas e/ou raízes de erva de passarinho;
  • 1 litro de água.

Modo de preparo:

Em primeiro lugar, misture os ingredientes em um recipiente que possa ser levado ao fogo e ferva a mistura por 10 minutos.

Em seguida, apague o fogo e deixe o chá abafado com uma tampa (ou em uma chaleira) por 5 minutos. Então, é só coar e tomar a bebida 2 ou 3 vezes ao dia.

Aliás, você também pode adicionar mel ou alguma fruta cítrica se quiser melhorar ou personalizar o sabor.

Por fim, o chá é a forma mais tradicional de usar a erva de passarinho. Mas também é possível usar a infusão em compressas para o tratamento de inflamações na pele ou consumir a planta na forma de suco ou xarope para tratar problemas respiratórios.

Fontes e Referências Adicionais

Você já tomou o chá de erva de passarinho alguma vez? Comente abaixo!

Note: There is a rating embedded within this post, please visit this post to rate it.

O conteúdo Benefícios da erva de passarinho – Chá e dicas! Aparece primeiro em Mundo Boa Forma