12 Hábitos do Dia a Dia que Estão te Envelhecendo e Podem te Roubar Tempo de Vida

Envelhecimento

Não há como fugir: o envelhecimento é algo que faz parte da vida de todos. A cada dia nos tornamos um pouco mais velhos e com o acúmulo dos anos vamos percebendo alguns desses efeitos no organismo.

A disposição, a memória, a pele e a visão já não são mais as mesmas e aquela gordurinha a mais, resultante de um metabolismo que desacelerou com o tempo, está ali para não nos deixar esquecer disso. Inclusive, vale a pena conhecer formas de como acelerar o metabolismo comprovadas cientificamente e pôr em prática no dia a dia.

Entretanto, não é só porque o envelhecimento é um processo natural do corpo humano que vamos acelerar as coisas, não é mesmo? Pois bem, mas mesmo de maneira inconsciente podemos ter alguns hábitos negativos que favorecem o envelhecimento e podem até mesmo encurtar a nossa expectativa de vida.

Eles certamente estão entre as maiores causas do envelhecimento precoce e você pode confira quais são eles e comecar imediatamente a evitá-los agora:

1. Fazer várias coisas ao mesmo tempo

Você acha que conseguir executar várias tarefas ao mesmo tempo é motivo de orgulho? Melhor repensar. Quem nunca começou a fazer uma coisa, partiu para outra e então se voltou a uma terceira tarefa até perceber que tudo ficou pela metade?

Segundo o diretor médico executivo Raymond Casciari, tentar fazer muitas coisas de uma vez resulta em não dar conta de fazer coisa alguma, o que tem como consequência o estresse. Diversos estudos já apontaram que o estresse crônico dispara a liberação de radicais livres, moléculas instáveis que causam danos às células e geram o envelhecimento.

Para evitar esse problema, a orientação do médico é focar-se em uma tarefa por vez e só passar para outra atividade depois que tiver finalizado a anterior.

2. Consumir muito açúcar

É difícil dizer não quando alguém oferece um docinho ou resistir a tentação de comer uma sobremesa depois do almoço ou jantar, não é mesmo? Pois bem, mas além de favorecer o aumento de peso, o hábito de comer muitos doces cheios de açúcar também envelhece.

A dermatologista Susan Stuart explicou que dentro do organismo as moléculas de açúcar se ligam a fibras proteicas em cada uma das células do corpo, em um processo que recebe o nome de glicação.

Essa glicação pode resultar em perda de radiância da pele e de contornos faciais, além de poder causar olheiras, inchaço e aumento de linhas finas de expressão, rugas e do tamanho dos poros. A saída? Não tem jeito: é controlar a ingestão de açúcar.

3. Dormir menos que cinco horas por noite

Ter poucas horas de sono por noite não apenas impede que a pessoa descanse adequadamente, faz com que ela comece o dia seguinte cheia de olheiras ou que passe o dia todo com sono excessivo.

O diretor médico executivo Raymond Casciari afirmou que dormir pouco também está associado a uma menor longevidade. Casciari, que fundou um laboratório do sono no Hospital St. Joseph em Orange, Califórnia, nos Estados Unidos, aconselhou que o ideal é procurar dormir sete horas por noite.

Para quem apresenta os sintomas da privação do sono, como falta de energia durante o dia, lentidão mental, problemas de atenção ou ganho de peso, a recomendação do especialista é tentar ir para a cama antes para dormir mais cedo.

Sofre com dificuldades para pegar no sono mesmo quando tenta ir para a cama mais cedo? Procure o auxílio médico para verificar o que pode estar causando o problema e tratá-lo adequadamente e aproveite essas dicas de chá para dormir bem e mais rápido.

4. Fazer muitas maratonas de séries e programas de televisão

Às vezes, quando sobra um tempinho ou se ganha alguns dias de folga do trabalho ou do estudo, passar o dia em casa fazendo maratonas das séries ou outros programas de televisão que gosta ao lado da família pode ser bem divertido.

Entretanto, tornar o ato de ficar horas e horas em frente à televisão ou computador assistindo essas séries ou programas um hábito regular pode se tornar um problema.

Uma pesquisa divulgada no British Journal of Sports Medicine (Jornal Britânico de Medicina Esportiva, tradução livre) acompanhou aproximadamente 11 mil australianos com 25 anos ou mais e apontou que cada hora de televisão assistida diminuiu a expectativa de vidas dos adultos em 22 minutos.

Como se não bastasse, o estudo observou que as pessoas que passaram uma média de seis horas por dia assistindo televisão viveram menos que os que não fizeram isso. Mas qual é a relação entre o ato de assistir televisão e a expectativa de vida?

