5 alimentos a evitar para ter um abdômen definido!

Quem sonha em ostentar um abdômen definido, ou seja, o famoso tanquinho por aí sabe que atingir esse objetivo não é tarefa das mais fáceis. Para alcançá-lo, é fundamental dedicar-se e manter-se firme nos treinamentos para o abdômen.

Entretanto, isso não basta. Nada vai adiantar se enquanto pega pesado nos exercícios, a pessoa não segue uma dieta saudável voltada para a definição muscular e alimenta-se de qualquer jeito.

Isso porque os alimentos que consumimos exercem uma influência direta em relação à quantidade de gordura que vamos armazenar no corpo e na região da barriga.

Assim, não tem outro jeito: treine sim para conquistar o seu abdômen definido, mas trate também de seguir uma dieta saudável, controlada, equilibrada e nutritiva, voltada para o objetivo.

No entanto, mesmo quem treina muito bem e segue uma dieta de cutting (focada na perda de gorduras) corretamente pode perceber que o tanquinho teima em não aparecer. Mas qual pode ser problema ou erro por trás disso?

Bem, o pulo do gato pode ser alguns alimentos ou bebidas não tão óbvios que prejudicam a definição. Portanto, quem deseja ter o abdominal definido precisa evitá-los. E são justamente eles que vamos conhecer na lista a seguir:

1. Peito de peru

Por mais que não aparente, o peito de peru é um alimento embutido. Embora funcione como uma fonte de proteínas, em muitos casos ele tem muito sódio.

Em excesso, o mineral provoca retenção de líquidos, uma condição que causa inchaço. Ou seja, o peito de peru vai atrapalhar a evidenciar o tanquinho.

A recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) consiste em não consumir mais do que 2 mil mg ou dois gramas de sódio diariamente.

A retenção de líquidos não é o único problema que o excesso de sódio pode trazer. Ter níveis alto do mineral traz o risco de pressão alta, acidente vascular cerebral (AVC), insuficiência cardíaca, osteoporose, câncer no estômago, doença nos rins e cálculos renais (pedra nos rins).

2. Amendoim

Amendoim

Não estamos falando somente do amendoim com a casquinha crocante que aparece lotado de sal e, consequentemente, sódio, além de possuir muitos carboidratos.

Até porque já sabe-se que enquanto os primeiros favorecem o inchaço, os segundos estimulam o armazenamento de gorduras. Aprenda mais a respeito dos carboidratos do amendoim.

Mesmo o amendoim sem casca pode conter muito sal em sua composição. Além disso, o amendoim é um alimento que carrega muitas calorias e gorduras, que podem dificultar a secar a gordura abdominal.

3. Pão

Muitos pães industrializados, que são anunciados como integrais, não são tão integrais assim, pois quando se confere a lista de ingredientes na embalagem do produto, o primeiro ingrediente é a farinha de trigo branca ou farinha enriquecida com ferro e ácido fólico.

Este último é uma farinha branca, um tipo de farinha conhecida por engordar. Aliás, aprenda mais sobre como a farinha de trigo branca pode fazer mal.

Aqui, vale destacar que em toda lista de ingredientes de um produto presente na sua embalagem, o primeiro item apresentado é o que é encontrado em maior quantidade naquele alimento em questão.

Portanto, para que um pão que promete ser integral seja realmente integral, o primeiro item mencionado na sua lista de ingredientes precisa ser a farinha integral ou algum alimento integral como aveia ou farelo de trigo, por exemplo.

Outra forma de garantir que o pão consumido nas refeições seja realmente integral é preparar o seu próprio pão integral em casa.

4. Bebidas alcoólicas

Álcool

Não basta contar as calorias das bebidas alcoólicas no limite de consumo calórico do dia, não consumir cerveja e não ingerir drinks com leite condensado ou outros ingredientes lotados de açúcar.

É preciso evitar qualquer tipo de bebida alcoólica, mesmo aquelas compostas praticamente somente pelo álcool.

Mas por quê? O álcool é uma toxina, da qual o organismo tem a necessidade de se desintoxicar. Esse processo ocorre por meio do fígado e atrapalha muito o processo de quebra de gorduras, conhecido pelo nome de lipólise.

As bebidas alcoólicas exigem muito do fígado e do organismo de maneira geral. O álcool faz com que o corpo deixe de se focar na queima de gorduras, diminuindo-a, para se concentrar em eliminar o álcool.

Entretanto, esse não é o único problema. Quando uma pessoa bebe, as suas inibições são reduzidas, o que a torna mais propensa a comer algo que não vai contribuir em nada com a sua perda de gorduras e definição.

Por exemplo: pizza, coxinha, sanduíches de fast-food, sorvete, batata frita, cachorro-quente ou frango frito.

5. Calorias líquidas

O nome abrange diversas bebidas como sucos de frutas, cafés de cafeterias preparados com ingredientes cheios de açúcar, chás industrializados e outras bebidas industrializadas, por exemplo.

Elas são calóricas e compostas por açúcar na forma líquida e dissolvida na bebida. Algumas chegam a apresentar 30 gramas de carboidratos. Tudo isso precisa entrar na conta do controle diário da dieta.

Mas mesmo os sucos naturais de frutas podem ser ruins? Sim, pois na forma de suco, o açúcar da fruta pode ficar muito concentrado, mesmo que o açúcar de mesa não seja adicionado na preparação.

Quando se preparada a bebida na centrífuga ou liquidificador, com uma porção bastante grande da fruta e, posteriormente coa, o resultado é uma preparação com uma grande quantidade de carboidratos de alto índice glicêmico e bem pouca fibra.

Isso gera o pico de insulina, que tem uma ligação com o armazenamento de gorduras. Para quem não consegue fazer uma refeição sem acompanhá-la por uma bebida, a solução é ingerir a água pura.

Acha a água pura muito sem graça? Então, a alternativa é recorrer às águas flavorizadas (com sabor). Nelas, a água ganha o sabor de um ingrediente saudável como frutas, vegetais, ervas e/ou especiarias.

No vídeo a seguir, a nossa nutricionista também fala dos alimentos que devemos evitar para ter um abdômen definido:

Fontes e referências adicionais:

Você costuma consumir algum desses alimentos? Qual deles? Conte para nós nos comentários!

Note: There is a rating embedded within this post, please visit this post to rate it.

O conteúdo 5 alimentos a evitar para ter um abdômen definido! Aparece primeiro em Mundo Boa Forma