Aditivo usado em doces inflama o intestino, segundo estudo

Você certamente já sabe que comer muito doce faz mal para a saúde e boa forma. Porém, sabia que um aditivo presente nessas guloseimas pode ser especialmente prejudicial ao intestino?

Trata-se do E171 ou dióxido de titânio, que serve como corante para clarear, por exemplo, gomas de mascar, coberturas de chocolate, sobremesas, doces e bebidas. Recentemente, ele foi proibido na França.

Um estudo recente apontou que o aditivo alterou muito a microbiota intestinal em camundongos. Consequentemente, isso gerou inflamação no cólon e mudanças na expressão de proteínas no fígado.

O estudo

A liderança da pesquisa é Universidade de Massachusetts Amherst dos Estados Unidos. O estudo usou camundongos para chegar às suas conclusões.

Assim, eles separaram os animais em dois grupos: um recebeu uma dieta rica em gorduras e o outro seguiu um regime pobre em gorduras.

Os animais da dieta rica em gorduras se tornaram obesos, mas os dois grupos tiveram a microbiota intestinal prejudicada pelo dióxido de titânio. Por outro lado, os camundongos obesos foram mais vulneráveis aos efeitos prejudiciais.

Observou-se que as pequenas partículas do E171 reduziram os níveis intestinais de ácidos graxos essenciais para a saúde do cólon. Além disso, as células imunes pró-inflamatórias e citocinas no cólon aumentaram, o que é um indicativo de estado inflamatório.

Os pesquisadores continuaram a analisar o impacto dessas pequenas partículas na saúde da microbiota intestinal e observaram novamente uma inflamação.

Então, os resultados confirmaram que a presença de dióxido de titânio na dieta interrompe o equilíbrio da microbiota intestinal.

Outra questão sobre essas pequenas partículas de E171 é que, enquanto o corpo absorve partículas maiores facilmente, as menores podem entrar nos tecidos e acumular em algum lugar.

Eles também analisaram os níveis de E171 em fezes humanas, onde encontraram uma ampla variedade. No entanto, são necessários mais estudos para definir os efeitos de longo prazo do dióxido de titânio na saúde.

A importância da microbiota intestinal

Intestino

A microbiota intestinal é uma comunidade diversa e complexa de microrganismos no intestino. Esse complexo exerce um papel essencial na vida humana.

Já o desequilíbrio da microbiota traz o risco de diversos problemas, como doenças inflamatórias intestinais, obesidade e doenças cardiovasculares.

Cuidado!

Deve-se evitar todo aditivo alimentar e a dieta deve dar mais preferência aos alimentos naturais e menos aos ultraprocessados que fazem mal à saúde.

Além disso, deve-se prestar atenção aos rótulos dos produtos que consome e buscar a ajuda de um nutrólogo para melhorar a alimentação.

Porém, as crianças precisam de um cuidado especial neste sentido. O estudo apontou que, nos Estados Unidos, a exposição ao dióxido de titânio é de duas a quatro vezes maior, em comparação aos adultos.

Fontes e referências adicionais:

Você costuma comer muitos doces? Imaginava que eles poderiam prejudicar a saúde do seu intestino? Então, comente abaixo!

Note: There is a rating embedded within this post, please visit this post to rate it.

O conteúdo Aditivo usado em doces inflama o intestino, segundo estudo Aparece primeiro em Mundo Boa Forma