Para o diretor médico executivo Raymond Casciari, o problema refere-se mais ao fato de ficar sentado e manter-se inativo do que ao ato de assistir televisão em si. Ele explicou que quando uma pessoa senta por mais de 30 minutos, o seu organismo começa a depositar açúcar nas células, o que torna mais provável que o excesso de peso seja desenvolvido.

Isso sem contar que as maratonas de séries ou outros programas em frente à televisão costumam vir acompanhadas de lanchinhos não muito saudáveis como guloseimas, salgadinhos, batata frita e outros itens cheios de calorias, sal, açúcar e/ou gorduras ruins, que também contribuem com o aumento de peso. Que tal conhecer alguns aperitivos que ajudam a perder peso e emagrecer para essas horas?

Vale a pena registrar que o excesso de peso pode aumentar os riscos de desenvolvimento de problemas como diabetes do tipo 2, pressão arterial elevada, doença no coração, acidente vascular cerebral (AVC), apneia do sono, osteoartrite, doença hepática gordurosa, doença renal e determinados tipos de câncer.

A orientação para quem fica muito sentado, seja no sofá assistindo televisão ou à mesa trabalhando ou estudando, é levantar a cada 30 minutos para dar uma caminhada.

5. E por falar em ficar muito tempo sentado

Passar muito tempo do dia sentado geralmente está associado a ter uma vida sedentária. Ficar a maior parte dos seus dias nessa posição já foi relacionado ao crescimento do risco de desenvolver problemas graves de saúde como doença renal, doença cardiovascular, câncer e obesidade – esta última traz consigo muitos prejuízos, como acabamos de aprender no tópico anterior.

Por outro lado, a prática regular de exercícios físicos não somente auxilia a prevenir problemas de saúde como também pode ajudar a viver mais: em um estudo apresentado no British Journal of Sports Medicine (Jornal Britânico de Medicina Esportiva, tradução livre), os participantes que fizeram atividade física durante 150 minutos ou mais a cada semana viveram entre 10 anos a 13 anos a mais do que os participantes inativos.

6. Não usar creme para a área dos olhos

Pode parecer frescura, mas não é. Recomenda-se incluir um bom creme para os olhos, que ajude a controlar as rugas, na rotina de cuidados com a pele, por mais simples e básica que essa rotina seja.

Conforme alertou a dermatologista Susan Stuart, a pele ao redor dos olhos é mais fina que o restante da pele no rosto e envelhece mais rapidamente.

Usar esses cremes ajuda porque manter a região dos olhos hidratada pode tirar anos do rosto de uma pessoa. A recomendação é escolher os produtos que sejam compostos por Rentin A, que é uma forma de vitamina A.

Outras substâncias benéficas são os emolientes e os hidratantes que seguram a hidratação, os antioxidantes, o ácido hialurônico e a vitamina C.

Stuart explicou que esses compostos promovem a formação de colágeno e elastina, o que é bom para endurecer a pele e diminuir as linhas finas de expressão ao redor dos olhos.

7. Esquecer-se do protetor solar

Se você sempre passa e repassa o protetor solar todas vezes em que vai à praia ou à piscina, bacana, mas isso pode não ser o suficiente: o protetor solar precisa ser aplicado todos os dias, uma vez que a rotina é cheia de atividades que envolvem a exposição da pele ao sol.

De acordo com a professora-associada de dermatologia do Wake Forest Baptist Medical Center (Centro Médico Batista Wake Forest, tradução livre) Sarah Taylor, sair para resolver as tarefas do dia a dia, dirigir ou ir e voltar da caixa do correio sem passar o protetor solar pode provocar mais danos à pele do que passar um dia na praia.

A professora-associada de dermatologia alertou que a principal causa de envelhecimento prematuro no rosto é a exposição à ultravioleta. Taylor afirmou que a luz ultravioleta está presente até mesmo quando o dia está nublado ou quando está chovendo.

A orientação da especialista é proteger a pele com o protetor solar todas as vezes em que sair de casa, com um produto que tenha um fator de proteção solar (FPS) entre 30 e 50.

8. Passar muita maquiagem

Não é somente errar o tom ou a intensidade da maquiagem que pode dar uma aparência mais velha. A utilização de quantidades excessivas de maquiagem, principalmente aqueles à base de óleo, pode obstruir os poros e provocar crises na pele.

Isso sem contar que abusar do uso de produtos para a pele com fragrâncias, substâncias químicas irritantes e álcool pode remover os óleos naturais da pele, o que resulta no ressecamento da pele e no aparecimento prematuro de rugas e linhas. Aprenda mais a respeito de como a maquiagem envelhece a pele.

