2 Dicas Para Facilitar Muito sua Alimentação Saudável

Alimentação saudável

Sair de uma dieta desregrada, cheia de guloseimas, frituras, produtos industrializados e fast-food, que não tinha a preocupação de controlar as calorias ou priorizar os alimentos nutritivos, rumo a uma dieta balanceada e saudável, não é tarefa das mais fáceis.

Mudar completamente um padrão de alimentação e manter essas alterações é um desafio que exige paciência, esforço e disciplina, uma vez que demora certo tempo para acostumar-se à nova rotina.

No entanto, isso não pode ser motivo para desanimar ou desistir: além da mudança valer muito a pena em termos de saúde e forma física, existem estratégias que ajudam a tornar mais fácil a manutenção da dieta saudável, como as que você confere a seguir:

1. Não comprar comidas não saudáveis

Estamos falando dos biscoitos recheados, salgadinhos, pizzas, batata frita, alimentos congelados, industrializados e tudo mais. Assim, essas comidas cheias de calorias, açúcares, sódio e gorduras ruins e pobres em nutrientes não estarão facilmente disponíveis.

Na hora em que a fome aperta, o cansaço e o estresse chegam e a disposição para preparar uma comida mais elaborada é nula, a reação é ir em busca de um alimento pronto. Se houver a possibilidade de escolher entre algo mais saudável como uma fruta ou um prazer alimentar como uma fritura, é bem mais provável recorrer à última opção.

Essa é uma resposta natural do organismo, uma vez que
em um estado de fome, o cérebro vai impelir a pessoa a procurar pelo prazer e
por uma concentração mais elevada de calorias. Portanto, para evitar cair na
tentação, o melhor é tirá-la de perto.

Além de serem péssimos para o peso e estimularem o acúmulo de gorduras, esses produtos industrializados deixam o corpo mais inflamado, elevam a retenção de sódio e aumentam o valor final das compras no supermercado.

Se você acha que não consegue ficar sem uma pizza ou sem uma sobremesa no final de semana, a alternativa se torna recorrer a versões fit ou light desses pratos, para que não precise recorrer aos pratos originais que não são nada saudáveis. Existem versões light e fit de pizza de frigideira, assim como receitas light de sobremesa, entre muitas outras.

2. Organizar a alimentação para levar o máximo de refeições possíveis de casa

Depois de almoçar por volta das 12h ou 13h, você passa o dia inteiro trabalhando e estudando, até que no final da tarde, a fome bate e aquela fruta que ela levou na mochila para lanchar não é o suficiente para matar toda a fome.

Com o apetite nas alturas, você provavelmente vai sair em busca de algo a mais para comer e se saciar. Então, se depara com uma lanchonete cheia de tentações: coxinha, bolo, pão de queijo, entre outras gostosuras calóricas. Muito difícil resistir, não é mesmo?

Para evitar que isso aconteça, o ideal é organizar a alimentação e levar mais refeições saudáveis preparadas em casa, além do almoço e da fruta para o lanche, de modo que fique bem saciado e não precise se render às tentações.

A ideia aqui é montar uma refeição maior para acompanhar a fruta no lanche, composta por boas fontes proteínas, fontes de fibras, gorduras saudáveis e demais nutrientes.

Alguns exemplos podem ser os sanduíches naturais de frango, as saladas de atum light e as famosas saladas de frutas com chia, quinoa ou aveia, por exemplo. Conheça outras ideias de lanches saudáveis para combinar com a fruta na hora do lanche da tarde!

Para facilitar a sua vida, você pode escolher um dia da semana, como o sábado ou o domingo, para preparar antecipadamente os almoços e os lanches que vai levar durante toda a semana.

É importante que esses lanchinhos não sejam somente saudáveis, mas que também sejam saborosos. Assim, será bem mais fácil abrir mão das guloseimas; caso contrário, a dieta se tornará insustentável. É muito importante que o novo padrão de alimentação seja sustentável a médio e longo prazo.

Enquanto radicalizar e cortar tudo que gosta torna muito difícil seguir muito tempo com a dieta, as versões saudáveis dos junk food tornam a alimentação mais agradável e, consequentemente, mais fácil de ser seguida durante um bom tempo.

Por exemplo, você pode fazer bolinhos de abóbora fit assados, alguns cupcakes light, experimentar receitas tortas de palmito fit e tentar fazer bolos fit em casa.

A mesma organização pode ser bastante útil para as pessoas que trabalham em casa: mesmo estando em suas residências, elas têm muitos tarefas a serem realizadas e pode faltar tempo ou disposição para interromper o serviço e preparar refeições saudáveis com mais cuidado. Resultado: elas acabam comendo qualquer besteira no lugar de fazer refeições completas, saudáveis e nutritivas.

Assista a um vídeo da nossa nutricionista entrando em maiores detalhes sobre essas dicas para tornar sua dieta mais fácil:

Gostou das dicas?

O que você achou dessas dicas para facilitar sua alimentação saudável? Pretende experimentá-las e incluir na rotina? Comente abaixo!

Note: There is a rating embedded within this post, please visit this post to rate it.

O conteúdo 2 Dicas Para Facilitar Muito sua Alimentação Saudável Aparece primeiro em Mundo Boa Forma