A proteção extra que as máscaras podem trazer contra a COVID-19

A pandemia do novo coronavírus transformou em hábito o uso de máscaras faciais. Ao usarmos uma máscara, protegemos os outros das gotículas que soltamos ao falar, espirrar ou tossir. Essas gotículas são um dos meios de transmissão da COVID-19.

De acordo com o professor de microbiologia e imunologia da Universidade Tulane, Robert Garry Jr., as máscaras de pano podem bloquear entre 40% a 60% das gotículas. Assim, se todos usarem as máscaras corretamente, teremos um nível maior de proteção.

Entretanto, alguns cientistas especulam que possa haver outros benefícios com o uso de máscaras.

Eles acreditam que elas podem reduzir a quantidade do novo coronavírus que atinge uma pessoa. O que poderia se traduzir em um quadro menos severo de COVID-19, caso ocorra uma infecção.

Como isso poderia funcionar?

Máscara facial

De acordo com Garry, a ideia é que o tamanho do inóculo, ou seja, a dose do vírus, determina quão doente ele deixa uma pessoa. Geralmente, quanto maior a dose do vírus, mais cedo surgem os sintomas e mais grave é a doença, completou.

Então, se uma quantidade menor do vírus passa pela máscara, a pessoa pegaria uma dose menor do vírus. Assim, ela poderia não ter um caso tão severo da doença que ele provoca.

A professora de medicina da Universidade da Califórnia, Monica Gandhi, faz parte da equipe que propôs que o uso das máscaras poderia diminuir a severidade da COVID-19, no caso de uma infecção.

Segundo ela, há evidência científica de que isso pode estar ocorrendo com o novo coronavírus. Em um estudo com hamsters que simulou o uso de máscaras, os ratos “com máscara” tiveram menor tendência a contrair a COVID-19.

Quando pegaram a doença, eles tiveram um quadro mais ameno. Além disso, evidências de locais como cruzeiros e unidades de processamento de alimentos indicaram maiores taxas de infecções assintomáticas, após a adesão ao uso de máscaras.

A professora de medicina ainda citou um paper que sugeriu que o uso generalizado de máscaras em lugares como hospitais gerou infecções assintomáticas.

O trabalho apontou que profissionais da área da saúde testaram positivo para anticorpos do novo coronavírus, embora não soubessem que tinham a infecção.

Gandhi também afirmou que alguns países que adotaram o uso de máscaras em nível populacional tiveram mais sucesso em manter baixos os seus níveis de casos graves e morte pelo novo coronavírus.

Ferramenta contra a COVID-19

Gandhi acredita que a adesão ao uso de máscaras por parte de toda a população pode ser uma importante ferramenta para enfrentar a pandemia. Até porque ainda esperamos por uma vacina contra o novo coronavírus.

Mas vale lembrar que as máscaras não resolvem todo o problema. Além de usá-las, é essencial tomar todas as medidas de prevenção contra a COVID-19 como evitar aglomerações, higienizar bem as mãos e manter uma distância de dois metros dos outros, por exemplo.

Fontes e Referências Adicionais:

Você usa máscaras faciais para evitar o novo coronavírus? Além disso, obedece às outras medidas de prevenção? Conte para nós nos comentários!

Note: There is a rating embedded within this post, please visit this post to rate it.

O conteúdo A proteção extra que as máscaras podem trazer contra a COVID-19 Aparece primeiro em Mundo Boa Forma