9. Dormir com a cara no travesseiro

Você tem o costume de dormir de bruços ou de lado com a cara amassada no travesseiro? Pois saiba que isso pode produzir rugas e acelerar o envelhecimento.

O cirurgião plástico facial e especialista em cuidados com a pele James Marotta esclareceu que o tecido conjuntivo e o colágeno da região do rosto se tornam mais fracos e dão conta de oferecer menos suporte com o passar dos anos.

Isso significa que ao dormir do mesmo lado toda noite, a pele não dará conta de se ajeitar ou voltar ao normal na mesma velocidade que conseguia anos atrás, acrescentou o cirugião plástico facial. Resultado: as linhas enrugadas criadas pelo contato constante com o travesseiro podem se tornar permanentes.

Para evitar que isso aconteça, as alternativas incluem dormir de costas ou utilizar fronha de travesseiro de cetim.

10. Usar canudos frequentemente

Ao mesmo tempo em que ingerir algumas bebidas por meio de um canudo pode prevenir o aparecimento de manchas nos dentes, o ato de franzir os lábios para puxar o líquido por meio do canudo pode resultar em rugas prematuras ao redor da boca.

De acordo com a dermatologista Janet Prystowsky, o mesmo também pode acontecer quando o hábito é fumar cigarros.

Mas e quanto aos dentes? A alternativa é investir em uma boa rotina de higiene bucal, escovando os dentes três vezes por dia e usando fio dental, além de fazer visitas regulares ao consultório do dentista para checar como anda a saúde bucal.

11. Cortar qualquer tipo de gordura da dieta

Existem gorduras ruins que fazem mal à saúde e precisam ter o seu consumo muito bem controlado na dieta? Sim. No entanto, também existem gorduras saudáveis que são importantes para a saúde e não devem ser eliminadas das refeições.

Estamos falando das gorduras monoinsaturadas e das gorduras polinsaturadas, que são encontradas em alimentos como abacate, amêndoa, castanha de caju, azeite de oliva, linhaça, chia e castanha-do-pará, por exemplo.

Falando especificamente a respeito do envelhecimento, a nutricionista e fisiologista do exercício Franci Cohen afirmou que algum tipo de gordura é necessária para manter uma aparência jovial.

Segundo ela, o ômega-3 encontrado em peixes oleosos, como o salmão e a cavala, e em nozes ajuda a manter a pele flexível, prevenindo rugas, além de fazer bem para a saúde do coração e para a saúde do cérebro.

Isso significa que esteja permitido abusar dos alimentos que servem como fonte de gorduras boas? Não, a ideia é consumí-los de maneira equilibrada e moderada, dentro de uma dieta balanceada, saudável, controlada e nutritiva. Até porque a ingestão excessiva desses alimentos pode resultar em um acúmulo de calorias e, consequentemente, no aumento de peso.

12. Relaxar a postura

Para quem trabalha o dia inteiro em frente ao computador pode ser difícil conseguir manter a postura direita o tempo todo. Entretanto, ficar com uma postura relaxada (leia-se: curvada) por horas a fio pode produzir uma espécie de concurda que não apenas tem uma aparência ruim, como também pode ser prejudicial para o funcionamento da coluna, advertiu o cirurgião ortopedista de coluna Jeremy Smith.

O especialista esclareceu que a coluna possui naturalmente um curvatura bem equilibrada no formato de um “S”, que oferece estabilidade e suporte ao corpo. Uma postura ruim ou o ato de relaxar a postura desvia a coluna do seu alinhamento natural, o que coloca um estresse anormal sob os músculos, discos e ossos, acrescentou o cirurgião ortopedista.

Isso geralmente provoca dor e fadiga, mas também pode resultar no desenvolvimento de uma degeneração na coluna ou de uma deformidade permanente. Para combater o problema, a saída é ficar de olho para certificar-se de que a postura está correta: ao sentar, as orelhas, os ombros e os quadris devem formar uma linha reta.

Para quem já desconfia que tem problemas mais graves de postura ou tem dificuldade em manter uma postura correta e alinhada, o ideal é procurar um ortopedista que indicará o tratamento adequado para correção da postura. Veja uma lista detalhada de dicas para melhorar a postura e prevenir dores.

Fontes e Referências Adicionais:

Você costuma ter alguns destes hábitos no seu dia a dia e pretende mudar agora para prevenir o envelhecimento precoce? Comente abaixo!

Note: There is a rating embedded within this post, please visit this post to rate it.

O conteúdo 12 Hábitos do Dia a Dia que Estão te Envelhecendo e Podem te Roubar Tempo de Vida Aparece primeiro em Mundo Boa Forma